25 de Julho, Praça 7 fechada e nem um pio das autoridades. Inacreditável.

Em um País sério governado por políticos decentes, responsáveis, comprometidos com a ordem e com a defesa dos interesses do povo, jamais meia dúzia de gatos pingados parariam uma cidade de 2,5 milhões de habitantes por qualquer motivo, especialmente para comemorar a conquista de um título de futebol. Com todo respeito que tenho pelos Atleticanos, a comemoração poderia ter acontecido em um local adequado e que prejudicasse menos o transito e o comércio na região central. Na praça da Estação, por exemplo, a festa teria sido tão ou mais proveitosa.

O que se viu na no coraçao da cidade foi um festival de bombas, anarquia e uma minoria de arruaceiros falando em nome de uma torcida que em sua maioria discorda de baderna e desrespeito.

Belo Horizonte ficou sem dormir por duas noites, o transito foi fechada na marra por uma grupelho de baderneiros e nenhuma autoridade colocou o nariz para fora dos seus gabinetes.

A imprensa não deu a devida atenção aos prejuízos causados pela loucura de alguns poucos insensatos.

Na verdade ninguem quer ficar mal com a massa atleticana.

Já os políticos, esses não tem coragem de pisar na rua, negociar, usar suas batutas para colocar ordem na cidade sem comprometer a justa festa pelo título.

Preferem fingir que o problema não é deles. A PM segue monitorando de longe, com medo de enfrentar a realidade e agir pró ativamente em beneficio da maioria, usando a inteligência. Estão todos perdidos à deriva dos acontecimentos, sem pulso.

Que cidade é essa minha gente?

Belo Horizonte não é do Galo, do Cruzeiro e nem do América, a cidade é do povo, os que torcem e tambem os querem paz e sossego para viver, dormir, ir e vir.

Tudo tem limite, inclusive a paixão desmedida pelo futebol.

Antes de ser torcedores, precisamos ser cidadãos e compreender que o direito de um termina quando começa o do outro. Isso é bom senso, cidadania e consciência de limites, que por aqui, parece não existir mais.

José Aparecido Ribeiro

Filósofo, Consultor em Mobilidade

CRA MG 0094 94

31 9953 7945

Enviado pelo meu aparelho BlackBerry® da Vivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.