Declarações do Prefeito. Uma afronta aos Cidadãos de BH.

O Prefeito declarou em alto e bom tom que a PBH vai desenvolver mais um sistema PALIATIVO para lidar com as chuvas. De quebra, usando de tom irônico e debochado se auto entitulou babá dos cidadãos Belo-horizontinos. Pasmem, quando ouvi achei que fosse brincadeira, mas não, o que ele falou a imprensa escreveu, sublinhou e está registrado para os anais da história da Capital.
Em qualquer lugar do mundo, hoje o prefeito já não seria mais Prefeito, mas ex. Aqui, tudo pode. Acredite, pode até declarar que as soluções serão paliativas… Poderia, mas jamais deveria.
Ora, onde já se viu um Prefeito declarar que a solução para um problema grave e recorrente será paliativa e não definitiva?
Paliativos significa arranjos que não resolvem o problema, e neste caso, representa ainda risco de vida para milhares de cidadãos cuja exposição em um dias de chuva forte, que daqui para frente serão constantes, é cada vez mais intensos.
No mesmo compasso das enchentes, segue o transito, o Anel Rodoviário, o transporte coletivo, a habitação, a saúde, as obras para a Copa e tudo que foi pintado durante a campanha como perfeito e maravilhoso, mas que desaba como um castelo de areia.
Se não estou ficando maluco, o povo está passivo demais, diante de tamanho disparate que foram as declarações do prefeito que acabou de ser eleito.
Prefeitos não são babás, são líderes, deveriam ter responsabilidades, conhecimento de causa e sobretudo atitudes que evitem riscos para o povo que eles governam.
Falta-lhe talvez o conhecimento dos fundamentos da democracia e o que se espera de um Líder eleito pelo voto direto.
Vejam a diferença entre as declarações e atitudes do Presidente Obama, diante das mesmas tempestades que vitimaram a Costa Leste dos EUA, com a do Prefeito Marcio Lacerda com as conseqüências das chuvas que ocorrem todos os anos na mesma época e que são monitoras e devidamente alertadas pelos órgãos de controle e previsão do tempo?
Nelas, faça seu próprio julgamento.
Tá faltando assessoria, bom senso e solidariedade por parte do nosso Alcaide. Ele não é Deus e nem tampouco está com essa bola toda.
Abaixa a sua bola Prefeito Márcio Lacerda, e respeite os Cidadãos que confiaram em V.Exa.
Se não está dando conta, por inexperiência ou falta de vontade, peça para sair e deixe quem ama BH trabalhar para evitar tragédias como essa e outras que virão.

José Aparecido Ribeiro
Presidente do Conselho Empresarial de Politica Urbana da ACMinas
ONG SOS Mobilidade Urbana
Consultor em Mobilidade e Assuntos Urbanos
31 9953 7945

Enviado pelo meu aparelho BlackBerry® da Vivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.