Aeroporto Internacional de BH espera mais de 800 mil passageiros para janeiro de 2022

Embora a mídia siga tentando manter a população sob o domínio do medo, o Aeroporto Internacional de BH espera para janeiro de 2022 mais de 800 mil passageiros

Foto: Divulgação BH Airport

Com aumento de 22,37% em relação a janeiro de 2021 o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte espera receber mais de 800 mil passageiros só no mês de janeiro de 2022. A movimentação no Aeroporto deve-se a uma somatória de fatos, além do arrefecimento da pandemia que dá sinais de exaustão, apesar de novas cepas e de todo o massacre da mídia na tentativa de prolongar o “fica em casa e economia a gente vê depois”.

O fato é que ninguém aguenta mais tanta desinformação e tentativa frustrada de manter o povo sob o domínio do medo. Enquanto isso as equipes da BH Airport Concessionária do Aeroporto, trabalham para arruma a casa e fazer do aeródromo um dos mais bem estruturados do Brasil e do mundo. Isso inclui prêmios internacionais de responsabilidade social e ambiental que fizeram o nome do Aeroporto Internacional de BH aparecer dentro e fora do Brasil.

O interesse das companhias aéreas cresceu de um mês para o outro 2%. Parece pouco em termos percentuais, mas quando trata-se de chegadas e partidas em um Aeroporto Internacional, os números absolutos mostram que a BH Airport está no caminho certo e tem trabalhado para fomentar a movimentação de passageiros, cargas e eventos no sítio aeroportuário.

Tudo isso em sintonia com a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo – Secult-MG, que está fazendo uma revolução no turismo mineiro.

Foto: Divulgação BH Airport

Atualmente são 7,4 mil operações mês. Embora os efeitos da pandemia tenham sido devastadores em muitos setores da economia, a movimentação no Aeroporto não para, e segue com tendência de crescimento significativo. Há um clima de otimismo entre os colaboradores da BH Airport com o anúncio de mais destinos sendo comercializados. De acordo com Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport, atualmente são 45 destinos em operação e 49 sendo comercializados já para março de 2022.

Dentre os quatro novos destinos um é para Londrina, pela Azul Linhas Aéreas com seis voos semanais. De acordo com o executivo, são esperados voos para Miami e Nova Iorque, com operações sendo feitas pela Eastern Airlines. Clayton ressalta ainda a ampliação da oferta de voos. “A Latam, por exemplo, ampliou a oferta de quatro voos com destinos a Vitória e Curitiba. Todos já sendo comercializados. Mais um sinal de que a aviação está em retomada crescente”, relata com entusiasmo o profissional que se orgulha de fazer parte da equipe comandada por Kleber Meira.

Os voos em operação incluem os seguintes destinos: Aracaju (SE), Belém (PA), Barreiras (BA), Brasília (DF), Cabo Frio (RJ), Campinas (SP), Carajás (PA), Comandatuba (BA), Congonhas (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Galeão (RJ), Guanambi (BA), Guarulhos (SP), Governador Valadares (MG), Goiânia (GO), Ilhéus (BA), Ipatinga (MG), Imperatriz (MA), Jericoacoara (CE), João Pessoa (PB), Marabá (PA), Maceió (AL), Montes Claros (MG), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA), Porto Velho (RO), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Salvador (BA), Santarém (PA), Santos Dumont (RJ), São José do Rio Preto (SP), São Luís (MA), Teixeira de Freitas (BA), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Vitória (ES), Vitória da Conquista (BA).

A BH Airport segue cumprindo os protocolos exigidos pelas autoridades

Foto: Divulgação BH Airport – Kleber Meira CEO

Independente de vacinação em massa a BH Airport segue cumprindo todos os protocolos amplamente divulgados e repetidos exaustivamente para garantir a segurança dos passageiros, trabalhadores e visitantes que circulam pelo aeródromo.  Recentemente, com apoio do exército, uma equipe foi capacitada para atuar na descontaminação e higienização de áreas de grande circulação.

