Inacreditável, mas a Petrobras anuncia novo aumento para a gasolina.

A Petrobras voltou a aumentar o preço da gasolina nesta quarta feira (30), numa demonstração inequívoca de que seus dirigentes estão desconectados da realidade e dos acontecimentos em curso no país com a greve dos caminhoneiros. O presidente da estatal mais uma vez revela seu compromisso com investidores da empresa, especialmente os internacionais, e total desconsideração pela população brasileira.

De quebra mostra que este governo que o nomeu não manda em nada, embora seja o investidor majoritário da estatal. A política de preços flutuantes de Pedro Parente caminha no sentido de elevar o preço da gasolina a patamares jamais imagináveis, e a inviabilização do uso do automóvel nas cidades brasileiras. Neste compasso será apenas uma questão de tempo para gasolina virar ouro.

A população por sua vez não se deu conta da dimensão do problema e segue batendo cabeça na busca de combustíveis, ainda que para isso tenha que esperar horas em filas quilométricas, pagando ágio. Para muitos não é capricho, mas necessidade. Já outros, trata-se da incapacidade de abrir mãos do conforto temporário no que poderia, com pressão popular, vir a ser redução definitiva de impostos.

A política de preços flutuantes hora em curso ja tem consequência nefastas no bolso do brasileiro, e de certo terá nos índices de inflação. Lembro ainda que os caminhoneiros deram exemplo de cidadania, sacrificaram o conforto do lar, o convívio com a família e estão saindo mais fortes do entraram nesta greve que parou o país. Porém, precisam compreender que o tempo da greve passou e é hora de devolver a tranquilidade para a população, que assim como eles é vítima de um governo fraco, desnorteado e sem compromisso.

É possível notar também que a greve caminha para se transformar em movimento político contra o governo Michel Temer, que vale lembrar, está ha apenas 6 meses do seu final. Seria bastante razoável e oportuno o movimento, se toda a população estivesse mobilizada, o que não se confirma na prática. Ou seja, é hora dos caminhoneiros recolherem os “flaps”, evitando o risco de perder as conquistas da greve.

Com efeito, a partir de amanhã (31), o preço nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de R$ 1,9671 por litro. Em maio, o preço do combustível nas refinarias da Petrobras acumula alta de 9,42%, já que em 28 de abril o litro custava R$ 1,7977. Recado mais do que claro de que a lógica que norteia a Petrobrás é a do mercado e não a do interesse da população, contradizendo sua função social como estatal.

José Aparecido Ribeiro
Jornalista, blogueiro nos portais uai.com.br – osnovosinconfidentes.com.br
DRT 17.076-MG – jaribeirobh@gmail.com – 31-99953-7945
Colunista nas Revistas: Mercado Comum, Minas em Cena e Exclusive

17 thoughts on “Inacreditável, mas a Petrobras anuncia novo aumento para a gasolina.

  1. Creio que a Petrobrás é a menos culpada do problema.É muito vantajoso para o governo de Minas sem investir um centavo e comodamente cobrar 32% de ICMS que somado aos impostos do governo federal eleva o preço do Combustível.Ação do governo de Minas para contribuir para essa redução de preços? Nenhuma,ficou se fingindo de morto,e ao terminar a paralisação vem anunciar que vai atrasar os salário por causa dos caminhoneiros. Salário que há tempos vem sendo parcelado,com o trabalho do servidor sendo transformado em semi escravo porque não tem um dia certo para receber o fruto do seu esforço.Que bom seria se eu pudesse ficar em casa recebendo 32% de todo o combustível vendido em MG.

  2. Felizmente, o presidente da Petrobras eh comprometido com os investidores (nos). Esqueceu-se que o governo tem 58% das acoes ordinárias e 40% das preferenciais. Os donos da Petrobras somos nos. Se ela der prejuízo, NOS vamos pagar, via impostos e sucateamento da empresa….

  3. Lembrando que o preço que a Petrobras vende gasolina já possui impostos pagos por ela, se formos considerar apenas custos de produção nós pagamos quase 90% de impostos.

