Morre um dos maiores empresários do Brasil: Engenheiro Murilo Mendes

A semana deveria ser de luto oficial em Minas Gerais pela morte de um dos mais importantes empresários do Brasil. Morreu aos 93 anos, o homem que nas palavras do meu amigo João Almeida – ex-funcionário da Mendes Junior – era o “Menino de Montes Claros” – Dr. Jesus Murilo Valle MENDES, presidente e filho do fundador de uma das maiores construtoras do país.

A Mendes Junior iniciou suas atividades em 1953 e foi responsável por grandes obras no Brasil, com destaque para Belo Horizonte e MG. A empresa atuo em outros países, mas alcançou o seu apogeu durante o Regime Militar, na época do Milagre Econômico entre os anos de 1968 e 1974. Dr. Murilo Mendes comandou a empresa até um ano atrás e embora estivesse afastado por decisão dele e da família, não perdeu o vinculo diário com a sua equipe de colaboradores.

A causa de sua morte foi um infarte fulminante, de certo provocado pela tristeza de ver o sobrinho que comandava a empresa preso, seu sucessor, somado a perda da esposa Sra. Lucia Mendes, que morreu há menos de dois meses. Dois dramas em um curto espaço de tempo foram demais para o coração do empresário e intelectual que tinha paixão pela filosofia.

Tive o privilégio de conhecê-lo pessoalmente, através do amigo Salvatori Di Monda. Dr. Murilo Mendes era um visionário que tinha obsessão pelo trabalho e gosto pelas letras. Nossa convivência foi curta, tempo suficiente para conhecer um pouco do seu caráter e sua sensibilidade apurada para a literatura. Era, assim como eu, apreciador da obra de Platão. Ele parte deixando saudades.

O Brasil nunca precisou tanto de empreendedores como Murilo Mendes. A infraestrutura do país parou no tempo, provocando um apagão de 40 anos que levará gerações para ser recuperado. “Tudo isso não aconteceu por acaso. Estamos sendo governados por homens medíocres, que não tem compromisso com a coisa pública, e que só pensam no próprio umbigo”. Não são palavras minhas, são respostas a minha pergunta sobre o que estava acontecendo com as obras públicas no Brasil. Lá se vão os bons “Murílos”, como o Mendes e o Martins, e ficam os medíocres, ocupando secretarias de obras, perpetuamente…

Vale lembrar que a Mendes Junior não entrou em recuperação judicial por acaso, sofreu perdas gigantes nas décadas de 80 e 90, quando deixou de receber da Chesf, Cia Hidrelétrica do São Francisco, cifras milionárias na construção de hidrelétricas. A empresa também teve prejuízos em contratos com o governo do Iraque depois da paralisação de suas obras em virtude da Guerra do Golfo. Tomara que os que ficam consigam colocar a empresa nos trilhos, pois o Brasil precisa da experiência da Mendes Junior para voltar a crescer.

Minha homenagem a Dr. Murilo vai na poesia que o amigo João Almeida fez tão logo tomou conhecimento de sua morte.

José Aparecido Ribeiro
Jornalista

“AO MENINO DE MONTES CLAROS: claros montes

Se foi e se vai,
Vai por entre os trilhos do amor,
Pelas estradas do progresso,
Pelos portos dos sonhos.

Engenheiro,
Homem! Bravo, forte,
Que não se curvou aos mais poderosos;

Forte e bravo homem de Montes Claros,
Claros se tornaram os destinos dos que te serviram,
Montes romperam os que te seguiram.

Por muitos países do mundo,
Ouvem-se os roncos dos motores das máquinas,
Lembram da sua mansa voz!

Voz de firmeza;
Palavra imutável!
Homem grande!

Pela filosofia de suas poucas palavras,
Homem de fala com o olhar!
Olhar que recompensa o trabalho,
Olhar que reprime a preguiça.

Olhar no futuro,
Na vida!
No trabalho!

Vai homem do futuro,
Que fez o passado,
E que nos incube do presente!”

