OBRA DA GASMIG COM PRIVILÉGIOS ESPECIAIS ATRAPALHAM O TRANSITO NA AV. OLEGÁRIO MACIEL

Já há alguns dias os moradores dos bairros Cidade Jardim, Luxemburgo, Vila Paris, Santa Lucia e São Bento, que usam a Rua Conde de Linhares para chegar ao Centro da Capital ou a Praça da Assembleia, estão sendo obrigados a um exercício de paciência por causa de uma obra da Gasmig na Av. Olegário Maciel em horário inoportuno e sem qualquer controle por parte da PBH. Vale tudo para enfiar a picareta no asfalto novinho da Av. Olegário Maciel, que foi substituído recentemente.

 

De um lado da Avenida fica a famigerada ciclovia que até hoje serve aos motoqueiros imprudentes, menos a ciclistas que não existem por ali. Do outro lado da pista de acesso ao Centro a Gasmig com seus equipamentos tatus, furando buraco e ocupando mais de uma pista deste importante corredor de tráfego. Para os motoristas restaram apenas uma pista e meia e o caos. Fica evidente que a empresa goza de privilégios especiais, pois monta acampamento no meio de uma das principais avenidas da cidade sem qualquer constrangimento a qualquer hora do dia e controle, instalando cones ao seu bel prazer.

 

Nem a SUDECAP que é uma Autarquia e representa o interesse da coletividade tem essa regalia e quando precisa intervir nas ruas da Capital, faz isso em horários noturnos ou nos finais de semana. A obra da Gasmig é particular, mas os prejuízos são coletivos. Se não bastasse o asfalto novo que está sendo destruído, a empresa não tem o menor cuidado no reparo, e nem tampouco na sinalização. Tudo é feito no improviso e sem fiscalização. Quem duvida, é só ir lá prá ver.

 

Entre o início da Rua Conde de Linhares no Luxemburgo até a Praça da Assembleia gasta-se em média, depois das intervenções, 25 minutos contatos no relógio, o que levaria normalmente menos de 3 minutos. A população gostaria de saber o por que essa obra não acontece durante a madrugada e sim no meio do expediente, causando prejuízos para milhares de motoristas e trabalhadores presos no trânsito e que tem aquele caminho como única alternativa? Por onde anda o MP e Os Vereadores da Capital?

 

José Aparecido Ribeiro

Consultor em Mobilidade e Assuntos Urbanos

Morador do Bairro Vila Paris – Cidadão em dia com seus impostos.

CRA/MG 08.00094/D

31-9953-7945

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.