Fotos com gesto de “supremacia branca” viraliza na internet e deixa advogados perplexos

A diferença do “ok” para o gesto de apoio à grupos que defendem “supremacia branca” é sutil, mas fica nítido quando o zoom é acionado na foto – Chapa 33 não gostou

Foto que viralizou na internet e que gerou a polêmica

Faltando poucos dias para a eleição da nova diretoria que vai comandar a Ordem dos Advogados do Brasil, seção Minas Gerais – OAB-MG, no sábado (27), eleição que ocorrerá por meio de urnas eletrônicas, a disputa ganha o universo virtual e abre polêmicas.

Concorrendo com chances de vitória, três chapas: “Pela Ordem com Você” encabeçada pelo experiente advogado, ex-presidente da Ordem, Luis Claudio Chaves; a chapa “ReNova OAB”, que tem no comando o Advogado criminalista Marcelo Leonardo, e a chapa “OAB de Cara Nova”, tendo como presidente o jovem Lucas Bessoni.

Há pelo menos um mês, circula nas redes sociais do meio jurídico foto desagradável de se ver, em que aliado da Chapa 33 é “flagrado no zoom” fazendo gesto de “supremacia branca” em confraternização do grupo. O autor na polêmica é o Procurador da Justiça Desportiva de Minas Gerais, Leonardo Farinha Goulart, que faz parte de uma banca de advogados de escritório conhecido e famoso da capital.

Ao posar para fotos, Goulard uniu os quirodáctilos, indicador/polegar, e discretamente repetiu o gesto que é comum entre grupos racistas que pregam o ódio antisemita, a eugenia nos EUA. As fotos seguem fazendo estragos pelas redes sociais, e o clima interno na Chapa ReNova OAB é de descontentamento, haja vista a diversidade de raça ser um dos princípios defendidos pelo grupo liderado por Marcelo Leonardo.

Chapa 33 trata do assunto no seu plano de governo

Foto: Parte do Plano da chapa 33 que trata do tema “Inclusão”

No programa da Chapa 33 tem um capitulo exclusivo dedicado à “Inclusão”, e nele vem a seguinte mensagem: “A OAB não possui hoje em seus quadros membros que reflitam a diversidade da sociedade brasileira. Desse modo, não se trata apenas de questões afirmativas ou de representatividade, mas de cumprir o principio republicano de garantir igualdade a todas as pessoas. Alem disso, para que a advocacia seja exercida em condições de igualdade e em total liberdade, é preciso que a OAB esteja preparada para lidar com o desrespeito às prerrogativas das advogadas e dos advogados negros, que passam por violações específicas”. O gesto é contrário a tudo isso e não agradou os membros da chapa.

A foto deixou advogados e advogadas negras da chapa 33 desconfortáveis. Os negros ocupam espaço significativo no direito mineiro, e não concordam com a atitude do procurador pelo gesto que revela pré-conceito e simpatia por um sinal que é reconhecido pela Liga Antidifação, que rastreia crimes raciais nos EUA contra a ideia de “supremacia branca”.

Foto: Assessor da presidência da República Felipe Martins

Embora as publicações tenham sido retiradas das redes, houve registro e ele viralizou. A foto do procurador circula ao lado de outras duas que causaram polêmica e danos para a imagem do governo quando o assessor da presidência da República, Felipe Martins, em evento no Senado Federal usou a expressão. Na mesma postagem imagem de um estudante da Universidade de Brasília flagrado em gesto captado gerou ação do MP Federal para que o aluno se explicasse.

Foto: Estudante da UnB que defende supremacia branca

Diferença entre gesto “ok” e o da “supremacia branca”

A diferença do símbolo que denota simpatia pela ideia de “supremacia branca”, do símbolo de ok é sutil, mas pode facilmente ser percebida quando a imagem é congelada na foto e aproximada pelo zum. O símbolo de ok une os dedos polegar e indicador de forma arredondada, um sobreposto ao outro. Já o símbolo indesejado une os mesmos dedos em forma de pinça. No “ok” o polegar é sobreposto ao indicador, no outro, ambos são unidos pelas digitais.