João Almeida – Engenheiro e ex-funcionário da Mendes Junior

10 thoughts on “Morre um dos maiores empresários do Brasil: Engenheiro Murilo Mendes

  1. Uma correção – O nome correto do Dr. Murillo é Jesus Murillo Valle Mendes.
    Que Deus abençoe muito a ele e todos os Mendes. Ele foi vítima do governo, que é um mau pagador, e os políticos estão sempre querendo ganhar. O grande faturamento da Mendes Junior vinha do exterior – no Brasil os contratos representavam uns 3% do faturamento total. Trabalhei na Mendes Júnior como contínuo, auxiliar de escritório, e foi a melhor empresa que já trabalhei na minha vida, sempre foi uma grande empresa. O pai dele Dr. José Mendes Júnior foi uma pessoa fantástica e muito simples, tive a oportunidade de ir na festa de 80 anos do Dr. José Mendes Júnior, ele fez questão de nos convidar. O Dr. Murillo foi um grande empresário e ajudou a conduzir uma família maravilhosa, ao saber da triste notícia, já rezei e pedi a Deus para iluminar muito a ele e a todos os seus descendentes. Um grande abraço a todos os amigos da Mendes Júnior. Gilberto

  2. Sabemos que o empreendedorismo na sua maior parte é nato, e que maravilha quando assim o é. Mas por outro lado muito tem se falado no desenvolvimento deste aspecto comportamental. Sempre de grande importância. E nos dias de hoje fundamental.
    Penso que o empreendedorismo deveria ganhar mais espaço em escolas de ensino básico e universidades.
    O Sr. Murilo Mendes cumpriu seu ciclo na história do Brasil e de vida neste plano. Porém o seu nome e legado permanecem!
    Deixo aqui minha consideração e solidariedade aos familiares e amigos.
    .

  3. Justamente.
    Faço minhas as palavras do blogueiro.
    “A empresa atuo (sic) em outros países, mas alcançou o seu apogeu durante o Regime Militar, na época do Milagre Econômico entre os anos de 1968 e 1974.”
    Dá pra imaginar o que a Mendes Junior e este, aprontaram neste período, junto com os tais “defensores da lei e da ordem”.
    A SAFADEZA não tinha limites!

    1. Caríssimo Arnon, conheci Murilo Mendes e posso atestar que tratava-se de um homem do bem, um visionário que defendia o nosso país, ao contrário de meia dúzia alguns milhares de políticos medíocres que comandaram este pais nos últimos anos.
      Será que há algo mais grave e sórdido do que estamos assistindo por exemplo na Petrobrás, saqueada pelos gangsters do PT, do PMDB, do PR, e dos vários partidos oportunistas que tomaram conta da coisa publica?
      Entre o primeiro e os últimos, eu fico com aquele. O pouco de infraestrutura que essa cidade conseguiu não se deu nos últimos 20 anos, (só passaram por aqui medíocres no comando das obras) aconteceu há mais de 30 anos e teve a Construtora Mendes Junior como responsável técnica. Quer exemplo? Veja a obra da Via Expressa feita há mais de 40 anos e em perfeitas condições. Portanto meu caro, sugiro que reveja seus conceitos sobre este respeitado empresário que faleceu no domingo e que merece nosso respeito.

      Um abraço
      José Aparecido Ribeiro
      Jornalista

  4. Fui trabalhadora nessa grande empresa durante quase 18 anos, pude ver o quanto empreenderam, modernizaram e ampliaram seus negócios investindo em siderúrgia e etc. Só em um país “falido” moral e políticamente, uma grande empresa dessa que gerou mais de 30.000 empregos, quase fechando suas portas! Triste, muiiito triste!

  5. A Mendes Jr cresceu como todas as outras construtoras e os grandes conglomerados de mídia: sob as asas a ditadura militar, de onde fechavam contratos sem licitação e recebiam qualquer valor que apresentassem. É só deixar essas empresas livres para disputarem mercado, nas regras deste, que todas quebram. Acostumadas a terem retorno garantido das obras do Estado, não sobrevivem no mercado. E depois dizem que o Estado deveria ser menor… menor só para o “andar de baixo”,né?!

  6. O país não consegue mais produzir bons frutos porque o adubo da esquerda onde chega destrói as plantações. Nomes de grandes mineiros como Pedro Aleijo, Milton Campos, deveriam ser ensinados na escola e não Guevara, Fidel etc. Que a alma do Dr. Murilo encontre a paz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.