Passarelas no trajeto do BRT. Deputados e a BH Trans.

Um grupo de Deputados Estaduais deixaram seus gabinetes nesta quinta feira dia 31.05 e foram até a Av. Antonio Carlos pedir explicações sobre o que está acontecendo com as obras do BRT. É possível perceber nas declarações dos representantes da BHTrans, aos membros da Comissão de Defesa do Consumidor da ALMG, um descompasso entre o que se pede e o que a BH Trans apresenta como resposta e tem como foco.

Os Deputados pedem uma explicação sobre os 12 novos semáforos que serão instalados no corredor do BRT na Av. Antonio Carlos, para somar aos 38 que já existem, entre esta avenida e sua continuação na Av. Pedro I, até a linha verde, aumentando para 50 sinais no trajeto que tem 11Km de extensão.

Os parlamentares estão preocupados com a segurança e com a possivel falta de fluidez da via, que é importante corredor de ligação entre o centro e a região norte da cidade.

Já os técnicos da BH Trans respondem com foco apenas na segurança de quem vai usar os terminais e não na questão da fluidez. Acreditam cegamente na tese de que o BRT vai tirar carros das ruas e que todo mundo vai passar a utilizar o novo modal de transporte, deixando ruas livres só para o transporte coletivo.

O equivoco é do tamanho do problema e revela o descompasso entre o que se deseja e o que se pratica no dia a dia da cidade…

Lamentável assistir uma metrópole à mercê das teorias de meia duzia de "iluminados" que já provaram não dar conta de apresentar resultados convincentes para o trânsito.

Será isto culpa da governança de coalisão, que loteia cargos públicos estratégicos para atender partidos? Ou será falta de conhecimento do Prefeito dos reais problemas da cidade que ele governa? Um ou outro deveriam ser inaceitáveis em uma cidade do tamanho de BH.

José Aparecido Ribeiro

Consultor em Assuntos Urbanos

31 9953 7945

CRA MG 0094 94

Enviado pelo meu aparelho BlackBerry® da Vivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.