Digitaliza Brasil, governo de Minas e Ministério das Comunicações se unem para levar sinal digital a 470 cidades

Governo de Minas e Ministério das Comunicações fecham acordo de R$200 milhões para levar sinal da TV digital a 470 cidades do Estado com menos de 50 mil habitantes.

Foto: Secretário Leônidas Oliveira – Secult – MG

Em solenidade prestigiada no Palácio Tiradentes na tarde desta terça-feira (19) o Governador Romeu Zema acompanhado do Secretário de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, e o presidente da Empresa Mineira de Comunicação – EMC, Sérgio Rodrigues, receberam o Secretário Especial de Radiofusão do Ministério das Comunicações, Otávio Caixeta, representando o Ministro Fábio Faria para assinatura de convenio no valor de R$200 milhões que vai levar a TV digital para 470 municípios Mineiros.

Up-grade na qualidade de som e imagem com a tv digital

A TV Digital é um serviço aberto e gratuito que possibilita up-grade na qualidade de som e imagem da TV analógica, além de permitir a recepção em dispositivos móveis, como celulares, e a interatividade, inclusive por meio da integração com conteúdo de internet. Romeu Zema lembrou que mais do que melhorar a imagem da TV, o Digitaliza Brasil leva comunicação para povoados que não tinham telefonia celular e faz a promoção do patrimônio cultural e natural de Minas.

Foto: Maria Fumaça em Tiradentes e São João Del Rei – MG

Até o final de 2022 o Programa alcançara 23 milhões de pessoas em Minas Gerais. A primeira cidade no Brasil a se beneficiar foi no Rio Grane do Norte, Tenente Ananias que fica há 413 km da capital Natal e têm 10,5 mil habitantes. O programa dispõe de R$3 bilhões do Governo Federal. Em Minas, um dos estados escolhidos para implantação da TV Digital, 90% dos municípios aderiram ao projeto em menos de 10 dias de sua publicação, o que representa adesão quase que total ao Digitaliza Brasil. Apenas 20 dos 470 municípios que serão beneficiados, ainda não aderiam, e precisam fazer isso até 11 de novembro, de acordo com informações do Presidente da EMC, o jornalista Sérgio Rodrigues.

Acordo amplia alcance e melhora conteúdo da Rede Minas

Para o presidente Empresa Mineira Comunicação – EMC que dirige a Rede Minas e a Rádio Inconfidência, “o acordo melhora conteúdo e abre espaço para mais canais segmentados, estimulando a cultura, o turismo e, sobretudo a educação nos mais de 470 municípios que receberão o sinal digital”.

Sérgio chama atenção para o fato de ser este o maior investimento da história na TV Minas: “Isso possibilita um salto quantitativo e qualitativo da emissora que passa a usar 4 canais focados em educação, patrimônio cultural e humano, formação e promoção do turismo”, O presidente lembra que o “Digitaliza Brasil” conversa com outro projeto da EMC, o Gerais mais Minas, que já produz conteúdo para promover os destinos turísticos do Estado mediterrâneo que é estrela no cenário nacional de turismo. Minas conquistou dois títulos inéditos de destino mais aconchegante e melhor Vila Turística do mundo.

Foto: Participantes do protocolo entre a EBC e a EMC

Já o presidente da Empresa Brasil de Comunicação – EBC, Glenn Valente, que é mineiro destaca que, “o projeto Digitaliza Brasil mais do que melhorar a imagem e o som da televisão, representa inclusão social e integração nacional, uma vez que a EBC possui cerca de 50 parceiros produzindo conteúdo em todo o país”, relata. Ele lembra ainda que trata-se de uma parceria “ganha-ganha” já que trata-se de um projeto de democratização das comunicações. “Nenhuma outra emissora de televisão chega onde a Rede Minas consegue chegar”, lembrou o presidente da EBC.

O Projeto aproxima Minas do Brasil e melhora o acesso a TV

Representando o Legislativo Estadual o vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG, deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB-MG) chamou atenção para o fato de que Minas é o segundo estado em população e o que possui maior número de municípios, ao todo são 853. “o projeto é de integração e aproximação das pessoas, melhorando a qualidade de vida de todos e permitindo acessos dos jovens a conteúdos de qualidade ligados à formação e à educação formal, o que é importantíssimo”, destaca o parlamentar que teceu elogios ao governador Romeu Zema pela condução do governo. Representou o Legislativo Federal o Deputado Lincoln Portela (Republicanos-MG) que reiterou o significado social do projeto na melhoria e qualificação da programação com ampliação do alcance.

Foto: Assinatura de protocolo Glenn Valente – EBC e Sergio Rodrigues – EMC

O Secretário de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira comparou a Rede Minas a uma “Mini Embratur”, ele lembrou que “a Empresa Mineira de Comunicação foi responsável por levar educação a 2 milhões de crianças durante a pandemia e o fomento do audiovisual, bem como a produção de conteúdo com qualidade”, destacou o secretário que é um dos mais bem avaliados do Brasil ao promover Minas Gerais para o Brasil e o mundo, fazendo o estado ser reconhecido no cenário de turismo nacional como o que  teve crescimento acima da média nacional com 19,7%. Leônidas encerrou sua fala chamando atenção para o fato de que “o governador Romeu Zema é o maior propagandista de nosso Estado, ele é mineirinho até na fala”, brincou o secretário que tem a EMC sobre o guarda-chuva de sua secretaria.

