Dia internacional do turismo comemorado na cidade que é ícone de Minas Gerais, Ouro Preto

A data foi criada em 1980 pela Organização Mundial do Turismo e tem significado especial para toda comunidade de Ouro Preto

Foto: Placa alusiva ao Projeto Rede Integrada de Proteção ao Turista

O dia internacional do turismo foi comemorado na cidade que é ícone de Minas Gerais, Ouro Preto. A escolha não poderia ter sido mais feliz, pois a cidade além de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco inscrita em 1980, abriga uma das 10 igrejas mais visitadas do Brasil, a Matriz de Nossa Senhora do Pilar. Ela figura entre as 10 mais bonitas do país.

Em Ouro Preto fica também a melhor vila turística do mundo, São Bartolomeu, eleita pela Organização Mundial do Turismo (OMT) agência das Nações Unidas, no início deste mês de setembro/21. Recentemente o distrito de Lavras Novas recebeu o título de destino mais acolhedor do planeta, pela Trvavellers Review Awards e foi premiada pelo site de reservas Booking.com, colocando Minas Gerais na vitrine dos maiores plays do turismo mundial.

Minas são muitas, mas Ouro Preto sintetiza a história do estado mediterrâneo

Foto: Secretário Leônidas, deputada Greyce Elias, Secretario de turismo OP e A ex-deputada Maria Elvira

Minas são muitas, mas em nenhum outro endereço do estado que registrou entre os outros entes federativos o maior crescimento do setor de turismo, mais de 10% em apenas um ano, encontramos tantos atrativos capazes de encantar o turista brasileiro e estrangeiro como o que as Gerais tem de mais marcante, o acolhimento. Ouro Preto respira história, arquitetura, conhecimento, filosofia e, claro,  turismo.

Portanto, ao escolher a cidade como local para a comemoração do dia internacional do turismo, o secretário Leônidas Oliveira marca mais um gol de placa à frente da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo – Secult. “Ouro Preto é a síntese do turismo, e ao trazer para a cidade esta comemoração estamos apenas sendo justos com o título que ela carrega de Patrimônio Cultural da Humanidade, uma das cidades mais acolhedoras do nosso estado e do Brasil e eleita como a mais acolhedora do mundo”, relata o secretário que é avaliado como um dos melhores que já comandaram a pasta. Leônidas é doutor em Cultura Europeia na Espanha.

Lançado no dia do turismo o projeto Rede Integrada de Proteção ao Turista

Foto: Cerimônia na Casa de Thomaz Gonzaga

Em evento prestigiado as comemorações incluíram assinatura de convênio entre a Secult, a Polícia Militar e Prefeitura Municipal de Ouro Preto numa parceria inédita que garante implantação da “Rede Integrada de Proteção ao Turista”. De acordo com o prefeito Ângelo Oswaldo, o turismo é a segunda fonte de receitas para o município, perdendo apenas para a mineração: “somos talhados para o turismo, nossa história é marcada pela presença dos que chegam de fora, e é nosso dever receber bem e oferecer segurança para quem chega,por isso a importância deste convênio” disse o prefeito que já foi secretário de Cultura do Estado e é pós-doutor no tema cultura.

De acordo com o Comandante da Polícia Militar mais eficiente do Brasil, a PMMG, não é por acaso que Minas Gerais detém os menores índices de violência do país: “somos o destino mais seguro para turistas no Brasil, tratamos segurança pública não só com presença física e recursos materiais e humanos, que são importantíssimos, mas com inteligência e estratégia” relata o Cel Rodrigo Rodrigues. Ele disse que ao agir estrategicamente, a PM de Minas antecipa-se e promove a prevenção como arma contra a violência. O convênio visa dar segurança ao turista que visita Ouro Preto e cidades que compõem o sítio turístico da região.

Festividades incluíram assinatura de convenio e missa em Ação de Graça na Matriz do Pilar

Foto: Prefeito Angelo Oswaldo

As festividades começaram as 17h desta segunda-feira (27) com a presença do secretário estadual de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, o Prefeito da histórica Ouro Preto Ângelo Oswaldo, o Comandante da Policia Militar de Minas Gerais, Cel Rodrigo Sousa Rodrigues, a deputada federal Greyce Elias (Avante-MG), o deputado Estadual Mauro Tramonte (Republicanos), presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, e dezenas de autoridades que se reuniram na Casa de Tomaz Gonzaga no centro histórico da cidade ao som da Banda da PMMG.

