Latidos incessantes de cachorros prejudicam vizinhança e pode dar cadeia

Recebi de um leitor mensagem que revela um problema grave e recorrente na cidade de Belo Horizonte: os milhares de casos de abusos provocados por latidos incessantes de cachorros. A mensagem é um dialogo entre eu e o leitor Sérgio que mora no bairro da Serra em BH. Sérgio: “Li uma matéria sua sobre incômodos causados por latidos de cachorros, de 12 de maio de 2017”.

Tenho o mesmo problema com uma vizinha de frente que tem vários cachorros que latem dia e noite sem parar com volume insuportável. Gostaria de saber se conseguiu algum tipo de informação para solução deste problema?” Eu respondo que no bairro Vila Paris está cada dia pior.

Sérgio: “Aqui na Serra uma vizinha tem 10 cachorros e eles latem o dia inteiro, hoje começou às 5h da manhã”. “Há dias que eles latem a noite toda, a ponto do meu filho perder prova, pois passou a noite em claro”. Perguntei se ele já tentou um diálogo, e a resposta é a mesma que percebo em todos os casos.

“Ela é extremamente grossa e não aceita conversar sobre o assunto”. “Pensei em entrar com uma ação, tem a lei municipal 9505, e uma federal, a 3688 de 1941”. Respondi que não vejo muita saída e sugeri ele vender o imóvel e mudar. Sérgio responde: “Se ação não resolve, o que fazer? Mudar? É um absurdo”.

O leitor utilizou o medidor de decibéis e auferiu 92 decibéis na janela do seu apto. Aqui no Vila Paris o vizinho de frente tem um cachorro que faz tremer a janela do meu apto e ele começa a latir às 6h em ponto todos os dias. Com efeito, a insensatez de donos de cachorros não tem limite, fere o principio da razoabilidade e da boa vizinhança, tem gente que trata cachorro como filhos mimados. E assim como existem pessoas sem limites, há cachorros também sem limites que precisam de tratamento.

O problema é que a falta de limite dos bichos é musica para os ouvidos dos seus donos que fingem não perceber o incomodo que seus animais causam. A Lei do silêncio estabelece o horário 22h às 07h, mas ela vem sendo ignorada. Lembro que não importa o horário, todos têm direito ao sossego, esta previsto no Código Civil, o direito de fazer parar as ações de outras pessoas que prejudiquem a sua saúde, sossego e a segurança.

O Decreto-Lei 3688 de 1941 estabelece que perturbar alguém, o trabalho ou o sossego alheio é contravenção penal, que pode resultar em prisão. Apesar de ser do ano de 1941, está vigente, ou seja, não foi revogada. O Art. 1277 do Código Civil – Lei 10406/02 O proprietário ou o possuidor de um prédio tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais à segurança, ao sossego e à saúde dos que o habitam. Isso vale também para cessar outros incômodos:

I – Como gritaria ou algazarra;

II – Exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;

III – Abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;

IV – Provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem a guarda: Pena – Prisão simples, de quinze dias a três meses, ou multa.

Mas tudo isso pode ser evitado se no lugar da indiferença ou da truculência houver por parte de quem possui animais, especialmente cachorros, bom senso, espírito de cidadania, civilidade e respeito.

José Aparecido Ribeiro

Jornalista – jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945

52 thoughts on “Latidos incessantes de cachorros prejudicam vizinhança e pode dar cadeia

  1. Só quem já foi vítima da perturbação por latidos incessantes sabe o quanto isso transforma sua vida num verdadeiro inferno! Aqui do lado, o cachorro do vizinho late até para o sinal do wifi e seus latidos batem a casa de 80 dB. Ou seja, é como se fosse uma “buzina” latindo na janela da sua casa, sem que você possa trabalhar, estudar ou descansar em paz. E pensa que tem horário para ter fim!? Não tem! Claro que o animal não tem culpa, mas os seus donos sim! Não falam nem um “fica quieto” para o animal. É uma falta de respeito com o próximo! Gastos com remédios controlados, isolamento acústico, tratamento psicológico… Infelizmente é só entrando com processo e muitas provas para resolver a situação.

  2. Estou Tendo Problemas com barulho de Cachorros na minha Rua e o da Vizinha ao Lado é muito Barulhento ele Late Por Tudo Eu estou Ficando Estressada com isso Por Favor me Ajudem!!!!!

