A 33a Live Comunica Médicos pela Vida vai debater o retorno das máscaras, e seus efeitos nocivos na saúde

A quem elas interessam e o que significa o uso indiscriminado de máscaras faciais, seus efeitos deletérios na saúde física e mental das pessoas, em especial das crianças

A 33ª Live Comunica Médicos pela Vida vai debater o retorno de um dos maiores símbolos da pandemia, as máscaras faciais. Por dois anos elas ajudaram no controle da população, destacando os que aderiram as determinações do OMS e de governos, dos que desconfiavam da sua eficiência contra o vírus. Quem não se sujeitou a elas, foi taxado de negacionista e teve sua livre circulação comprometida.

No entanto, há mais estudos comprovando a sua ineficácia do que aqueles que mostram sua eficiência. A pandemia da Covid-19 segue cercada de mistérios e interesses inconfessáveis, e os adornos faciais se transformaram em uma espécie de marca registrada do poder estatal sobre as liberdades individuais.

Embora os efeitos nocivos das máscaras sejam superiores aos benefícios, milhões de pessoas continuam usando elas ao ar livre, dentro de veículos fechados com ar condicionado ligados e em locais onde elas prejudicam muito mais do que ajudam na promoção da saúde, contribuindo para “hipoxia” e “anoxia”, cujo resultado é diminuição das defesas do organismo.

A quem interessa a volta das máscaras? Pergunta que será feita para quatro médicos experientes que estarão na bancada da 33ª Live Comunica Médicos pela Vida. Saiba os efeitos nocivos do uso indiscriminado dos adornos faciais na saúde física e mental, em especial nas crianças.

Currículos dos convidados:

Dr. Mauro Reis Junior, médico neurocirurgião de urgências há 28 anos, formado pela Universidade Federal de Minas Gerais. Pós-graduação em neurocirurgia, mestrado em NEURO-radiologia pela universidade Louis Pasteur de Strasbourg. Atuou como neuro-radiologista em Londres. Estudou Neurocirurgia vascular com Dr Spetzler em Phoenix no Arizona-USA. Em Paris, atuou no Hospital Lariboisiere com professor Merland e na Fondation Rothschild estagiou com o professor Jacques Moret. Fala inglês, português, francês e alemão.

Dr. Mauro atua na linha de frente do Hospital Odilon Behrens que é um dos maiores centros de atendimento de Covid do mundo. Hospital e a UPA-Odilon recebem pacientes de Covid da grande BH (metrópole com 36 municípios e área de abrangência com contingente populacional de seis milhões de pessoas). O médico atua como chefe do plantão deste que é o segundo maior pronto socorro de MG. Já atuo como neurocirurgião no Hospital Mater Dei em Belo Horizonte e em outras capitais do país.

Dr. João Jackson Duarte possui doutorado em cardiologia e cirurgia cardiovascular pela Fundação Cardiovascular São Francisco de Asssis. Atualmente é cirurgião no Hospital Universitário da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Chefe do Serviço de Cirurgia cardiovascular do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Maria Pedrossian. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cirurgia Cardiovascular, atuando principalmente em: insuficiência cardíaca, experimental, miocardiopatia, pós operatório de cirurgia cardiovascular e tratamento endovascular das patologias da aorta.

Dr. Djalma Marques é médico graduado pela Universidade Federal de Pernambuco em 1978. Mestrado em Fisiopatologia Médica e PhD em Medicina e Cirurgia pela Universidade de Barcelona. Professor em Universidades Brasileiras e estrangeiras:  Universidade de Cádiz, Espanha,  Institut de Fisiologia i Medicina del Art, Catalunha; Universidade do Arizona, EUA.

Foi Pesquisador da Fundação Osvaldo Cruz. Consultor AD HOC do Programa Iberoamericano de Ciência y Tecnología para el Desarrollo (CYTED). Pesquisador na área de Biotecnologia, coordenando estudos a respeito da utilização de probióticos e produtos naturais, para promoção da saúde. O Dr. Djalma possui formação em Belas Artes, especialidade Violão Clássico pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Pernambuco. Desenvolvedor do Programa de Reeducação Psicomotora para Músicos – PRPM, utilizado em várias Universidades europeias. Desde 2020 dedica-se exclusivamente ao estudo e tratamento da Covid.

Dr. Jandir de Oliveira Loureiro Junior é formado pela Universidade Federal Fluminense, concursado na rede municipal do SUS – RJ, Pós graduado em Radiologia e Diagnóstico por Imagem e Medicina do Trabalho no Hospital Santa Casa do RJ  e RQE em ultrassonografia – Emergencista do Polo Gripal de Silva Jardim, município que mantém um dos menores índices de letalidade por Covid em todo o estado do Rio, ocupando o 7º lugar no ranking de menores taxas. E Coordenador das Lives Comunica Médicos pela Vida.

Acesso à Live nesta terça-feira (7) às 20h30

HTTPS://medicospelavidacovid19.com.br/live/

HTTPS://gettr.com/user/medicospelavida

José Aparecido Ribeiro é jornalista e Assessor de Comunicação do MPV

www.medicospelavidacovid19.com.br

Estão abertas as inscrições para:

2º Congresso Mundial World Council for Heath Médicos Pela Vida – Covid-19: Quadro Atual

Data: 30 junho, 01, 02 e 03 de Julho de 2022 – Foz do Iguaçu – PR – Dois dias para médicos e estudantes de medicina e 1 dia livre para pessoas interessadas no tema.

Mais de 150 estudos e artigos comparativos sobre a (1)

4 thoughts on “A 33a Live Comunica Médicos pela Vida vai debater o retorno das máscaras, e seus efeitos nocivos na saúde

  1. Gostaria de deixar 3 perguntas para essa live.
    Quais as doenças que já saíram de laboratórios, exemplos Aids e Covid?
    O que se tem feito para biossegurança em laboratórios?
    O que significa para os médicos o novo marco de saneamento básico?

  2. Acho que será preciso outro grito de INDEPENDÊNCIA ou MORTE, só que MUNDIAL. Quem será esse HERÓI?
    Quem poderá nos defender?

  3. O consórcio dos laboratórios com os illuminatis, incluindo Bill Gates e George Soros com o maior organização comunista do mundo a ONU seguem a sua trilha criminosa pelo poder e o enriquecimento em cima da população mundial.
    A palavra dó e misericórdia não existe no dicionário desses consórcios.
    É seguindo a hierarquia como se fosse uma escada na parte debaixo governadores, políticos e STF continuam o apoio pois a verdade é uma só a Corrupção.
    Deus tenha miséricordia do povo.
    Bolsonaro neles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.