Em seguida os convidados assistiram a uma missa de ação de graça na Matriz de Nossa Senhora do Pilar, uma das dez igrejas mais visitadas do Brasil, cujo pároco, Adilson Couto, deu um show sobre a importância do 42º dia mundial do turismo. A data foi criada em 1980 pela Organização Mundial do Turismo e tem significado especial para toda comunidade de Ouro Preto, de acordo com o Pároco: “A atividade tem importância social, cultural e econômica para Ouro Preto pois vivemos do turismo e deste intercambio que ele promove”, relata.

Foto: Missa em Ação de Graça na Matriz Nsra do Pilar de Ouro Preto

O patrimônio histórico guarda impresso no seu acervo cultural, arquitetônico, nas suas ladeiras, esquinas e casario, as tradições herdadas que continuam vivas e encantando turistas do mundo inteiro que visitam a cidade. Ouro Preto é parte importantíssima da memória nacional. Já foi a cidade mais populosa do mundo durante o ciclo do ouro entre o final do século XVII e meados do século XVIII. De Minas Gerais saiu o ouro que financiou a chamada Revolução Industrial na Inglaterra.

Ouro Preto guarda em suas ladeiras a história de Minas e do Brasil

Foto: Rua da Direita vista da Praça Tiradentes

“A cidade também foi palco da inconfidência mineira, guarda importantes fatos históricos que estão impressos na memória coletiva, e não é por acaso o grande interesse das pessoas em vivenciar experiências pessoais nas ladeira da centenária Ouro Preto” foi o que disse a ex-deputada federal e representante do Conselho Estadual de Turismo, presidente do Grupo Amigas da Estrada Real e que possui casa em Ouro Preto, uma apaixonada pelas ladeiras históricas, Maria Elvira Sales Ferreira.

“Aqui estão às origens não só do povo mineiro, mas do Brasil que um dia foi colônia de Portugal, aqui bem próximo, no Distrito de Cachoeira do Campo, abrigou-se a Cavalaria do Regimento de Minas, palco e foco da Inconfidência Mineira, foi onde nasceu a nossa gloriosa e respeitada Polícia Militar de Minas Gerais, e onde o Alferes Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, serviu”, relata a deputada Grayce Elias, que representa na Câmara Federal, os interesses do turismo mineiro.

Foto: Ex-secretária de Turismo de MG e ex-deputada Maria Elvira com o médico Dr. Eduardo Leite – Médicos pela Vida

Além de autoridades, esteve presente o presidente da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – Abrajet-MG, o jornalista José Aparecido Ribeiro, a diretora da entidade, Suely Calais Guerra que comanda o jornal MG Turismo, a secretária adjunta de Turismo Milena Pedrosa, o diretor de Marketing da Secult Gustavo Medicino, toda a equipe da secretaria, e o médico cirurgião e fundador do Movimento Médicos pela Vida, Dr. Eduardo Leite, em visita à cidade e a convite do presidente da Abrajet-MG.

O evento encerrou com um jantar no “Café Gerais Escadabaixo”, tradicional restaurante localizado na Rua Direita no centro de Ouro Preto, importante corredor que liga a cidade alta ao Largo de São José que passa por reformas do seu piso, a exemplos de várias ladeiras que estão sendo reparadas e que guardam a originalidade da cidade fundada com o nome de Vila Rica, antes Arraial do Padre Faria, fundado pelo bandeirante Antônio Dias de Oliveira, pelo Padre João de Faria Fialho e pelo Cel Tomás Lopes de Camargo por volta de 1698. Manter este patrimônio bem cuidado tem sido o foco do prefeito Ângelo Oswaldo, um exímio anfitrião e gestor público com conhecimento de causa.

José Aparecido Ribeiro é jornalista e presidente da Abrajet-MG

www.zeaparecido.com.br – WhatsApp: 31-99953-7945 – jaribeirobh@gmail.com

Este Blog necessita de doações ou anúncios para a sua manutenção. Colabore!

2 thoughts on “Dia internacional do turismo comemorado na cidade que é ícone de Minas Gerais, Ouro Preto

  1. Dia Internacional do turismo, Unesco, etc…
    Sei que Ouro Preto tem uma das melhores universidade do país.
    Tem grande acervo cultural, já houve festivais de música e cinema, bem como badalados carnavais.
    Corria fama de repúblicas de estudantes com coisa boa e coisa ruim.
    O que interessa é acompanhar de perto a conservação de todo esse patrimônio, não esperar desmoronar pra correr atrás.
    Esse negócio de Unesco é bonito no papel.
    Espero que o Sr. Leônidas deixe registrado documento com proposta real de avaliação deste património.
    Assim conservamos a história.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.