  3. Pessoal, por favor, curtam a página do Facebook (“Cachorro sim, latido não. Chega de latidos.”): https://www.facebook.com/cachorrosimlatidonao/ (copie e cole o link em seu navegador).
    Queremos juntar as pessoas que passam pela perturbação do sossego por causa de latidos incessantes. Apoiem. Futuramente, queremos pressionar por leis mais rígidas, quem sabe até tornando a contravenção penal de perturbação do sossego em crime. Curtam e compartilhem, por favor!

  4. Infelizmente tem resultado quem pode pagar um bom advogado para enviar uma boa advertência.

    Só de verem a palavra “advogado” ou pior: “escritório de advogacia” já borra as calças de muitos donos folgados que deixam cachorro latindo dia e noite. Diria que resolve uns 70% à 80% desses problemas, pois o dono folgado saberá que está lidando com gente que tem $$$. Muitos desses cretinos sequer dinheiro tem para pagar as rações de seus cães, que dirá, pagarem um advogado para se defenderem.

    Se você não tem advogado, vai ter que se dirigir a ajuda pública, que te garanto, não dá em nada.

    Ou aguente suportar o coral de cachorros uivando e latindo as 6h/7h da manhã, de madrugada, as vezes todos santo dia, a cada formiga que passa pela rua, a cada passarinho que passa voando, a cada mosca que pousa no chão, etc, etc..

    Por experiência própria, diálogo “amigável” não funciona com esse tipo de gente, já tentei falar com responsáveis por esses cães barulhentos e zombam da cara da gente. É compreensivo já que muitos nem residem na casa onde “depositam” seus cães e, óbvio, a lei do Brasil é fraca e injusta. Mas quando você tem dinheiro, aí tudo muda de figura.

    Assim, se tu tens $$$ para pagar um bom advogado, peça para ele fazer o seguinte:

    1) fazer uma notificação extrajudicial de perturbação de sossego;

    e se a notificação acima não resolver:

    2) ajuizar uma ação civil reparatória de danos morais com obrigação de fazer (cessar o barulho).

    Repito: se você tem $$$ para pagar advogado, não se intimide. É só através do medo e do bolso que esses donos de cretinos e folgados se comportam como gente. Como disse: só de verem que você tem advogado, já muda de figura.

    Ou caso contrário, como já disse: aguente o coro de cães latindo sem parar em seus ouvidos.

    Agora, se você não tem $$$, aí… só lamento meu amigo, pois tu deste azar de nascer no Brasil.

      1. no meu caso paguei 150 reais por uma notificação extra judicial. enviei, os cretinos receberam, choraram no grupo de whats app da vizinhança, o qual eu não participo, depois se livraram no buldogue maldito depois de um mes. Ainda tem um vira lata, e incomoda de tempos em tempos, mas a notificação me livrou do buldogue que urrava todo dia o que ja foi uma vitoria grande

      2. Rubenita, só agora vi teu post.

        Meu caso foi o seguinte:

        Eu trabalho em casa.

        Um gurizão, veterinário, dono de uma PET, alugou uma casa em frente ao meu apto. Trouxe 9 cachorros. Ele saia para trabalhar por volta das 8:00h da manhã e voltava por volta das 19:00h. Deixava a cachorrada presa na garagem no fundo da casa, com uma “cortina” de tecido tapando a entrada.

        A cachorrada passava o dia inteiro latindo, uivando e brigando naquela garagem. E o som vinha direto no meu apto. Imagine 9 cachorros TODOS latindo ao mesmo tempo, uivando, brigando. Cheguei a medir os decibéis e em alguns momentos chegava a passar de 90db quando todos latiam ao mesmo tempo. Só conseguia trabalhar com fones de ouvidos enterrados dentro das orelhas.

        Eu resolvi assim, tentei conversar com o sujeito, debochou na minha cara, dizendo que “não podia fazer nada”.

        Voltei para casa, de boa, e uns 2 meses depois meu advogado entregou a notificação extrajudicial pra ele.

        Aí o arrogante veio todo educadinho, pedindo desculpas e tal, perguntando se a gente não podia entrar em “acordo”, pois ele não tinha como gastar com advogado e tal.

        Eu disse que o único acordo que eu aceitava era ele dar um jeito na cachorrada dele em no máximo 2 semanas. Caso contrário, ia entrar com a ação judicial (orientação do meu advogado).

