COVARDIA: Desembargadora derruba decisão de Juiz e lockdown segue fazendo vítimas em BH

 

Quem decide se a população com boa saúde e pouco risco de contaminação pelo Coronavírus pode ou não trabalhar tem emprego garantido, altos salários e trabalham de casa.

Foto: Acervo PBH – Comitê de Gestão do Covid

Na tarde da última quarta-feira (20) enquanto eu entrevistava o Deputado Estadual Bruno Engler, que prefere não citar partido, autor da Ação Popular que derrubou o Decreto do Prefeito Alexandre Kalil (PSD) que sustenta o terceiro lockdown do comércio de BH, a Desembargadora do TJMG Áurea Maria Brasil Santos Perez, por sua vez, derrubava a decisão do Juiz de primeira instância Wauner Batista que, em tutela de urgência, determinava a reabertura do comércio da capital na primeira hora da próxima sexta-feira (29). A justiça de primeira instância é a favor do trabalho para quem pode, e a de segunda, contra.

Em seu despacho a desembargadora se sustenta na afirmação da defesa do Prefeito Alexandre Kalil de que a capital vive a pior fase da epidemia e que ele, o prefeito, tem competência para decretar o fechamento. A desembargadora relata que “lado outro, periculum in mora é manifestamente inverso, na presente espécie na medida em que aglomeração e a redução de isolamento social provocado pela reabertura do comércio poderia causar um aumento ainda maior dos casos de Covid no município, que vive, atualmente, a pior fase da pandemia”, despacha sem se lembrar de que a cidade ficou fechada 150 dias, ao que parece, inutilmente para a saúde, mas sendo confirmadamente uma catástrofe para economia que também mata.

Foto: Acervo Internet

A magistrada não considerou as outras vezes que a mesma ladainha foi utilizada pelo prefeito e seu grupo desde abril de 2020. Eles vem repetindo que a pior fase é a que estava sendo vivida e que o pico seria no próximo mês. De certo também não deve ter sido informada que foram retirados do sistema de saúde do município por ordem do prefeito 187 leitos de UTI, que se estivessem funcionando, manteriam a taxa de ocupação em 50%.

Sua Excelência desconhece que em nenhum lugar do mundo a ciência comprovou a eficácia do lockdown, ao contrário, há relatos de contaminação ainda maiores.

Tampouco deve ter consciência que pesadelo maior está sendo gestado na medida em que milhares de trabalhadores correm risco de morrer de fome por falta do trabalho que lhes provê sustento. Desconsidera também a possibilidade de manipulação propositada dos números, embora esteja comprovado o viés ideológico de todos os membros do Comitê do Covid, professores da Faculdade de Medicina da UFMG, ativistas e militantes de partidos determinados a prejudicar a imagem do governo federal.

Dois deles inclusive, levam no sobrenome a confirmação do compromisso político que por si só os descredenciariam para estar à frente do assunto: Unaí LULA Tupinambás e Carla LULA Anunciatta, a última presidente do Conselho Municipal de Saúde.

Cobrança de leitores que provocaram manifestação

Foto: Jacqueline Bacha – Fachada da Loja do Barbeiro anunciando demissões há 4 dias

Optei por não comunicar essa decisão para os meus leitores, poupando eles do sentimento que tal medida judicial provoca em quem precisa e não pode trabalhar. Mas como meu celular acompanha todas as minhas postagens, ao contrário das estrelas do jornalismo local que costumam esconder de leitores para não serem “incomodados”, e considerando o expressivo número de manifestos que me cobraram posicionamento, resolvi acatar considerando a intervenção do leitor Manoel de Souza Barroso.

Manoel, que é casado, tem dois filhos em idade escolar e perdeu o emprego de fiscal de loja na Rua Tamoios no centro da Capital, tinha uma remuneração mensal de R$1,7 mil. Com ele outros 15 colegas na mesma empresa, a maioria chefes de família, estão desempregados e sem perspectivas de recolocação, agora vivendo de seguro desemprego. A objetividade e firmeza dos questionamentos dele me fizeram refletir pela razoabilidade das comparações.

Quem decide se o povo de BH pode ou não trabalhar ganha bem e tem emprego garantido

O leitor me perguntou se eu sabia o salário do prefeito Alexandre Kalil, dos médicos do Comitê do Covid, da desembargadora que derrubou a decisão do juiz e dos Âncoras de TV que sustentam o discurso da eficácia do lockdown, mesmo tendo a cidade se submetido ao mais longo que se tem noticia no mundo, deixando ela fechada por 150 dias, como já dito, inutilmente. Acho que compreendi o que Manoel quis-me dizer quando busquei no portal da transparência da prefeitura, UFMG e do TJMG os salários de quem decide por nós o fechamento da cidade, nos privando do sustento, com o argumento de que é para nos proteger.

