Almirante Rocha recebe a Ordem de Rio Branco no grau de Grã-Cruz

 

Foto: Agência Brasil

O Almirante de Esquadra Flávio Augusto Viana Rocha, Secretário Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, foi admitido no Quadro Suplementar da Ordem de Rio Branco, no grau de Grã-Cruz.

A Ordem de Rio Branco, assim intitulada em homenagem ao Patrono da diplomacia brasileira – o Barão do Rio Branco -, consta de 5 graus, a saber: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro, além de uma Medalha anexa à Ordem.

A Ordem de Rio Branco foi instituída pelo então Presidente da República, João Goulart, pelo Decreto n° 51.697, de 5 de fevereiro de 1963. Posteriormente, os Decretos n° 66.434, de 10 de abril de 1970, e n° 73.876, de 29 de março de 1974, alteraram, consecutivamente, o regulamento da Ordem.

É destinada a galardão os que, por qualquer motivo ou benemerência, se tenham tornado merecedores do reconhecimento do Governo Brasileiro, servindo para estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção, bem como para distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas. Pode ser conferida a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras.

Além dos graus mencionados acima, é conferida uma Insígnia da Ordem às corporações militares ou às instituições civis, as quais será aposta em suas bandeiras ou estandartes, sem atribuição de graus.

A Cerimônia de imposição de insígnias ocorreu em Brasília nesta quinta-feira (22) em cerimônia de Formatura dos alunos do Instituto Rio Branco, evento que teve a presença do Presidente Jair Bolsonaro.

Outros agraciados com a Ordem Grã-Cruz

Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal;
Eduardo Pazuello, Ministro de Estado da Saúde;
Luiz Eduardo Ramos Pereira, Ministro de Estado-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República;
Almirante-de-Esquadra Renato Rodrigues de Aguiar Freire, Diretor-Geral do Pessoal da Marinha;
Almirante-de-Esquadra Mauro Sampaio Olsen, Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha;
Almirante-de-Esquadra Marcelo Francisco Campos, Diretor-Geral de Navegação;
Almirante-de-Esquadra José Augusto Vieira da Cunha de Menezes, Diretor-Geral de Material da Marinha;

Grau Comendador:
Antonio Barra Torres, Diretor-Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária;

Grau Oficial:
Capitão de Mar e Guerra Marcos André Silva Araújo, Diretor-Geral do Pessoal da Marinha;
Capitão-de-Corveta Jonathas Diniz Vieira Coelho, Ajudante de Ordens do Presidente da República;
Capitão-de-Corveta Marcelo da Silva Vieira, Diretor da Diretoria de Documentação Histórica da Presidência da República.

O Almirante que Bolsonaro ouve

Rochinha como é chamado pelos íntimos, é cotato para assumir a Secretaria Geral da Presidência nós próximos meses. Figura simpática acessível, reconhecidamente tem feito trabalho político de grande relevância para o governo Bolsonaro.

Além de temperamento equilibrado, o militar da Marinha do Brasil tem um currículo de fazer inveja, é poliglota e possui uma inteligência emocional que o habilita transitar com desenvoltura nos três poderes da República.

Teve papel decisivo na instalação da Capitanias dos Portos de Minas Gerais em dezembro de 2018 e sempre que pode visita Belo Horizonte, onde tem boas amizades.

O endereço preferido do simpático Almirante na capital mineira é a Confraria do Fogão a Lenha do Roberto Gontijo, sempre na companhia de SOAMARINOS – Sociedade Amigos da Marinha de BH, cujo presidente é o Professor Paulo Roberto Cardoso.

José Aparecido Ribeiro é Jornalista em Belo Horizonte.

jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-999537945

2 thoughts on “Almirante Rocha recebe a Ordem de Rio Branco no grau de Grã-Cruz

  1. Meu amigo pelo que entendo desta medalha ela se refere ao reconhecimento às pessoas com virtudes cívicas e políticas, sendo agraciadas pelo mérito, bem diante desse prisma reconhecemos o grande valor do Almirante Flávio Rocha, onde seria da nossa parte pouco qualquer adjetivo para justificar a medalha.
    Por outro lado, nos envergonha outros nomes que receberam tais honrarias.
    Misturar o joio com o trigo é difícil.
    Para o Almirante é como nivelar por baixo.
    Mas um dia isso vai mudar.
    Parabéns Almirante.

  2. Coisa boa vermos gente de respeito recebendo honra. Isso dá a todos , além de orgulho, esperanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.