Live Especial MPV e Aliança Medicina & Pedagogia Antroposófica – Trilogia: “Uma Sociedade Desenhada para Destruir o Eu”

Uma viagem à Grécia clássica em ambiente onde as potencialidades humanas se desenvolveram sem interferências

A Live Especial desta quarta-feira (16) às 20h30 é a 4ª de uma série especial em modelo de Trilogia: “Uma sociedade desenhada para destruir o Eu”. Embasada na medicina antroposófica, uma reflexão profunda sobre a individualidade do ser humano sob à luz da cultura Grega antiga que em uma de suas passagens ensinou como o ser humano controla os impulsos animais no convívio social.

Vamos fazer uma viagem à Grécia clássica num ambiente onde as potencialidades humanas se desenvolveram sem interferências. Lá, quase tudo adquiria caráter humano, vivia-se e agia-se de tal forma que o indivíduo podia se expressar em todas as suas manifestações sociais, filosóficas, artísticas ou religiosas. Antes deste período da história o ser humano vivia unido à sombra da consciência dos deuses.

Uma boa exemplificação encontra-se em afirmativas conhecidas dos hebreu quando o israelita afirmava: “Eu e o pai Abraão somos um”. Isso significa que em sua consciência ele ainda está unido ao progenitor do povo hebreu. Da Ásia, a Grécia recebe a imagem da esfinge, composta pelos quatro elementos: corpo de animal tripartido (vaca, leão, águia) e o humano terrenal que se separa do genérico (representado na cabeça com forma humana).

Porém, a Grécia evolui e nos mostra a imagem do centauro, separando o seu tórax- a qualidade do sentir – do corpo animal, em que a cabeça e o tórax se separaram do genérico animal, ainda restando o corpo equino. Assim , o centauro tem corpo de cavalo e tórax e cabeça humanos.  Ele será o mestre de todos os heróis gregos, como nos conta a mitologia no mito de Jasão e os Argonautas, em que todos os heróis são alunos do sábio centauro Quíron. Essa imagem corresponde à Grécia mítica. Tudo isso e muito mais nesta 4ª edição da serie especial:

Na bancada desta 4ª de uma série da especial em modelo de trilogia:

Professor Rufo Garcia Rubio que possui formação em Arte, Pedagogia e Antroposofia na Escola Superior de Artes de Alanus Hochshule, em Boom na Alemanha. Por muitos anos ministrou aulas de Escultura e Antroposofia. É fundador da Editora Antroposófica e do Centro de Estudos Artísticos “Perceval”, em Buenos Aires, Argentina. Atualmente, é docente em Seminários de Pedagogia na Argentina e no México. Estudioso da correlação entre ideologias e ações políticas, principalmente sobre o globalismo, suas consequências sobre a humanidade, a partir da visão antroposófica.

Dra. Ana Cristina Lemos Malheiros é médica psiquiatra, formada na UFMG, com certificado internacional em Medicina Antroposófica. Com 37 anos de atuação, participa de atividades educativas sobre Bioética na pandemia e consequências para a saúde física e psíquica. Com ênfase profissional em promoção da saúde e desenvolvimento humano. É articuladora de grupos de participação social para defesa da vida, da verdade e da liberdade. Foi palestrante no segundo congresso internacional sobre COVID-19 promovido pela World Council for Health e dos Médicos pela Vida, em julho de 2022 em Foz do Iguaçu-PR.

Participação especial da jornalista Tereza Cristina Tonelli Racy– Defensora da Pedagogia Waldorf

Âncora: Jornalista José Aparecido Ribeiro

Links para acesso: Quarta-feira (19) às 20h30!

HTTPS://medicospelavidacovid19.com.br/live/

HTTPS://gettr.com/user/medicospelavida

Associe-se ao MPV, acessando o site www.medicospelavidacovid19.com.br – Doe para o MPV pelo pix: CNPJ: 19.548.229/0001-93

José Aparecido Ribeiro é jornalista e âncora do MPV

Wpp: 31-99953-7945 – www.conexaominas.com

Comentários
By zeaparecido

José Aparecido Ribeiro é Jornalista, Bacharel em Turismo, Licenciado em Filosofia e MBA em Marketing - Pós Graduado em Gestão de Recurso de Defesa

Notícias relacionadas