Começando pela desembargadora do TJMG, que a exemplo da maioria deve, merecidamente morar em apartamento luxuoso na Zona Sul da capital, cujo metro quadrado custa em média R$10 mil ou em condomínio residencial de Nova Lima. Seu último salário liquido foi de R$53.396,12. Trabalhando do conforto do lar, com ou sem pandemia, com a vênia da magistrada, ela não perdeu um único centavo de sua renda, mantendo seu padrão de vida e status. Convido para circular de vidro fechado nas cercanias da Rodoviária da capital e constatar os resultados das ações do prefeito e do seu bando.

Foto: Acervo Internet – Prefeito Alexandre Kalil

Já o prefeito Alexandre Kalil que tem o maior salário de prefeitos das capitais brasileiras, recebeu R$31 mil reais para, a exemplo da desembargadora, exercer seu ofício do conforto do lar, em apartamento de luxo na Praça Marília de Dirceu, bairro de Lourdes, com 500 M2. Até 2024, salvo uma ocorrência improvável de Impeachment, seus salários e mordomias estarão garantidos. Diferente do leitor Manoel que não sabe o que será da sua vida nos próximos meses, sem trabalho e com renda ameaçada, vendo a sua família na eminencia de passar fome.

Os médicos que compõem o Comitê Gestor do Covid, indicados pela super-secretária de governo, a petista Maria Caldas, prefeita de fato da capital, ganham em média, como professores dedicados na Faculdade de Medicina da UFMG, a bagatela R$28 mil. Para atuarem no Comitê Gestor do Covid, recebem de suas instituições ajuda de custo para o serviço voluntário isentos de imposto de renda.

Já os Ancoras de TV que pedem insistentemente e diariamente em telejornais para a população ficar em casa, repetindo mantras do prefeito para justificar a necessidade de lockdown, muitos afastados da lógica por conveniência, são remunerados como estrelas do futebol, alguns com contratos que ultrapassam R$100 mil por mês. Os menos estrelados recebem em média R$20 mil para disseminar o terror, negando eficácia de tratamentos precoces do vírus e a tese de que a economia pode ser tratada depois, como se morrer de fome fosse menos grave do que morrer de Covid. Desta forma fica fácil pedir para o trabalhador para ficar em casa.

E assim a vida segue como deseja o Rei Kalil, com apoio da justiça e da mídia belo-horizontina.

José Aparecido Ribeiro é jornalista independente em Belo Horizonte

Contato:jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945 – www.zeaparecido.com.br

  • Este Blog não recebe verbas públicas para sua manutenção e aceita doações ou patrocínios. Ajude a mantê-lo doando ou anunciando se você gosta e confia no trabalho deste jornalista.

18 thoughts on “COVARDIA: Desembargadora derruba decisão de Juiz e lockdown segue fazendo vítimas em BH

  1. Muito fácil reclamar sentado na sala de suas casas. Vamos pra rua belorizontino. Enquanto o povo não for pra rua em massa, reinvindicar a abertura da cidade, esses politicos oportunistas farão de tudo para quebrar a cidade e desacreditar o governo federal.

  2. Lamentável o que está justiça injusta faz com as pessoas, volto a ladainha porque estes hipócritas não conseguem ver perigo dentro de um ônibus sardinha, dentro de um supermercado, dentro de padaria, de posto de gasolina, farmácia, banco e consegue ver perigo em um comércio que entra no máximo dez pessoas por dia? Muita falsidade vocês não são dignos de ocupar o cargo que ocupam. Insensíveis e incapazes de enxergar o sofrimento das pessoas, possuem um ego raso e nenhuma espiritualidade. Existe vida após a morte e vocês terão a justiça divina.

  3. Esses médicos incapazes, sustentam seus pareceres em qual comprovação científica da eficiência do lockdown? Da Argentina, de SP? O falta em vocês é hombridade e vergonha na cara.

  4. De onde vem a comprovação científica do lockdown? Da Argentina? De SP? O que falta em vocês é hombridade, vergonha na cara e ………

  5. É muito fácil tirar o emprego das pessoas qdo se ganha um salário desse, é um absurdo em um país onde as pessoas passam fome a pessoa ganhar um salário desse.
    Aproveitam bastante pq no final todos vcs vão prestar conta a Deus.
    E uma hora a conta chega.

  6. O que aconteceu já era esperado. Agora é recorrer e correr atrás das pessoas que amam a cidade e querem o seu bem.
    Parabéns pela reportagem José.

