Enquanto as chuvas e a Covid-19 castigam BH, o prefeito se esbalda no Copacabana Palace

BH mergulhada em chuvas e Covid há 10 dias. No mesmo período em que o prefeito mergulhava na piscina do Copacabana Palace no Rio de Janeiro

 

Foto: Divulgação – Piscina do Copacabana Palace

Belo Horizonte sofre há 10 dias com as tempestades ininterruptas, o período é considerado o de maior precipitação de águas dos últimos 30 anos. As oito regionais da prefeitura seguem em alerta máximo. A cidade está submersa em água, e há risco de desabamentos em várias regionais. Vias inteiras tiveram o asfalto arrancado com a força da água, os prejuízos se acumulam, mas o prefeito, pasmem, submergiu no whiskey lá na “cidade maravilhosa”.

Curiosamente, embora eu tenha prometido nunca mais citar o nome dele no meu Blog, Alexandre Kalil segue de férias até logo mais às 12h no estrelado Copacabana Palace, Rio de Janeiro. A previsão é de que Kalil retorne hoje para BH e retome suas atividades amanhã com pompas, circunstâncias e direito a uniforme de combate, entrevistas ao vivo direto do Centro de Operações da PBH no bairro Buritis. O “mise em scène” está sendo preparado.

Foto: Jornal do Buritis – Prédio com risco de desabamento

Circula na internet meme do prefeito sendo procurado, pois não pisou na PBH em 2022 uma única vez. Aliás, foi a motivação para quebrar a promessa de não falar mais do fanfarrão. Evidente que os colegas da imprensa, os que recebem “JABÁS” e verbas publicitárias não iriam pesquisar o paradeiro do prefeito, mas não é difícil imaginar onde ele pode estar quando sai de férias e não vai para Las Vegas, Atlantic City ou Punta del Este. Ele adora o Copa.

Tudo certo, pois é direito do prefeito gozar do descanso em algum hotel estrelado onde ele bem entender, desde que a cidade esteja em ordem. O que não é o caso: BH está derretendo com as fortes chuvas há mais de 10 dias, os casos de Covid dispararam, lotando postos de saúde, upas e até farmácias. Um bom político veste a carapuça, o uniforme e vai ver in loco o que se passa na cidade ou no estado que governa, vejam o exemplo de Romeu Zema.

Foto: Jornal do Norte – Vilarinho enchentes

Não custa lembrar que no penúltimo ciclo de chuvas em janeiro e fevereiro de 2020, os prejuízos foram enormes, e naquela ocasião o prefeito curtia férias em Punta del Este fazendo o que mais gosta… Kalil teve que voltar às pressas depois que a enxurrada levou rio abaixo à Av. Tereza Cristina. Na noite de 28 de janeiro, com o prefeito ainda de ressaca, a cidade viu aterrorizada descer sobre ela, a chuva dos 1.000 anos, que o prefeito transformou em marketing.

Os problemas de Belo Horizonte só se agravam, a cidade parece um território desgovernado, suja, mal cuidada, infestada de moradores em situação de rua, economia destruída pelos lokdowns mais longos do planeta, com o transporte publico em risco de colapso, a infraestrutura estacionada há 40 anos, e a maquina publica na mão da esquerda, sendo usada para fazer política.

Foto: PBH – Fernando Pimentel, Alexandre Kalil e Maria Caldas

Kalil não tem controle de nada, quem manda em BH é a petista Maria Caldas, que simplesmente se julga a dona do pedaço, embora não apareça. Ou seja, um cenário devastador que sugere a presença do prefeito diuturnamente, trabalhando para o que ele foi eleito. Se não dá conta de governar a capital, que dirá o Estado. Prefeito, volta a ser cartola, lá você pode viajar, tirar férias e fazer o que gosta. No comando da cidade, você já provou que não dá conta!

José Aparecido Ribeiro é jornalista e estudioso dos assuntos urbanos de BH

www.zeaparecido.com.br – WhatsApp: 31-99953-7945 – jaribeirobh@gmail.com

Colabore com este blog anunciando, doando ou compartilhando!

13 thoughts on “Enquanto as chuvas e a Covid-19 castigam BH, o prefeito se esbalda no Copacabana Palace

  1. Nao entendo como reelegeu.?Oh! povo de Minas Gerais .UAi assim só vamos para trás.
    Tem que votar em candidatos que tem compromisso com o povo.A esquerda só tem compromisso com eles mesmos.

  2. O perigo é essa desgraça ser governador, percebam o perigo, se em uma cidade das 854 de MG ele não está nem ai, só pensa em politica e em curtir, imaginem no governo de Minas, aposto que o Pilantrel é quem vai governar e será daqui que o PT retornará ao Palácio do Alvorada, infelizmente.

  3. Tudo que envolve a gestão de BH reflete a total
    Incompetência e desonestidade desse senhor. Fico me perguntando até quando maioria das pessoas continuarão a eleger cafajestes como governantes. Como não enxergar o óbvio? Entendo que seja difícil pra um jornalista ético se referir a ele.

  4. Típico do PT. Fingem estar preocupados com o povo e tem gente que aí da acredita.
    Ta6 na hora de enxota-los para a Venezuela.

  5. Esse cara é sujo por dentro e por fora. Um aspecto constante de bêbado. Figurinha horrenda. Xô coisa ruim!

  6. Não sei se dou gargalhada ou se choro. Esse Kalil é piada pronta. Marionete do PT. Será que alguém tem dúvidas?

  7. Eu estou sentindo ódio dele, pq como pode ele tá aqui no Rio de Janeiro num hotel, eu vou lhe conta ele tem q leva uma surra bem dada na cara dele 😡

  8. Caro ZeAparecido,

    Gostei muito da foto sobre as montanhas em seu blog. Sou de fazer trilhas e acho que esta aí já me conquistou. Está na hora de dar uma espiada por lá.
    Onde é? Qual parte?

    Obrigado,

    Claudio Osorio – Belo Horizonte

  9. Eles ps politicos brasileiros estão
    engarrafando para o povo. Ninguem quer nada com a hora.do.Brasil bem que merecem uma surra de vara verde

  10. Não entendo porque pessoas que são pouco simpatizantes com as causas humanitarias se colocam em cargos públicos. Deveriam fazer um teste psicológico para ver o perfil destes e daí descartar todas as possibilidades de incapazes serem gestores do povo. Porque queiram ou não os políticos quando precisam dos votos recorrem a nós e depois viram as costas. O legítimo cuspir no prato que comeu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.