Entre as demais medidas já adotadas para o combate à disseminação do vírus, também foi reforçada a limpeza e desinfecção das áreas comuns de todo o aeroporto, especialmente dos banheiros. Em todos os toilettes não é necessário contato com maçanetas e nem com objetos como saboneteiras, toalhas de papel, tudo é feito automaticamente. Recentemente a BH Airport disponibilizou carrinhos elétricos para o transporte de passageiros dentro da sala de embarque.

Foto: Divulgação – Carrinho elétrico recentemente disponibilizado na sala de embarque

Para quem chega de voos procedentes de outros países, é obrigatório a apresentação do teste PCR. O exame precisa ter sido feito com até 72 horas no país de origem. Também deve ser apresentada declaração de Saúde do Viajante (DSV) preenchida com a concordância sobre as medidas sanitárias previstas para serem cumpridas durante o período de estada no Brasil.

Além disso o passageiro é recebidos no desembarque pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), que identifica se ele apresenta algum sintoma da doença, encaminhando para atendimento médico, caso seja necessário

José Aparecido Ribeiro é jornalista e presidente da Abrajet-MG

www.zeaparecido.com.br – WhatsApp: 31-99953-7945 – jaribeirobh@gmail.com

Você pode colaborar com a manutenção do Blog se gostar do trabalho deste jornalista: Doando qualquer quantia pelo pix, anunciando ou simplesmente compartilhando o conteúdo: pix para doações: 510.338.526-00!

7 thoughts on “Aeroporto Internacional de BH espera mais de 800 mil passageiros para janeiro de 2022

  1. Realmente as mudanças no aeroporto internacional são perceptíveis. De tudo que aconteceu, esses carrinhos elétricos foi uma das melhores coisas que ocorreram. Tenho limitações para andar grandes distancias, e quando o portão de embarque é na ponta do aeroporto, sofria para deslocar. Parabéns a BH Airport.

  2. Sinto orgulho de ser mineiro quando desço em Confins. Se as avenidas Cristiano Machado e Antonio Carlos/Pedro I tivessem menos sinais, não tenho dúvidas de que as reclamações de organizadores de eventos e executivos de empresas que deixam de fazer evento na cidade por causa do tempo de deslocamento, acabaria, e a cidade ganharia. Passou da hora da prefeitura de BH deixar de ser omissa e fazer o dever de casa. Não é possível que o prefeito não perceba o mal que a falta de estrutura de mobilidade faz para a BH. Lembro que a vocação da cidade é turismo de negócios e eventos. Edi Oliveira

  3. O país precisa crescer e um dos caminhos para a percepção do seu crescimento estão na entrada e saída de viajantes tanto dentro como fora do país. A BH AirPort está no caminho certo. E viva a mobilidade do Brasil mesmo diante a tanto negacionismo.

  4. Clima de terror vai ter se a esquerda assumir o governo.
    Vão controlar tudo até a hora de vc ir no banheiro.
    E ainda tem idiota apoiando esses comunistas, bandidos e povo sem Deus.
    A palavra dó não existe pra eles.
    Só pensam no poder e na escravidão.
    2022 ano de confirmar Bolsonaro, a nossa única esperança.

  5. Me lembro quando eu tinha vergonha de descer em Confins e enfrentar o deslocamento até BH. Hoje sinto orgulho do aeroporto que temos. Só falta a prefeitura fazer as obras para dar fluidez ao trânsito. Espero estar viva para comemorar isso
    Zuleide Veiga – BH

  6. Parabéns a BH Airport por não entrar no clima de pessimismo desta mídia desorientada. Eles parecem gostar de notícia ruim. E o pior que tem gente que ainda senta da frente da TV ou do rádio pare ver e ouvir desgraça. Inocentemente…
    Deise Fialho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.