BH, o exemplo da I-MOBILIDADE URBANA

Talvez, a grande maioria das pessoas não saibam o significado abrangente do que é "Mobilidade Urbana". 
Trata-se das condições de deslocamento das pessoas no espaço geográfico da cidade, por qualquer meio de locomoção. 
Infelizmente, cada vez mais, a maior parte das grandes metrópoles vem encontrando dificuldades em desenvolver meios para diminuir o volume de congestionamentos ao longo do dia. 
Essas soluções passam por empresas municipais de engenharia de trânsito eficientes que procurem soluções criativas e não paliativas que diminua o tempo de deslocamento entre os vários pontos da cidade melhorando a qualidade de vida das pessoas. 
Todos esses problemas se acumulam porque o transporte coletivo oferecido é de baixa qualidade, inseguro, sofre com atrasos permanentes o que incrementa o uso do veículo particular já que nossa cidade não conta com um sistema de transporte de massas moderno e eficiente. 
Além do mais, nos últimos 10 anos, a população cresceu 10% enquanto a frota de veículos teve um aumento de 138% sem que houvessem investimentos compatíveis na mesma proporção e velocidade. 
Hoje Belo-horizonte tem 1 veículo para cada 2 habitantes e é obrigação do governo municipal garantir a seus habitantes condições favoráveis de deslocamento qualquer que seja o meio escolhido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.