Acredite, aconteceu comigo na Pizzaria do Verdemar no Diamond Mall. (CORREÇÃO)

Acredite se puder. Na noite de domingo 21.10 por volta de 20H fui até a pizzaria do Verdemar no Shopping Diamond e lá chegando, me dirigi ao caixa que fica dentro da própria pizzaria. Paguei antecipadamente um crepe e um refrigerante e sentei em uma das mesas para come-lo. Qual não foi a minha surpresa, a atendente de nome Celina, após servir o refrigerante, informou que eu não poderia usar os talheres da pizzaria para comer o crepe. Insisti dizendo que eu havia comprado o produto ali e que não teria como come-lo sem um garfo e uma faca.

 

Sem acreditar no que estava acontecendo e com toda educação, pedi para falar com o superior e ela não titubeou: A autoridade aqui sou eu e o Sr. não tem outra alternativa. Pacientemente, informei que não havia como  degustar o crepe sem talheres. Ainda assim ela permaneceu irredutível. Como última tentativa, pedi que ela me devolvesse o dinheiro, na expectativa de que ela mudasse de opinião. Pasmem, sem mudar uma linha de expressão, ela aceitou a proposta de devolução do dinheiro, recolheu o crepe e a coca cola e jogou ambos no lixo.

 

Acredite, a gerente da pizzaria do Verdemar do Shopping Diamond preferiu jogar o produto no lixo e perder o cliente, do que emprestar o talher para que eu pudesse degustar o crepe que eu acabara de comprar naquele estabelecimento. Muito menos pelo valor ou o constrangimento que essa colaboradora me fez passar, foi a sensação de impotência diante de um fato aparentemente sem importância. Se como consumidor e cidadão tenho algum direito de reparação por essa grosseria, gostaria que a direção do Verdemar tomasse providencias para que este episódio não se repita com outros clientes.

 

Até que isso ocorra, a minha recomendação para os que lerem e se sentirem tocados por esse desabafo é a de que evitem a pizzaria do Verdemar do Diamod Mall, afim de poupá-lo de constrangimento como o que passei e não desejo para ninguém. 

 

José Aparecido Ribeiro

Consultor em Assuntos Urbanos e Mobilidade

Presidente do Conselho Empresarial de Política Urbana da ACMinas

CRA MG 0094/94

31-9953-7945

 

9 thoughts on “Acredite, aconteceu comigo na Pizzaria do Verdemar no Diamond Mall. (CORREÇÃO)

  1. Realmente o Verdemar não tem uma pessoa que zele por esses transtornos,aqui no Bairro Castelo o atendimento suporte é a mesma coisa,é um tal de pedir telefone que entraram em contato e nada disso acontece.OS PÃES DESSA UNIDADE estão umas porcarias,tanto o de sal como os de doces,vc fala e ficam com umas caras de bundas,e eu me sentindo um bobo da corte

  2. Infelizmente acontece isso em todas as lojas do Verdemar. Chega a ser ridículo! Eles alegam que só pode consumir na Pizzaria o que for comprado lá, e como o crepe é vendido dentro da loja naquele setor de padaria, saladas e etc, não pode. Eles vendem para você comprar e levar. Acho erradíssimo impedir o consumidor de consumir lá no restaurante deles, ainda mais se você comprar bebida lá. Na loja do Buritis eles fizeram o absurdo de construir um lugar NO MEIO DO ESTACIONAMENTO, literalmente, como uma ilha, com mesas enormes de bancos, sem conforto algum (e sem talheres, claro), para consumir os produtos como saladas e crepes. Eles preferiram construir um local para isso, no meio do estacionamento, sem estrutura e completamente desagradável do que fornecer simples talhares aos próprios consumidores! É de ficar pasmo, né?!
    Antigamente eu comprova o crepe e me sentava no restaurante, pedia uma bebida e ficava tudo certo, podia usar os talheres. Hoje em dia nem isso pode mais. Mesmo comprando algo do restaurante, você é impedido de usar os benditos talheres. Já deixei de comprar crepe inúmeras vezes, e já vi muita gente desistindo também por tal fato. Postura ridícula!!

  3. Ia sempre comer um crepe lá. Fiz várias indicações do lugar. Até que na última vez que fui, a uns 40 dias atrás, não pude degustar o crepe na pizzara, comprei o suco na lanchonete e não puderam me fornecer copos e nem canudinhos. Um absurdo. Que decepção.
    Será que o proprietário está sabendo e não vai tomar nenhuma providência. Acho melhor fechar o crepe pois, a sua reputação não vai ficar boa não. Primeiro tem que ter categoria e preparo para atender que lhe traz o dinheiro.

  4. Era só conseguir duas testemunhas e ganhar um bom dinheiro…deu mole…Não podemos deixar estas situações passarem assim. Uma vez fui impedido de tomar a vacina contra a "gripe H1N1" pq era uma sexta-feira, final de tarde, e o enfermeiro queria ir embora e mentiu dizendo que a vacina tinha acabado. Na hora, liguei para a polícia e para tv alterosa…deu uma "merda" danada e este FDP deve estar engrossando as filas de desempregados…Este enfermeiro passou uma vergonha, a administração do Mercado Central foi responsabilizada, já que deveria garantir o funcionamento do posto de vacinação até o horário divulgado pela mídia, etc. Haviam lotes lacrados…foi bom demais!ADOREI!

  5. Situação inaceitável, porém, não podemos generalizar, eu já passei por algo similar na loja do Jardim Canadá, comprei uma salada pronta e lá eles também não tinham talher para emprestar; ao presenciar meu descontentamento um funcionário (repositor) foi até o departamento de descartáveis abriu um pacote que estava para venda e me forneceu.

  6. Acho extremamente válido publicar a sua reclamação, este tipo de situação é inaceitável. Mas acredito que generalizar e pedir boicote à loja não sejam o melhor caminho. Vivemos em um tempo onde a regra é a grosseria, infelizmente, e quem trabalha em setores com uso intensivo de mão de obra (que devido ao nosso sistema de educação está longe de ser a mais qualificada do mundo) sabe que casos isolados realmente acontecem. Quem conhece a história dos sócios sabe que eles não chegaram onde estão por acaso, e o Verdemar é um exemplo para o empresariado mineiro, de empresa que optou pela qualidade e hoje colhe os frutos. Só devem redobrar a atenção, pois é quando uma empresa se expande que começam os grandes desafios de gestão.

  7. Perdeu – se a oportunidade de ser um referencial de qualidade; infelizmente voce, foi vítima da ignorancia e do ego inflado, o mundo evoluiu ,mas alguns "seres ",regrediram na espécie.
    Penso que a sensação de impunidade, faz com que as pessoas ajam desta forma. É importante o teu relato, e espero que haja providência,é evidente que falta uma qualidade essencial, educação, mas esta palavra comumente usada, perde- se o sentido mediante a mediocridade de uma pessoa que tem apenas a denominação gerente, mas não sabe,o que é ser um. ._.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.