Solução pata deter os pichadores é bastante simples

Os viadutos de Belo Horizonte, que foram pintados a menos de 1 ano pela Prefeitura e pelo Estado, no caso da Linha Verde e Av. Cristiano Machado, estão todos emporcalhados com as patacas dos pichadores. Estamos jogando dinheiro fora e os delinqüentes, filinhos de papai, complicadinhos e mal educados continuam agindo, sem que nada aconteça com eles. A questão é bem simples de ser resolvida. É preciso que se faça antes, uma pergunta objetiva: Por que existem pichadores? A resposta também é bastante objetiva: Pela mesma razão que existem todas as contravenções na sociedade e na política brasileira, ou seja, impunidade.

 

Contudo, tal contravenção resolve-se com um remédio simples e bastante eficaz: Um boa sova , para os que são do meu tempo, conhecida também como surra corretiva, aplicada com varas de marmelo, espada de são jorge ou coisa parecida. Os defensores da marginalidade e da conversa que não resolve nada precisam saber que estes tipos existem por que no tempo certo uma boa sova não foi dada. Foram poupados pelos pais e hoje a sociedade paga o pato. Mas sempre há tempo e a vara de marmelo, como as que eram usadas quando se vazia uma "arte" em tempos não tão remotos é o caminho. Eu mesmo fui vítima de umas varadas eventuais e não fiquei revoltado.

 

Tal pedagogia, ao contrário do que defende alguns terapeutas e os adeptos do diálogo inútil, funcionava e funciona até hoje, e deveria ser adotada pelos pais que perderam o controle de seus filhos. CORO nos pichadores e multas pesadas para os pais que permitem que seus filhos saiam por aí pintando muros alheios, emporcalhando a Cidade. Antes que os defensores da “Lei da Palmada” protestem, o CORO pode e deve ser dado pelos próprios pais, mas em praça pública, e em seguida os pichadores devem ser obrigados, sozinhos, a limpar suas patacas, sem choro nem vela. Tenho certeza que a cidade ficará limpinha e os pichadores pensarão duas vezes antes de agir contra o patrimônio público ou locais que não lhes pertencem.

 

José Aparecido Ribeiro

Consultor em Assuntos Urbanos

Belo Horizonte – MG

CRA-MG 0094/94

9953-7945

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.