Governador lembra que turismo não é só praia e que Minas tem muito o que mostrar

O governador encerrou o evento convidando os presentes para reflexões sobre o significado desta histórica parceria com o Ministério das Comunicações e com a EBC: “A parceria significa mais do que um up-grade nas imagem e sons, o Digitaliza Brasil significa cidadania, democratização das comunicações, inclusão de pequenas cidades e uma mudança no conceito do mineiro que associa turismo a praia: “Temos muitas belezas a oferecer para o Brasil e o mundo, mas sobretudo para os próprios mineiros que não conhecem nosso estado”, destaca o governador que além de ser da terra do queijo, Araxá, acredita no turismo e na cultura grandes oportunidades de geração de emprego e renda.

Foto: Cerimônia de assinatura do acordo de cooperação de R$200 milhões

Zema prometeu para o representante do Ministério das Comunicações, Otávio Caixeta, ao fim das instalações da TV digital que investirá em cada cidade cerca de R$500 mil em infraestrutura tecnológica, levar pessoalmente para ele e para o Ministro Fábio Faria, um presente que ele aprecia e que é marca do Estado que governa: “Prometo levar um queijo desde que o café seja servido pelos anfitriões em Brasília”, brincou e encerrou o governador que é um dos mais bem avaliados do país e tem quase que certa sua reeleição.

Crédito de fotos: Ascom/Secult-MG

José Aparecido Ribeiro é jornalista e presidente da Abrajet-MG

www.zeaparecido.com.br – WhatsApp: 31-99953-7945 – jaribeirobh@gmail.com.br

Este blog aceita anúncios e doações para a manutenção, colabore.

7 thoughts on “Digitaliza Brasil, governo de Minas e Ministério das Comunicações se unem para levar sinal digital a 470 cidades

  1. Com a melhoria do sinal da TV para municípios interioranos de Minas Gerais, o que se espera é que a programação da Rede Minas não seja produzida por jornalistas e produtores petistas, ( a maioria militantes de esquerda) como nas televisões abertas. O Governador precisa ficar atento para não deixar a Rede de TV ser usada como a TV Cultura em São Paulo a serviço do governador daquele estado, um oportunista que usa a coisa pública para seus interesses mercantis. Parabéns ao Governo de Minas e em especial ao governador que tem se revelado um político do bem, ao contrário da maioria que usa a política para se locupletarem. Viva Minas Gerais, viva a liberdade com responsabilidade. Mais uma excelente matéria deste jornalista que não deixa a peteca cair.
    Giovani Campolina

  2. Gostei do comentário deste Sr Gladson. Quem sabe uma dobradinha entre Bolsonaro e Zema seja uma alternativa para moralizar ainda mais este país e tirar de cena os bandidos que se fazem passar por políticos.
    Parabéns ao governo de Minas por trabalhar sério em prol do turismo. Tenho acompanhado a trajetória deste secretario de turismo e vejo que ele pode ser o Ministro. O Brasil tem grandes potencialidades,as precisa de gente que trabalha e menos de política. Walter Romero Casagrande. Cuiabá

  3. Sou suspeita para falar de Minas, pois todas as vezes que estive neste estado, me senti em casa. Já estou pensando em voltar no final deste ano, conhecer esse local que tanto falam, Lavras Novas e São Bartolomeu. Tive notícia que ganhou prêmio internacional. Que chic hein ? Parabéns Zé Aparecido pelo brilhante trabalho de divulgação do seu Estado e pela coragem de ser Jornalista e não militante como a maioria dos seus colegas. Zuleide Santos Costa – Joinville

  4. Oportunidades de crescimento mesmo com o cenário negativista que a mídia vende deve ser reconhecido como mérito para os gestores públicos mineiros. Parabéns!

  5. Parabéns governador pelo investimento,isto é maravilhoso! Estive em várias cidades de Minas e fiquei deslumbrada !!

  6. Para atender sinais digitais para TV ou 5g de celulares temos que implantar ERBs estações base de rádios, só em BH para melhorar sinais seriam necessárias mais de 1000 ERBs tipo greenfield ou roof top, para tal as empresas Vivo, Tim e outras não conseguiam a ampliação que exige licença ambiental, pois o excesso causa câncer.
    Pois bem com o avanço da tecnologia e rapidez no 5g áreas de sombras de sinais com certeza acabarão.
    Uma notícia do Ministro Marcos Pontes que com lançamento de satélites brasileiros a emissão de sinais seriam viáveis em lugares mais difíceis do nosso país, por exemplo devido serras e trechos difíceis a Serra do Cipó fica sem uma boa qualidade de sinal ou nenhum.
    Pois uma ERB recebe sinal de outra ERB até o seu final.
    É muita engenharia nisso aí.
    As empresas atenderão primeiramente as capitais e até 2027 cidades menores.
    Vamos confiar no governo, a melhoria está aí.
    Viva Bolsonaro e Zema

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.