        Acho que no outro dia ele levou embora uns 4 ou 5 cachorros, os mais barulhentos e brigões. Pronto! Acabou a barulheira.

        Gastei 420 pilas com advogado, mas agora consigo trabalhar em casa sossegado e sem aqueles malditos cachorros latindo e uivando de 5 em 5 minutos.

        P.S.: A pouco descobri que o cara simplesmente alugou outra casa, em outro lugar, e largou lá os cães que tirou da casa em frente ao meu apto, ou seja, vai passar a incomodar outros vizinhos agora. Essa gente é doente.

  5. Estou com uma vizinha mal educada que tem uma cachorra que late toda noite que sua dona sai, a mal educada não leva a cachorra sequer para passear, fico refém dela, só durmo quando a infeliz está em casa, difícil situação, onde o meu direito e o dos outros moradores é violado, país sem leis.

  6. Na rua de trás de casa existe um hotel de cachorro. Então tem cão latindo e chorando dia e noite. mesmo com protetor de ouvido tem noites que fica impossivel dormir, alguma dica de como devo proceder pra sanar o problema?

  7. É comprovado pela Organização Mundial da saúde que a poluíção sonora causa vários transtornos á saúde psicológica humana. As autoridades brasileiras fazem muito pouco para coibir este tipo de crime. Muitas mortes já aconteceram por causa disto.

  8. Do lado da minha casa tem uma vizinha que botou 55 cachorros e 110 gatos. em casa O problema são os cachorros que latem a noite toda. E a vizinha não está aí se os cachorros incomoda os outros! Sem contar o fedor de merda de cachorro e as moscas vem pra minha casa!

    1. Eu já teria surtado com 55 bichos inúteis, burros e carentes latindo do meu lado. Já fico estourado com 3, imagine 55.

  9. A todos que possuem cachorros barulhentos e que incomodam os demais: peguem vossos cachorros e enfiam em vossa bunda! Bando de filhos da puta sem noção! Folgados do caralho!! Eu desejo que essa cachorrada do diabo desenvolva uma doença e mate tudo esses cachorro do diabo que não param de latir o dia inteiro!!!!!
    NO PAÍS NÃO TEM NENHUM PODER QUE RESOLVA ESSE PROBLEMA DE PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO! País de leis de merda!!

  10. Cachorros são como ratos, pragas. Qual utilidade de um cachorro, ainda mais esses barulhentos?
    Os que possuem alguma serventia, equivalem a menos de 0,1% da população mundial de cães.
    O resto só serve mesmo para agradar as pessoas carentes, que precisam se sentir “queridas”, precisam de um bicho pra lamber os pés.

  11. Montei um cantinho no meu apartamento para trabalhar com desenhos e poder relaxar lendo meus livros assim que aposentei, mas assim que ele ficou pronto a casa em frente, que estava à venda, se transformou num hotelzinho para cachorros, então o sossego que eu almejava após aposentar não existe mais; não consigo ficar no quarto para desenhar ou ler.
    Além de ter de aguentar latidos de cães durante a semana, também tenho de aturar nos feriados e fins de semana quando os donos dos cachorros os deixam lá.
    Junto com uma vizinha fomos conversar com o dono, entregamos uma carta assinada por outros moradores do prédio pedindo e sugerindo algumas idéias para amenizar o barulho, mas não resolveu.
    Não sei se eles possuem pessoas treinadas para lidarem com os cães, creio que não, pois quando os cães começam a brigar entre si, ou quando um implica com o outro eles não demonstram controle sobre os cães; da minha janela dá pra ver o que acontece e muitas vezes vejo uma ou duas moças com os cães, muitas vezes uma fica sentada olhando celular e não faz nada para controlar os cães que latem, apenas chama a atenção sem muito sucesso; isso quando fica junto dos cães, pois muitas vezes entra pra dentro da casa e deixa os cães no quintal da frente latindo sem parar.
    Cães latem por vários motivos e o que mais percebo aqui são cães latindo para impor seu território, cães presos vendo outros soltos, cães que sentem a falta de seus donos, cadelas tentando se desvencilhar de machos. Quando um cão se dá bem com o outro, tudo bem, mas muitas vezes não é o que acontece. De vez em quando uma das moças pega uma bolinha para distrair um cachorro e às vezes consegue até distraí-lo, porém não consegue fazer isso o tempo todo e aí o cão late mais ainda.
    É dureza. Tem dias que fico tão irritada e com dor de cabeça que tenho de sair da minha residência pra não enlouquecer.
    Aqui é um bairro residencial e a prefeitura não deveria permitir alvará de funcionamento para esse tipo de negócio.

