Manifestação a favor do voto impresso e auditável lotou a Praça da Liberdade em BH

Grande mídia mais uma vez cumpriu tabela e cobrou máscara em vez de primar pela cobertura jornalística

Manifestantes a favor do voto impresso e auditável ocuparam a Praça da Liberdade na manhã deste domingo (1/9) em Belo Horizonte. Poucas vezes a Praça, que é local de grandes manifestações na capital mineira, esteve tão cheia. O protesto liderado por grupos de direita começou às 10h com a presença de lideranças políticas, ativistas de direita, e simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro que mostraram presença e realizaram um belo espetáculo de cidadania.

O Brasil é o único país do mundo onde o voto não é impresso e o processo eleitoral ocorre por meio totalmente digital. Não há dúvidas de que a possibilidade de fraude existe e é grande. De acordo com lideranças que comandaram o evento, entre elas o conhecido José Antônio do Sagrada Família e Anneliese do Bros, foram mais de 30 mil pessoas presentes na manifestação que ocorreu de forma ordeira.

Os manifestantes protestaram contra a militância do STF e da imprensa e do comprometimento deles com a esquerda que perdeu o poder em 2018. De acordo com José Antônio, “é este STF que anulou os crimes contra o ex-presidiário Luis Inácio Lula da Silva que vai ficar responsável pelas eleições em 2022. Será que ele tem isenção suficiente para isso?”, questionou administrador de empresas que é um dos responsáveis pelo movimento “Fora Kalil”.

Rodrigo Pacheco foi criticado por não pautar o pedido de impeachment de Alexandre de Moraes

As críticas ao Senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Congresso Nacional, foram duras e ele foi chamado de traidor do povo: “Pacheco está sentando em cima de um abaixo assinado com três milhões de assinaturas, portanto está defendendo um Ministro que já deu provas que não respeita a Constituição”, foi o que disse o vereador de Belo Horizonte, Nikolas Ferreira (PRTB).

Alexandre de Moraes mandou prender um deputado federal no exercício do mandato por emitir opinião contrária a corte, Daniel Silveira (PSL-SP). Prendeu também a ativista de direita, Zara Winter e o jornalista Antônio Eustáquio, no exercício da profissão, prisões arbitrárias em que o ministro atuou como delegado, promotor de justiça e juiz ao mesmo tempo.

Presentes na manifestação os deputados estaduais Bartô (Novo), Sargento Rodrigues (PTB), Bruno Engler (PSL), Cel Sandro (PSL), deputados Federais Cabo Junio Amaral e Marcelo Álvaro Antônio (PSL) e a filha Amanda Teixeira Dias; Ciro Pereira Vereador do (PTB). Presenças marcantes de Ana Helena –Marcha da Família; Anneliese – Bross; a ativista Barbara – site Te atualizei; Biba; Bernardo Frush, Carlos Henrique, Cel Cláudia Romualdo ex-comandante do CPC; Cristiano Reis; Dr. Renato; July Mascarenhas- Mães Direita; Márcia Peluso – Bros; Mauro Fernandes – Direto de Direita; Raquel Morato – Conservadores em Ação; Rodrigo – 12º Pep e Nação Verde Amarela; Amanda Teixeira, Victor Luchesi; Pastor Divino; Pastora Jane; Mariangela Lima; Marcus Pimenta; Pastora Edina Vitor.

Foto: Esplanada dos Ministérios em Brasília

Ao contrário de outras manifestações os protestos ocorreram somente na Praça da Liberdade e obrigou a BHTrans a fechar as pistas laterais em virtude do volume de pessoas que ocuparam a alameda principal da praça e a porta do Palácio dos Despachos. Durante a manifestação o Deputado Federal e ex-ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio fez uma live por celular com o Presidente Jair Bolsonaro que agradeceu aos manifestantes e reiterou a necessidade do voto impresso e auditável.

Presença de crianças e idosos, todos vestidos de verde e amarelo

Chamou atenção a presença de crianças, idosos e famílias que gritavam por liberdade democracia e voto impresso, todos vestidos de verde e amarelo, as cores da bandeira do Brasil. A prisão do Deputado Daniel Silveira foi lembrada e palavras de ordem contra o STF foram ouvidas na fala de todos que usaram o microfone.

A Polícia Militar esteve presente e acompanhou a manifestação sem qualquer ocorrência. Mais uma vez a imprensa belo-horizontina esteve presente de forma acanhada para registrar o que ela tem feito ao longo da pandemia: a constatação de que alguns manifestantes estavam sem máscara, dando menos importância às motivações e mais à sua fixação nas máscaras que causam hipóxia e prejudicam a saúde das pessoas.

Nos telejornais na noite de domingo o que mais se ouviu é que “manifestantes apoiadores do presidente Jair Bolsonaro SEM MÁSCARAS se aglomeram para manifestar a favor do voto impresso e auditável”. Os editores mostraram imagens superficiais em todo o país escondendo a realidade e ignorando que foi um dos maiores protestos já ocorridos em milhares de cidades Brasil a fora, prova inequívoca de que a imprensa vem atuando como partido político e não como mensageira da informação com isenção.