  7. Já que é pra fechar, porque a Prefeitura, a Justiça estão trabalhando.
    Essa Senhora deve ser uma pessoa que não sabe o que é pobreza.
    Uma pessoa que ganha 1500 reais por mês leva 3 anos pra receber o que ela recebeu em um mês.
    E que esses desempregados façam cartazes em frente a Prefeitura.
    O Prefeito Falil tem uma cara de Zumbi, sua ganância pelo poder, seguir os passos da imprensa de oposição ao governo conservador.
    Ele não tá pensando em ninguém.
    Os EUA tá caindo 20% a cada semana a pandemia, porque no Brasil tá aumentando.
    Com a vacina liberada porque tanto medo.
    É coisa por trás de tudo.
    Só Jesus.

    1. São os abutres da nossa cidade. Imprensa, pate do judiciário, e a quadrilha do kanalha. Estao levando o Belohorizontino a falência indivifual e as empresas a falência comércial. Ninguém toma atitudes contra esse bando. Os Rubinhos (comerciantes) dd Bhte so chegam atrasados nas decisões. E qso elas são tomadas vão lá beijar o pé do Kanil.

  8. Essa vagabunda não vale nada. Tá no esquema. Bolsonaro nela. Vamos acabar com essa palhaçada . Só tem corrupto nesse tribunal . Desobediência nacional Todo mundo trabalhando. Isso é um golpe sujo que temos que estancar nas ruas.

    1. Vc está EMBARGANDO (CONSERTO) a vida das pessoas que já tinham recebido o benefício da sentença a favor.
      Lembre-se: quem planta colhe.
      Vc é injusta, então vai colher injustiça.
      Ninguém segura esse vírus a não ser Deus. Porquê ? Ele é o criador dos céus e da terra e tudo que nela existe! !!!!
      Não durma tranquila Porque a consciência vem do CRIADOR.

  9. Parabéns pela reportagem. Continue fazendo o seu trabalho que o retorno virá. E esteja sempre ajudando o Bruno, o Nikolas e outros que trabalham para o bem. E, para esses que defendem tanto uma economia quebrada, não seria possível fazer uma campanha junto aos que dão suporte para que eles fiquem confortavelmente em casa? Delivery, motoboy, diaristas…( Esses não pegam COvid) . Por que não fazer com que esses donos do mundo trabalhem um pouco, para sentir o sufoco daqueles que ralam pra sobreviver, apesar dos déspotas empoderados? Fica a sugestão. Eles vão aprender o valor de um trabalho digno.

    1. Vc desembargadora, está é embarcando a vida de quem tem que ganhar o pão de cada dia. Enquanto o seu tá garantido. Tá é fazendo média para o SEU FUTURO.
      O mundo espiritual é violento e vc vai receber muitas maldições das pessoas que está prejudicando. Tem é que abrir leitos ou fazer hospital de campanha. Deus é O JUSTO JUIZ E ELE JULGARÁ VCS…

  10. Essa turma da justiça está toda recebendo uns “agrados” pra tamanha façanha. Pobre de nós na mão desses corruptos.

  11. Eu acho um absurdo o que esse insuportável desse prefeito de merda tem feito com BH a cidade lotada de mendigos debaixo dos viadutos, você vai ao supermercado e meu coração dói ao ver todos os o aumento de pedintes nos passeios. Ele é um arrogante, mentiroso e está sabotando os empresários e os trabalhadores porque deve está recebendo dinheiro da China. Esses políticos corruptos matam mais do que o vírus.

  12. É difícil comentar tamanha atrocidade, ora porque não fazem igual várias cidades que adotaram o tratamento precoce e preventivo estão fazendo? Como está sendo adotado em Porto Alegre, como foi aquela outra cidade do interior de São Paulo, onde o prefeito foi eleito com mais de 90% dos votos! Aí vem com aquela narrativa , que estes medicamentos que já existem a cerca de cem anos “não há comprovação científica “, então perguntem ao David Uip, como ele se curou, perguntem ao Covas, quais medicamentos ele tomou para se curar do vírus chinês. Isto fica claro que é mais politicagem de pilantras que querem a todo custo causar mais pânico a população, e desestabilizar o governo central. Mas o povo tem que se lembrar que o único que realmente fez e tem feito algo a favor do povo é o presidente! Não esqueçam que o STF, (Supremo Trambique Federal) tirou o poder dele em atuar nesta fraudemos! Outra coisa, cadê o hospital de campanha que fizeram no parque da gameleira? Alguém usou?

  13. Essa ordinária c certeza é da mesma laia desse prefeito d merda. Mulher canalha, suja como todos vcs são. Se escondem atrás d mesas e paus mandados q defendem a integridade suja e podre dessa corja nojenta q são vcs. Vcs são mais bandidos e vagabundos, doq os próprios bandidos. Merecem ir pro inferno seus malditos.

  14. Fácil demais defender o FIQUE EM CASA com o salário em dia e integral, ainda mais quando ele é um ótimo salário.

    Se o POVO não trabalhar, como pagarão os IMPOSTOS que são de onde saem os pagamentos desses funcionários públicos que deveriam trabalhar para o POVO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.