  12. É uma triste situação que atinge milhares de pessoas. Sofro há anos com duas cachorras que ficam numa casa em frente a minha, latem sem parar diariamente começam por volta das 6 da manhã. Já conversamos com a dona dos animais umas 4 vezes e de nada adiantou. É sabido que todos tem o direito em ter cachorros assim como todos tem o direito em ter sossego.

  13. Aqui a vizinha tem 4 cachorros, que latem incessantemente. Isso Já faz 3 anos que entrei na justiça e nada resolveu. Os latidos são estridentes, altos e insuportáveis. Nunca vi a dona leva- los pra passear . Vivem confinados em um quintal sujo, bem debaixo da janela do meu quarto. Quase não abro a janela por não suportar o mau cheiro. Cheguei a tirar fotos, dos cães comendo as próprias fezes pq estavam sem comida. Liguei no Zoonose e relatei o fato, uma senhora muito mal humorada que atendeu o telefone, disse que cães ficar sem comida e comer as próprias fezes , não é considerado maus tratos e que a vizinha poderia ter mais 6 cachorros, pois a lei permite que ela tenha até 10 cães. Não sei mais o que fazer, já passamos noites em claro por conta dos latidos, já perdi 2 empregos por não dormir a noite e por não ter disposição durante o dia para trabalhar. Já cheguei a chamar a polícia as 2 horas da madrugada, no qual me trataram com muito desdém , disseram que não iram incomodar o dono dos cães pq o som dos latidos estavam dentro da casa do dono e não na rua. Cheguei a ir na delegacia fazer BO, no qual também fui tratada com desdém. Fui até o no fórum pequenas causas, lá no atendimento, me disseram que não adiantaria abrir processo, e que eu iria perder tempo pq o juiz daria prioridade ao cachorro. Não sei mais o que fazer e a quem recorrer. Não tenho condições de pagar advogado, tbm não temos condições de deixar a nossa casa. Gostaria que houvesse mais atenção dos órgão responsáveis. A lei deveria valer, porquê no meu caso a dona dos cães acha que está no direito de perturbar o sossego alheio. Esse é um problema muito grave, que afeta a nossa vida, nosso trabalho, nosso direito, nossa saúde, até mesmo nossa alegria de viver.

  14. Tenho duas pessoas idosas em casa que sofrem com latidos de cães. Eu uso o recurso das bombinhas, funciona bem. Existem alguns aparelhos que emitem sons que só os cachorros escutam, funciona bem tb. Eu tentaria este recurso. Concordo com quem disse acima, o ser humano moderno perdeu a noção completa do bom senso e como alguem disse, animais que são tratados como reis. Imbecilidade a nível mais alto possível.

    1. Com o devido respeito ao seu caso, Eugênio, que é certamente tão ruim quanto os outros, chego a achar engraçado as pessoas se justificarem com “tem idosos em casa” ou “tenho filho pequeno”. Nada disso importa. Se você é um ser humano de qualquer idade, cor, condição social, orientação sexual, o que for, você tem exatamente o mesmo direito ao silêncio e ao sossego que todo mundo! E isso não tem horário certo: vale literalmente as 24h do dia. Essa culturinha cachorreira ridícula, sem limites, tem de acabar e as pessoas precisam entender o que significa civilidade.

  15. Bom dia!
    Moro em BH; uma vizinha ao lado da casa cria três cachorros 2 fêmeas e um macho juntos; ñ são castrados: condições péssimas de higiene e latem demais. Já falei mas ñ tomam atitude. Procurei a zoonose; vieram ; notificaram; mas ñ adiantou.