José Aparecido Ribeiro é jornalista em Belo Horizonte

Crédito de Fotos: Marcelo Horta, João Arcanjo, José Antônio e Mirian Guedes.

Contato: jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945 – www.zeaparecido.com.br

16 thoughts on “Manifestação a favor do voto impresso e auditável lotou a Praça da Liberdade em BH

  1. Dureza ter que engolir o magnífico desempenho dos urubus togados que só faltam desenhar o golpe de cada dia, e a mídia como sempre fingindo que está tudo bem.

  2. JOSÉ APARECIDO, vc como sempre super solícito, muito inteligente em suas matérias e colocações e do lado da verdade e das nossas manifestações, muito obrigado.

  3. Excelente reportagem! Relata o fato e a verdade, oque não se vê nas grandes mídias em sua maioria.
    #votoimpressoauditavelja

  4. Até o Youtube parece que está fazendo restrições, pois quando se procura digitando “manifestações no Brasil do dia 01/08/2021” inicialmente aparecerem manifestações antigas e até manifestações contra Bolsonaro. Só depois de muita insistência e trocando palavras ou colocando nome de cidades é que aparecem, inicialmente as reportagens do UOL, Folha e Globo. Depois é que se consegue os vídeos do pessoal que está engajado.

  5. Excelente reportagem que poderia valer pra maioria se não, pra todas as cidades desse Brasil. A mídia se fez calada e a maioria do povo lutando por um Brasil melhor.
    Com certeza você será a voz lembrada, quando tudo se estabelecer corretamente. Nossa praça e nossas ruas todas de verde e amarelo em conexão com a Av.Paulista e com o Presidente levantaram ainda mais o ânimo do povo presente. A presença do Dep Federal Filipe Barros deu o tom preciso.
    Pelo menos estamos todos lutando pelo bem comum.
    Mais uma vez parabéns!

  6. Eu ouvi alguém dizer que o Rodrigo Pacheco ganhou da Dilma, e que arrependeram.
    Só não pode ter arrependimento do Bolsonaro porque esse é honesto, faz de acordo com a lei e a justiça.
    Voto não auditavel é igual jogar porrinha por celular, cada um a 8000 km de distância.
    Eu faço uma simples pergunta a todos os brasileiros, quem confia no povo da esquerda?
    A mesma pergunta faço para os da direita e os da esquerda separadamente.
    Gorbachev dizia confia mas confira, alguém duvida do russo.
    Pode não haver fraude mas pode haver erro.
    Vamos votar sem erro.

  7. José Aparecido.

    Excelente Reportagem.
    Jornalistas como você é que sobreviverão depois do tsunami de “ reportecos “ mentirosos, que se valem de fake news, para desinformar a população mais simples.

    Parabéns e Obrigado em nome do movimento brasileirOS.brOS.

    Cipriano

  8. Concordo com você! A história há de reconhecer essa luta de todos brasileiros, como nós , que lutamos pela liberdade dos indivíduos para chegarmos a um país que nossos descendentes merecem. Que aqueles que traem a democracia, no seu sentido literal, como as vaias que os denunciaram, os que estão sendo desmascarados e aqueles outros que traem toda a nação, colham o que estão plantando. A cada ação destes, o buraco que cairão se aprofunda. É chegada a hora da verdade. O bem já venceu e o que estamos assistindo é apenas atos desesperados de quem não quer reconhecer a derrota! João 8:32

  9. Ana Maria ,faço minhas as suas palavras é isso aí.A máscara caiu e se tem algumas ainda atuante vão cair tbm 💚💛💚💛💚O Brasil é nosso 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷👏👏👏

  10. Muito boa matéria sobre a manifestação de domingo pró voto auditável. Praça lotada! Zé Aparecido sempre fiel aos fatos. Parabéns!

  11. Compareci para provar para a história que queremos uma democracia não um regime chinês. O voto auditavel era para ser pauta de todo cidadão brasileiro. Mas como a esquerda não gosta do povo somente deseja o poder polítizou. Parabéns as pessoas que compareceram ao evento pacífico, apoiadores cujo partido é o Brasil. Mas o melhor momento foram as vaias dos mineiros a um certo senador mineiro que traiu nossa confiança e votos. Quanto a mídia militante a única coisa que conseguiu falar foi falta de máscaras ou uso de máscaras tortas. Parabéns ao presidente que desnudou quem realmente é a maioria deste nosso jornalismo. A nossa máscara podia até estar torta mas a máscara da mídia militante caiu literalmente.

  12. O brasileiro tem que voltar a exercer seu direito, sua cidadania, de forma ordeira e plena, dentro dos ditames da lei.
    Pra frente, Brasil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.