  4. A Petrobras é estatal justamente pra ser estratégica para o país e a população, mas tá longe disso. Essa política de reajuste diário só funciona em mercados de concorrência perfeita o que não temos no Brasil que é um monopólio da Petrobras aí com a política de reajuste diário ela só protege sua margem de lucro altíssima e os dividendos dos acionistas que são livres de imposto de renda. Importante lembrar que o presidente da estatal é o ex ministro do apagão de 2001, que ajudou a riscar os tucanos na política nacional e gerou uma crise similar ao que tá acontecendo hoje, vai entender.

  5. Cheguei a conclusão que a Petrobras não é nossa coisíssima nenhuma. A empresa , que estatal, deveria trabalhar e produzir em beneficio do povo brasileiro. No entanto, ela percorre o caminho de beneficiar o capital estrangeiro. Que saudades de Getúlio Vargas.

  6. Os caminhoneiros fizeram uma paralização que entrou para história do Brasil e a todo momento estavam pedindo ajuda da população .o povo correu foi para os postos de combustíveis gerando filas quilometricas nem preocupando com o valor agora que abastecimento está voltando ao normal e com aumento vão chorar na cama que é quente .vai passar dos 6 reais antes de setembro e sem choro

  7. Milton , me permita discordar de vc em um ponto. Temos muitos terroristas aqui sim. O chefe de todos os terroristas se chama Temer.

  8. Alguém ainda tem dúvida de que esse país não é sério?
    Estamos presos em uma Siria ou um Líbano. O pior é que não temos terroristas.

  9. Os governos não têm interesse em baixar o preço dos combustíveis, muito antes pelo contrário.
    O governo conseguiu dolarizar os impostos, indiferente ao ganho fixo e na moeda Real do trabalhador. Não sei como nenhum partido ou economista atinou para isto. Ou é má fé ou ignorância.
    A nossa economia não é de primeiro mundo e sujeita a todas as turbulências e humores do mercado.

  10. José Aparecido, é simplesmente incrível, a conduta desse chamado presidente da petrobrás, que de presidente não tem nada, fala ai o que o povo tem que fazer para tirar essa ilustração de pessoa desta petrobrás, ele já disse que não tá nem aí pelo o que está acontecendo, em suas falas na semana passada e que odeia este tipo de idolatria, você viu isso !!! A população brasileira tem que esquecer o Themer, tem é que pedir é a cabeça desse cara, sem o apoio do presidente da petrobrás, não vai valer de nada tudo o que está acontecendo.

  11. Discorde quem quiser, mas essa justificativa de alta no preço do petróleo e variação cambial é MENTIRA. o que o governo quer é encher os cofres da Petrobrás. Vale lembrar que corre na justiça americana ação indenizatória bilionária na qual a Petrobrás vai ter que pagar. Mas no final das contas, a população paga mais uma, devido a falta de honestidade, caráter e amor ao País desta quadrilha de Brasília

  12. R$ 5,00 , R$ 7,00 , R$ 10,00! Não importa, pois sempre terá um monte de pessoas despropositadas 10 horas na fila saindo no tapa pra abastecer! Será que antes de se sujeitar a isso, não pensam que algumas pessoas passam a vida toda sem carro e não morrem por isso? Evidentemente excluo desta crítica pessoas que dependem diretamente de carro e combustível para viver!

  13. Correta a atitude da Petrobrás, mantém coerência com a política de preços. O preço caiu nos 03 últimos dias e subiu hoje. O que deveria ser criticado são os motivos pelos quais temos uma única refinaria no Brasil e não a política de preços interna da Petrobrás. A Petrobrás como todas as outras empresas em qualquer lugar do mundo visam o lucro.

    1. Uma correção: Existem 17 refinarias de petróleo no Brasil, sendo que 13 são da Petrobrás e 4 são privadas (Manguinhos, Univem, Riograndense e Dax Oil).

  14. Enquanto não houver uma redução de poder do Governo nas decisões,juntamente com uma forte desestatização,continuaremos a assistir às hienas se alimentando do Estado Brasileiro.
    Fora Petrobras,fora Temer,fora ministros.Chega dessa farra com nossos recursos !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.