O procurador é casado com juíza do TJMG que comanda importante vara em cidade do interior de Minas no Alto Paranaíba. Não custa lembrar que o próximo presidente da OAB poderá indicar no mínimo cinco desembargadores para o TRF 6, e vai administrar um orçamento nada desprezível, que somados, (OAB E CAA) ultrapassam algumas dezenas de R$ milhões. Não por acaso a disputa entre as chapas promete acirrar nos próximos dias com novas revelações.

Afinal, o gesto do procurador foi um “ok” de apoio a chapa 33, ou um gesto racista? Tire suas próprias conclusões nos detalhes.

José Aparecido Ribeiro é jornalista

www.zeaparecido.com.br – WhatsApp: 31-99953-7945 – jaribeirobh@gmail.com

Colabore com a manutenção deste Blog soando qualquer quantia ou anunciando banner da sua empresa ou instituição!

12 thoughts on “Fotos com gesto de “supremacia branca” viraliza na internet e deixa advogados perplexos

  1. A única supremacia que está se destacando é da necessidade de polêmica . Existe uma disputa séria para presidência da OAB e estão utilizando uma narrativa para prejudicar a chapa concorrente. Parem de criar fantasias e vamos permitir uma justa disputa, afinal o cargo é muito importante para a evolução do país.

  2. Muito bla bla bla pra pouca representatividade útil que se justifica. Orçamento milionário que faz muita diferença só pra alguns. Também temos que considerar o péssimo exemplo do representante da categoria a nível nacional.

  3. O Brasil está chato prá caramba!!!

    Todos da foto estão mostrando o número três e ele também. O jeito mais fácil de mostrar o número é da forma que ele mostrou. É só tentar fazer. Talvez não seja a mais “educada”, adequada ou politicamente correta.

    🤏👌🍤.

  4. Texto muito bem articulado e passível de várias interpretações. Inclusive o próprio procurador, se for atento as detalhes, acha no trxto defesa para o seu gesto.
    O que este jornalista fez com maestria foi tirar o dele da reta, com categoria.
    Bom saber que nem tudo está perdido no jornalisno mineiro.
    Parabéns ao autor.
    Nilo Carvalho – Professor

  5. É muito mi mi mi, por nada ! Que importa a opinião de um cara ? Rapaziada afro decendentes, vcs são gente iguais aos brancos. Vamos trabalhar, ter projetos, crescer na vida e parem com esses complexos que só atrasam vcs. Eu sou branco, mas acho os negros ( qdo inteligentes, e de bom gosto, bom caráter) são bonitos pra caramba. Adoro namorar negras bem resolvidas de cabeça boa… que nem lebram que são negras… a vida é curta vamo pra frente, sem chatice.

  6. Esse cara não passa de um palhaço; minha certidão de solteira, eu sou parda, mas está tudo certo, esse advogado com esse gesto ridículo deveria ser expulso mesmo da OAB, deve ser advogado de traficante, ridículo, desculpa escreve isso, mas é BOA TARDE para todos.

  7. Esse cara não é tão branco quanto êle pensa ser. Ele tem o tipo físico de brasileiro, da mistura de raças. Então ou é cara de pau ou não tem disconfiômetro. Todo mundo está vendo que êle é resultado da mistura de raças! Além do mais, todos nós somos iguais, queira êle ou não. O mais importante é que para DEUS, somos todos filhos dele, do criador.

  8. É muito triste que, em pleno século 21, ainda temos pessoas com essa atitudes desprezíveis.
    Pior, no meio jurídico, o qual deveria prezar pela isonomia.

  9. ESSE RACISTA TINHA QUE TER A CARTEIRA DA OAB CASSADA.
    ELE ESTA SE ACHANDO SUPERIOR AS OUTRAS RAÇAS? ELE É BRANCO DE ALMA SUJA.
    A OAB NÃO PODE COMPACTUAR COM ESSE INDIVÍDUO RACISTA.
    QUE TODOS OS ADVOGADOS SE REUNAM PARA EXPULSAR DA OAB ESSE RACISTA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.