    1. Aqui a vizinha tem 4 cachorros, que latem incessantemente. Isso Já faz 3 anos que entrei na justiça e nada resolveu. Os latidos são estridentes, altos e insuportáveis. Nunca vi a dona leva- los pra passear . Vivem confinados em um quintal sujo, bem debaixo da janela do meu quarto. Quase não abro a janela por não suportar o mau cheiro. Cheguei a tirar fotos, dos cães comendo as próprias fezes pq estavam sem comida. Liguei no Zoonose e relatei o fato, uma senhora muito mal humorada que atendeu o telefone, disse que cães ficar sem comida e comer as próprias fezes , não é considerado maus tratos e que a vizinha poderia ter mais 6 cachorros, pois a lei permite que ela tenha até 10 cães. Não sei mais o que fazer, já passamos noites em claro por conta dos latidos, já perdi 2 empregos por não dormir a noite e não ter disposição durante o dia para trabalhar. Já cheguei a chamar a polícia as 2 horas da madrugada, no qual me trataram com muito desdém , disseram que não iram incomodar o dono dos cães pq o som dos latidos estavam dentro da casa do dono e não na rua. Cheguei a ir na delegacia fazer BO, no qual também fui tratada com desdém. Fui até o no fórum pequenas causas, lá no atendimento, me disseram que não adiantaria abrir processo, e que eu iria perder tempo pq o juiz daria prioridade ao cachorro. Não sei mais o que fazer e a quem recorrer. Não tenho condições de pagar advogado, tbm não temos condições de deixar a nossa casa. Gostaria que houvesse mais atenção dos órgão responsáveis. A lei deveria valer, porquê no meu caso a dona dos cães acha que está no direito de perturbar o sossego alheio. Esse é um problema muito grave, que afeta a nossa vida, nosso trabalho, nosso direito, nossa saúde, até mesmo nossa alegria de viver.

    1. cara, a policia civil so vai se mover pra sequer tentar algo junto a boletim de ocorrencia se for mais de dois incomodados, ou seja, voce ou outro vizinho. Eles dizem que o cretino do juiz interpreta a lei do sossego como coletividade contra o individuo. Entao se vc so tiver vizinho cachorreiro fica dificil.

      O melhor é processar no JEC na sua cidade. Grave em video os momentos que o cao late e ponha como evidencia

      1. Falou tudo !! Eu tenho esse problema aqui uma verdadeira desgraça !,já fui ameaçado por reclamar do inferno canino aqui na minha vizinhança .

      2. Por favor, gostaria muito de uma orientação. Meu vizinho tem 07 cachorros em casa que latem juntos quase o dia todo. Tenho 2 trabalhos distintos em casa e não tenho tranquilidade em nenhum dos dois trabalhos. Uma gravação de video e uma ação na justiça, me ajudaria, sendo que ja conversei 2 vezes com o vizinho sobre ver uma forma de me ajudar a respeito disso, porem em vão. Eles saem cedo e deixa todos os caes na area externa da casa.

        1. Prezada Senhora Rosangela, vou lhe passar o telefone do Advogado Kenio Pereira que é especialista no assunto. Vídeos são importantes, mas o que vale mesmo são notificações e testemunhas. Vale outros vizinhos, pessoas conhecidas, porteiros e pessoas que não tem vinculo com a sra. Advocacia Caixa Imobiliária. 31-3281-4219. Grato, José Aparecido
          Pode usar o meu nome e dizer que assistiu a entrevista dele no #Conexão BH – Canal Noticioso no Youtube

      3. Já processei uma dupla de desgraçados que se mudaram para o meu lado e colocaram o cachorro para latir das 7 da manhã às 9h da noite todos os dias. Como você bem disse, a cretina da juíza fingiu que não era com ela e se declarou “incompetente” para julgar o caso, mesmo com os registros feitos. Presumi que incompetente é a palavra correta, mesmo.

    1. É ótimo que você observe esses horários e tenha alguma preocupação. Infelizmente, se seus cachorros (ou os de qualquer pessoa) latem mais do que 5 minutos a qualquer hora do dia, você é responsável, culpada e errada do mesmíssimo jeito. Não existe horário “correto” para perturbação do sossego alheio por razões totalmente injustificadas como latido de cachorro.

  16. O problema não são os latidos dos cachorros. É o poder público: polícia e judiciário imprestáveis. São como a VALE DO RIO DOCE: não VALE nada.

  17. O PROBLEMA NÃO SÃO OS CACHORROS QUE LATEM. O PROBLEMA É O PODER PÚBLICO: Polícia e Judiciário NÃO RESOLVEM NADA. Esperam haver mortes e violência. SÃO COMO A VALE DO RIO DOCE: não VALE nada.

  18. O melhor é jogar bombinhas (traques) que não precisam ser muito fortes. Eles param de latir na hora. Não precisa ser próximo a eles, mas até da casa em frente funciona.

