Paulo Naves, como eu, ficou decepcionado com o modelo eleitoral…

Paulo Naves

 

Vc foi um guerreiro, lutou e merecia reconhecimento. No entanto, o modelo eleitoral brasileiro está falido, apodreceu, cheira mal. Não é para o cidadãos de bem, ele serve aos que podem comprar mandatos, aos que fazem o jogo sujo dos partidos e do submundo do voto. Para os que tem cara de pau, com raríssimas e honrosas exceções.

Os desonestos tomaram conta do jogo político. Eleições não são ganhas, são compradas. Você não precisa disso, e não vai deixar de fazer a sua parte por que não ganhou uma eleição em uma democracia infantil, capenga como a nossa. Continue firme, acreditando nos seu talentos altruitas e lutando como sempre fez. Confiamos em vc e queremos te ver de cabeça erguida.

Segue o meu desabafo quando fui candidato e senti o que vc está sentindo neste momento. Se achar oportuno, use para transformar a sua decepção e indignação em palavras,  isso ajuda a apaziguar o espírito.

 

Um abraço e parabéns por tentar.

José Aparecido Ribeiro

 

Prezados Amigos que me confiaram o seu voto.

 

Hoje eu consegui perceber claramente o que os meus amigos César Viana e João Carlos Amaral me falaram lá no início da minha caminhada sobre as dificuldades de conseguir pelo menos 1000 votos. Percebi também a enorme diferença entre as aparências e a realidade. Me sinto ingênuo e desprovido de parâmetros, como nunca antes na minha vida.  Conheci, andando pelo centro de BH, pessoas de todos os tipos e classes, percebi nelas que as ações políticas  que precisamos para melhorar a vida do povo, estão longe de ser alcançadas com as pessoas que ocuparão as 41 cadeiras do parlamento da Cidade. Minha votação foi 5 vezes menor (1.660 votos) do que o mínimo que eu esperava obter.

 

Meu orgulho está dilacerado, ainda mais porque tenho uma característica forte na minha personalidade que chama-se autocrítica, e porque eu sei que trabalhei muito na campanha e fiz a minha parte. Com parcos recursos e praticamente sozinho. Minha alma chora de vergonha de mim mesmo por não ter representado nas urnas um mínimo aceitável para o meu conceito e para os padrões mínimos de qualquer partido. Desde o início eu sabia que tinha pouquíssimas chances por vários fatores, mas sempre acreditei que teria uma votação satisfatória e quiçá vitoriosa por ser um idealista. Fui ingênuo, me enganei… O mote da minha campanha foi bem aceito e de cada 100 pessoas que pegaram os meus santinhos falando da BH Trans ou do martírio que são os ônibus de BH com 44 graus a bordo, o transito caótico e a falta de atitudes, 90 repetiam a mesma frase: "Eu também cansei da BH Trans".

 

Estou triste, mas de cabeça erguida por saber que fiz tudo o que estava ao meu alcance. Respeitei as Leis e não imaginava que a Justiça Eleitoral fosse apenas uma "fachada", omissa e ausente. Todos que desrespeitaram a Lei, foram eleitos… Abalado ainda estou, pois não esperava tamanha ingratidão das urnas, mas levo esse tapa na cara como aprendizado e minha batalha não morrerá aqui por conta desse resultado. Nunca precisei de ocupar uma cargo público para brigar por aquilo que acredito, e peço a Deus para não me deixar desanimar diante de tanta frustração. Vou encarar essa pancada como um treinamento da vida, onde se aprende mais do que se perde.

 

Ainda sou Partido Verde e se não poderei defender meus ideais dentro da Câmara, farei do lado de fora. Agradeço de coração os 6 amigos que contribuíram para a minha campanha, e especialmente as 1.660 pessoas que votaram em mim, eu não as decepcionarei se um dia ocupar um cargo público, pois sou um idealista e a Filosofia me ensinou um modelo de política que a maioria das pessoas ainda não conheceram, aquela baseada no Amor pela causa pública, pela doação e o único caminho para realização plena do homem.  Sou um discípulo de Platão, que nasceu em um País de talentos individuais, mas de fracassados coletivamente. Precisamos mudar esta lógica o quanto antes. Continuarei lutando e acreditando na boa política como meio de libertação do povo, mesmo que o povo não mereça o meu esforço.

 

Obrigado aos que confiaram em mim!

José Aparecido Ribeiro

Administrador, Consultor 

Estudioso dos Assuntos da Cidade

Candidato a Vereador em BH pelo Partido Verde

31-9953-7945 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.