Em meio a maior crise da história no turismo, secretário arregaça as mangas e busca parcerias

Foto: Acervo Secult-MG – Secretário Leônidas Oliveira

Em meio a maior crise da história do turismo, secretário Leônidas Oliveira (o João de Barro), responsável pela promoção do Estado arregaça as mangas e vai atrás de operadoras para incrementar o turismo no maior mercado emissor da América Latina, o de São Paulo: “A Conversa com as operadoras, receptivos e segmentos da indústria turística nacional é fundamental para o sucesso na comercialização de Minas”,  afirma Leônidas em conversa que tive com ele no intervalo de reunião na sede da CVC, a maior operadora de turismo do Brasil, na tarde desta terça feira (24).

Ele lembra que Minas Gerais vinha perdendo espaço há muito tempo, e quase não existia mais nas prateleiras das principais operadoras sediadas em São Paulo, onde concentra os principais players do seguimento. O secretário relata ainda que a presença pífia dos produtos turísticos dificulta, mas não desanima sua equipe: “Os circuitos turísticos e a capital possuem meios de hospedagem de excelência envolta por uma paisagem exuberante, além da história e da cozinha mineira que alinhava tudo”, lembra com entusiasmo o responsável pela promoção do Estado mediterrâneo.

Foto: Gustavo Mendicino, assessor de Parcerias da Secult; Cleiton Armelin, diretor-executivo da CVC Corp.; Leônidas Oliveira, Secretário de Estado de Cultura e Turismo de MG; Bruno Heleno Rosa, Diretor de Produtos da CVC Corp., e Schirlley Azevedo, Gerente de Desenvolvimento de Produtos da CVC Corp.D

De acordo com Gustavo Mendicino, responsável pela comunicação e parcerias estratégicas da Secult-MG, essa é  a primeira de uma série de reuniões e visitas que a equipe da Secretaria fará com objetivo de buscar os turistas onde quer que eles estejam: “Foi a ordem que o governador deu e que será cumprida”, tendo o secretário Leônidas como o principal promotor da ação”, comenta. O momento é propício, pois as pesquisas no Google dão conta de que 52% das buscas no país são por montanhas e natureza, o chamado Turismo de liberação.

O secretário relata com entusiasmo que Minas possui o cenário perfeito para nichos que buscam natureza, montanhas, água, história e aventuras, basta a união de esforços junto ao trade com objetivo claro de comercializar os principais destinos. Recentemente foi lançado o Circuito Liberdade, um conjunto de equipamentos com atrativos na Praça da Liberdade que vai funcionar como o Portal do Estado na capital Belo Horizonte. O secretário lembrou ainda do Mar de Minas (Furnas), dos Circuitos Históricos, esportes radicais e das rotas do Queijo como atrativos que são conhecidos e precisam ser explorados.

A força do cargo sendo usada nas ações de promoção

Ele pretende usar a força do cargo para surpreender operadores de turismo acostumados a receber visitas de executivos e raramente de autoridades de governo: “Se não for assim, não adianta, a força do cargo tem que ser usada para reverter a situação”, relata o secretário que ficou surpreso com a ausências dos pacotes de viagens para Minas no portfólio dos operadores. Ele promete presença pessoal nas principais operadoras de São Paulo, Rio de Janeiro e até nos mercados internacionais emissores que serão alvos de ações da Secult-MG no Projeto “Minas para o Mundo”.

Nos últimos três anos, a CVC comprou cinco empresas, entrou em novas áreas, como viagens corporativas, intercâmbio e plataformas online. Em 2017, a CVC Corp passou a ter o controle acionário de mais duas gigantes: Trend Operadora (viagens corporativas e de lazer via agências independentes) e Visual Turismo (ecoturismo, viagens de lua de mel, resorts e hospedagens de charme).

Quem é do ramo conhece a força da CVC, empresa fundada por Guilherme Paulus em 1972 na cidade de Santo André-SP e da sua importância em qualquer ação que visa comercializar produtos turísticos. O Secretário Leônidas começou seu trabalho de promotor de vendas do Estado de Minas Gerais no endereço certo e não é por acaso que foi o escolhido para ocupar o cargo. “Quem cedo madruga Deus Ajuda”, assim diziam os antigos.  Arremato lembrando mais um provérbio popular: “Com trabalho e perseverança, tudo alcança”!

José Aparecido Ribeiro é jornalista em Belo Horizonte e Presidente da Abrajet-MG

Contato: jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp:31-99953-7945 – www.zeaparecido.com.br

One thought on “Em meio a maior crise da história no turismo, secretário arregaça as mangas e busca parcerias

  1. Se bem conheço este jornalista, por muito tempo atuou no setor hoteleiro e sabe do que está falando. Tomara que desta vez o turismo decole, pois pelo visto está em boas mãos. Parabéns pelo furo. Atento que sou às notícias do turismo, não vi em nenhum veículos as informações sobre a visita do secretário à São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.