  19. Bom dia, Sr.José!

    Moro no bairro Buritis em Belo Horizonte, aqui os cachorros são tratados como reis, acho que o povo está perdendo totalmente a noção de tudo.
    Tem um cachorro aqui , ele late 24 horas , e o pior não consigo identificar de onde vem os latidos, tem hora que acho que ele está no meu apartamento.
    Sem contar as pessoas que saem para passear com os cachorros tipo 06:00 hs da manhã ai eles encontram com outros e começa o festival de latidos.
    Vou falar uma coisa, o Buritis virou um inferno, de gente sem noção por causa de cachorro, sem contar a pista de cooper, que a preferência é sempre dos cachorros!
    Credo, Deus que me perdoe, mas cachorro ter mais regalias que o ser humano é demais!

  20. Boa noite, Sr José. Realmente este é um problema recorrente no nosso Brasil. A constituição nos garante o direito ao sossego em nossas residencias, mas nao ha fiscalizacao que nos ajude.

    Eu moro em brasilia, tenho um vizinho que possui um buldogue e o utiliza como cao de guarda. Esse buldogue late para a rua de dia, de noite no horario nobre e vai para a madrugada. O sujeito justifica como cao de guarda, mas isso nao pode passar por cima do direito ao sossego da vizinhanca.

    Agora imagina se houver mais donos de caes irresponsaveis na vizinhanca? se depender deles nao haveria limite algum. Para eles, se incomodar com latido de cao é “frescura”. E quem vai aferir isso?

    Aqui no Brasil a policia deveria servir de testemunha para aferir isso e servir de ferramenta ao juiz para condenar os irresponsaveis de plantao, porque senao continuara essa ladainha de sempre.

    Eu mesmo ja contratei advogado e vou processar o sujeito por danos morais em breve, mas nao faço ideia se vou ganhar, e olha que meu caso é bastante obvio

    1. A RESPEITO DA REPORTAGEM SOBRE OS LATIDOS DOS CÃES: NÃO SÃO SÓ LATIDOS, SÃO FESTINHAS NOS FINS DE SEMANA, ETC

      ESTE NÃO É O PROBLEMA PRINCIPAL. O PRINCIPAL PROBLEMA É A POLÍCIA E O JUDICIÁRIO QUE NÃO FAZEM OU NÃO SABEM FAZER NADA. SÃO COMO A VALE DO RIO DOCE: não vale nada. ESPERAM TER MORTES OU VIOLÊNCIA. A SITUAÇÃO DA LEI DO SILÊNCIO EM BH ESTÁ INACEITÁVEL.

      1. Com certeza… Estou passando por esse problema e quando chamamos a polícia ela não aparece… e isso é sempre assim…

    2. infelizmente esse problema atinge milhares de pessoas no pais inteiro. Convivi com esse drama diurno e noturno por muito tempo ate que um amigo me ensinou um pequeno truque que deu resultado, apesar de nao ser politicamente correto: quando os cachorros começarem a latir, vc solta uns traques que eles se calam de vez. Aquelas bombinhas dos festejos juninos. Tendo o cuidado de usar as mais fracas para nao machucar os timpanos dos caninos.

      1. com essa atitude aqui em sp voce e preso, pois existev lei para proteger os animais de barulho de fogos de artificio

    3. Boa tarde me ajudem tenho uma filha especial e todos os dias amanheço mal humorada por conta do cachorro do vizinho já conversei com ele e agora ficou pior porque ele deixou o cachorro de uma vez no quintal justo onde fica as janelas dos quartos qual o órgão que eu procuro

    4. Pessoal, por favor, curtam a página do Facebook (“Cachorro sim, latido não. Chega de latidos.”): https://www.facebook.com/cachorrosimlatidonao/ (copie e cole o link em seu navegador).
      Queremos juntar as pessoas que passam pela perturbação do sossego por causa de latidos incessantes. Apoiem. Futuramente, queremos pressionar por leis mais rígidas, quem sabe até tornando a contravenção penal de perturbação do sossego em crime. Curtam e compartilhem, por favor!

    5. Sua sugestão de vender o imóvel e mudar é digna da tua qualificação: Zé Aparecido! Para você, deixo a hermenêutica da decana do VSF ministra Dercy Gonçalves: Vai pra pootha queo paril. Data vênia.

      1. Jorge Maluco

        Se vc puder explicar do que se trata, talvez a sua agressividade possa ser melhore compreendida e até desconsiderada.
        Sugestão de vender imóvel?
        Qualificação?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.