Ponto de ônibus em local inadequado no Boulevard Arrudas já está causando confusão no transito…

A continuidade do “Boulevard Arrudas” tinha como objetivo melhorar a fluidez do trafego na Região do Barro Preto, pela Av. Contorno entre a Rua Mato Grosso, passando por baixo do Elevado Castelo Branco até a Av. Barbacena. Este trecho recebe fluxo intenso de veículos provenientes das Avenidas Cristiano Machado, Antonio Carlos e de toda a Região Central, no sentido  Região Oeste, Via Expressa e Contagem.

 

A etapa, que tampou o Rio Arrudas até a Av. Barbacena, nasceu com falhas estruturais, uma vez que permitiu a continuidade de 5 semáforos que deveriam ter sido eliminados. O correto nestas 5 intercessões seria a construção de elevados a exemplo do que foi feito no viaduto 3 da Lagoinha, ligando a Pedro II àquele complexo, capazes de eliminar os gargalos.

 

Esses Elevados (viadutos), seriam úteis para permitir fluidez permanente ao transito, em especial para quem vem da Av. Amazonas, pela Rua Araguari ou da Via Expressa, no sentido Norte, e no sentido contrário pela Rua Paracatu, cuja a tarefa é receber o trafego proveniente das Avenidas Cristiano Machado e Antonio Carlos, fazendo a ligação com a Av. Amazonas. Não se sabe por qual razão os elevados foram preteridos e os gargalos permanecem "imexíveis" causando retenções INADIMISSÍVEIS.

 

Contudo para piorar o que já estava ruim, as 6 pistas estreitam e viraram 3 na intercessão com Rua Paracatu, deixando apenas duas pistas para quem vai para Contagem ou para a Região Oeste da Cidade. Pasmem, mas exatamente neste gargalo a BH Trans acaba de instalar dois abrigos para passageiros de ônibus, afunilando ainda mais o trafego para quem está no Boulevard em direção a Via Expressa, que não é expressa, diga-se de passagem.

 

Com o embarque e desembarque de várias linhas no local, sobraram, das 6 pistas, sendo apenas duas para o trafego de veículos pequenos, já que a pista da direita será exclusiva para ônibus. Nos parece evidente que os abrigos ali irão trazer mais prejuízos do que benefícios, aumentando ainda mais o caos.

 

Os abrigos foram instaladas neste final de semana e ainda há tempo de corrigir o equivoco. Para isso a sugestão é que prevaleçam as 3 pistas livres e que os abrigos sejam recolocados logo à frente, onde o Boulervard ganha 6 pista novamente, evitando assim os engarrafamentos que são freqüentes naquele local em virtude do volume de veículos qualquer hora do dia. Com boa vontade e um pouco de humildade, "da pra fazer" ainda… Fica a dica.

José Aparecido Ribeiro

Consultor em Assuntos Urbanos e Transito.

ONG SOS Mobilidade Urbana

CRA MG 0094 94

31 9953 7945

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.