Copasa abre buraco, Prefeitura fecha e quem paga a conta é o povo de BH

Foto: Funcionários da Sudecap tapando buraco feito pela Copasa no Luxemburgo. 10h30 de 07/01

Ontem fiz matéria no blog mostrando o serviço de recapeamento mal feito que empreiteiros da Copasa fizeram na rua Perdigão Malheiros, próximo a Praça José Cavalini no bairro Luxemburgo. Hoje pela manha, por volta de 10h a Sudecap esteve no local e realizou serviço de tapa buraco, conforme pode se ver nas fotos tiradas às 10h30.

Aparentemente não há nada errado, desde que a conta do serviço de recapeamento feito pela Prefeitura vá para a Copasa e não para o bolso do contribuinte. Solicitei e espero resposta da Sudecap a respeito do custo desta intervenção e se ele será reembolsado aos cofres da Prefeitura de Belo Horizonte.

Há pouco mais de duas semanas, na véspera do natal, a Copasa fez manutenção na sua rede subterrânea. No dia o trânsito foi interrompido obrigando motoristas que trafegavam na região descobrirem uma rota que desse acesso ao Luxemburgo por conta própria. Não havia no local qualquer sinalização que indicasse obras, tampouco a presença de agentes da BHTrans.

Foto: Rua Perdigão Malheiros – Luxemburgo – foto tirada ontem 06/01 às 14h

O serviço levou dois dias para ficar pronto, mas a cobertura definitiva com massa asfáltica só chegou depois de uma semana. Chegou e foi logo arrancada pela enxurrada das chuvas dos últimos dias (fotos acima). Serviço mal feito que foi denunciado ontem aqui no blog e que teve resposta imediata da Sudecap. O que se espera é que a responsabilidade da Copasa no fechamento adequado da vala não seja transferida para a PBH.

jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945

3 thoughts on “Copasa abre buraco, Prefeitura fecha e quem paga a conta é o povo de BH

  1. Suas denúncias deveriam tirar o sono dos responsáveis mas infelizmente sabemos que são Irresponsáveis. A copasa devia fazer barba, cabelo e bigode entregar a obra com início, meio e fim. Depois vem a prefeitura fazendo o tapa buracos daquele jeito tipo remendo e haja ondulações nas ruas realmente terra de ninguém.

  2. Não dá para acreditar em tamanho desprezo pela população e pelo dinheiro do povo!
    Ainda bem que temos jornalistas atentos como vocêpara denunciar estes abusos!!Indignante!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.