Parabéns ao Prefeito de BH pelas pedaladas na Savassi. A atitude deveria ser repetida em metro, ônibus e na direção de um carro pelos gargalos da Cidade.

O Prefeito de BH montou em sua bike neste sábado dia 3/9 ao lado de populares e pedalou pela Savassi na inauguração de mais uma ciclovia que pretende incentivar o uso seguro da bicicleta como alternativa de transporte. A iniciativa merece aplauso e sugere que o político faça o mesmo em ônibus, metro e na direção de um carro, de preferência sem assessores, entre 17 e 20H de um dia comum, em pontos diversos da cidade, não só no seu caminho de casa ou do Aeroporto. Quem sabe assim ele compreenda melhor o drama dos cidadãos que usam esses serviços e possa sentir na pele o que é deslocar por BH nos horários que a maioria das pessoas necessitam.

 

Sugiro também que ele conheça os mais de 150 gargalos que a Cidade tem, todos facilmente detectados por quem usa carro ou transporte coletivo. O gesto servirá também evitar gastos desnecessários com consultorias contratadas a peso de ouro para nos dizer o que já sabemos: A CIDADE PRECISA DE OBRAS e não são apenas 5 ou 20, mas 150. Grandes médias e a maioria de pequeno porte, capazes de dar fluidez ao tráfego. Embora o conjunto dessas obras demandem bilhões de reais, sendo todas impreteríveis, muitas podem ser feitas com recursos mais modestos, bastando que haja boa vontade, mudança de paradigma, um pouco de criatividade e humildade daqueles que arrepiam com a idéia, por questões ideológicas, pouco práticas.

 

Não adianta tentar tapar o “sol com a peneira”, só OBRAS darão a Cidade o que a Cidade precisa: FLUIDEZ. Vale lembrar que a realidade de BH é diferente de outras Capitais que inspiram os nossos “técnicos e urbanistas”, responsáveis por pensar a Cidade, além do próprio Prefeito. Os exemplos de Bogotá, Cidade do México, Seoul, ou mesmo Curitiba, contam com topografia e clima que incentivam o uso da bicicleta. Pedalar em BH é muito diferente do que nestas Cidades.

 

Se BH deseja realmente ter transporte coletivo de qualidade capaz de incentivar o motorista a deixar o carro em casa, o caminho ainda é o metro e a substituição das carrocerias de ônibus atuais por modelos mais salubres que contemplem conforto e acessibilidade. Falo de ar-condicionado e exaustão, pelo menos. (SEM QUE ISSO SIGNIFIQUE AUMENTO DE TARIFAS). Com efeito, com chuva ou calor, bike não resolve o problema da mobilidade urbana da Capital. Fica a sugestão para o Prefeito e seus assessores, especialmente os que são contra obras, mas não apresentam alternativas de transporte coletivo decente, como existe nos lugares onde eles costuma buscar inspiração…


José Aparecido Ribeiro

Consultor em Assuntos Urbanos e Transito

SOS Mobilidade Urbana

31 9953 7945

CRA MG 0094 94

One thought on “Parabéns ao Prefeito de BH pelas pedaladas na Savassi. A atitude deveria ser repetida em metro, ônibus e na direção de um carro pelos gargalos da Cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.