Minas Gerais vai participar do maior evento de turismo da Europa (Fitur), sem gastar com infraestrutura

A Fitur é a maior e mais importante feira de turismo da Europa, uma das maiores do mundo

Foto: Divulgação Fitur 2019

Dentre os vários projetos da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais – Secult-MG, um é estruturante e vem sendo cumprido à risca, o Reviva Turismo. São três fases: Minas para Minas, para o Brasil e o Mundo. A secretaria é uma usina de projetos e eles estão garantindo o título de Estado que mais cresce no Brasil no setor de turismo. A Secult tem 34 funcionários apenas para um estado que tem 853 municípios, e é maior do que muitos países.

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, publicados em novembro de 2021 e que mostraram que Minas Gerais cresceu no turismo mais do que a média nacional, 19,7%. As duas primeiras fazes foram cumpridas, seguem sendo promovidas, pois o turismo necessita de presença, lembrança e repetição, em se tratando de marketing eficiente e eficaz.

Minas está no radar do turismo internacional, e precisa aparecer

Foto: Divulgação Embratur – Stand do Brasil na última Fitur em 2019

Minas entrou para a rota do turismo internacional ao ter duas cidades citadas como as mais aconchegantes do planeta em pesquisa realizada pelo site Booking.com, o maior site de reservas do mundo. São Bartolomeu, como Vila Turística mais charmosa e Lavras Novas como destino aconchegante, ambas próximas a Ouro Preto que já é destino consagrado e cidade governada por um dos maiores especialistas em cultura do mundo, o prefeito Angelo Oswaldo.

Contrariando o manual do jornalismo, deixei o lead para o quarto parágrafo, pois a introdução serve para nortear e dar sequência ao que se pretende, que é falar da terceira fase do projeto Reviva Minas da Secult: A promoção do estado fora do país, a exemplo do que fez a Bahia no início dos anos 2000 pelo ex-secretário de Cultura e Turismo, Paulo Galdenzio, fazendo daquele estado o mais desejado por turistas internacionais do Brasil.

Refiro-me ao “Minas para o Mundo”, que fecha o circulo e sela o sucesso desta gestão que indiscutivelmente é a melhor dos últimos 35 anos. Falo com muita tranquilidade como presidente da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – Abrajet-Mg, e como profissional de Turismo há 34 anos. Conheci e convivi com todas as equipes de governo neste intervalo, e poucas eram tão preparadas como  a atual, comandada por Leonidas Oliveira.

O Lead – Vamos ao que interessa

Mas vamos ao que interessa, já que o lead foi invertido, a Fitur, a maior feira de turismo da Europa que vai acontecer de 19 a 23 de janeiro de 2022 em Madrid, na Espanha. O evento abre o calendário de feiras internacionais de turismo, ponto de encontro dos players que comandam o setor no planeta. Minas participa por meio da Secult no estande da Embratur, detalhe, sem custo de infraestrutura para o estado.

Merecia um stand próprio com pompas e circunstâncias, pois o estado se destaca no turismo nacional, como já dito, sendo o que mais cresce e aparece, e por isso incomoda tanto… Porém, não é do feitio do governador Romeu Zema e nem do secretario Leônidas Oliveira esbanjar dinheiro público.

Foto: Divulgação Secult-MG – Secretário Leônidas Oliveira em Portugal

Lembro que o governador dispensou o Palácio da Mangabeiras como residência oficial, ele mesmo lava seus talheres e tem uma faxineira em casa, moradia modesta, duas vezes por semana. O orçamento para o evento, pasmem, é de EU$14 mil, (R$85 mil) certamente menor do que o orçamento de pequenas agências de viagem que sabem da importância desta feira internacional, e insuficiente para pagar uma viagem de primeira classe de um único passageiro.

O que é a Fitur para leigos

Feira Internacional de Turismo – FITUR, uma iniciativa promovida pelo IFEMA e pela Organização Mundial do Turismo (OMT), acontece ​​de 19 a 23 de janeiro 2022, em Madrid.

Foto: Divulgação Internet

Esta feira é dedicada aos profissionais de turismo a nível global. A FITUR 2022 VIP BUYERS oferece reuniões de negócios eficientes, com agendas de reuniões destinadas a identificar necessidades, oferecer soluções e gerar acordos de negócios para países do mundo todo.

Esta feira oferece um fórum exclusivo para promover marcas, apresentar novos produtos, conhecer as últimas tendências do turismo, bem como promover contatos e conhecer novas ideias, produtos e destinos. É a mais importante da Europa para o setor de turismo.

José Aparecido Ribeiro é jornalista e presidente da Abrajet-MG

www.zeaparecido.com.br – WhatsApp: 31-99953-7945 – jaribeirobh@gmail.com

 

7 thoughts on “Minas Gerais vai participar do maior evento de turismo da Europa (Fitur), sem gastar com infraestrutura

  1. Parabéns a todos mineiros por ter um governador comessa obrigada e capacidade administrativa de fazer o melhor para Minas Gerais custo deste nível!
    Parabéns à Secult-Mg, ao prefeito Ângelo Osvaldo, por com este preparo que dá orgulho do Brasil e a você Zé, que nos dá a notícia do progresso de seu Estado! E eu daqui do Sertão Pernambuco tendo a sorte de ficar atualizada! Amo Minhas Gerais!

  2. Recentemente li críticas contra o secretário de turismo por viajar a Espanha. Agora entendi o que está acontecendo e a fala do jornalista José Aparecido quando fala, “não é por acaso que incomoda tanta gente”.
    Minas tem isso, quando o cara trabalha, a oposição junta sua tropa choque para criticar e as vezes até para caluniar.
    Parabéns pela matéria e por mostrar a verdade Jornalista José Aparecido.
    Izabel Bernardes – Agente de Viagens em Belo Horizonte.

  3. Minas é um estado surpreende, como fala em uma das conhecidas frases, são muitas. E encanta quando a gente conhece.
    Estou me programando para ir novamente em Março.
    Luiza Miranda – Hortolândia

  4. Boa tarde.
    Fico feliz em ver Minas Gerais se projetando cada vez mais ao mundo.
    Vivo em Valência/ Espanha e gostaria de sugerir que o nosso estado pudesse pensar sobre a possibilidade de explorar a irmandade com cidades européias para que assim exista mais intercâmbio de culturas. Por exemplo, que Lavras Novas em Minas seja cidade irma de Cofrentes na Comunidade Valenciana e, assim por diante. O Governo do Estado poderia também buscar cidadaos que vivam fora de Mimas Gerais para construir uma comunidade pró-MG. Acredito que acabamos sendo espontaneamente embaixadores do nosso estado. Desejo muito sucesso na Fitur 2022.

  5. O turismo no mundo é feito em cima de vários fatores e valores que cada região tem para oferecer.
    Entre os principais valores estão com toda certeza a situação política do país, além de segurança pública.
    O Brasil hoje ainda tem.dificuldades na área de segurança pública.
    País como a Espanha que doou vários Santos e santas para igreja hoje vive um ateísmo e comunismo deplorável.
    É um país que não me atrai.
    Tem que fazer eventos sem custos.
    Ninguém sai de casa pra ver o que não quer.
    A Europa está perdendo terreno devido a governos ateus, comunistas.
    Liberação de drogas, prostituições etc…
    O Brasil será o país a visitar.
    Estamos melhorando muito.
    Minas é muito atrativo.

  6. Acompanho as notícias de Minas pelo Blog do jornalista José Aparecido. Me surpreendo a cada postagem sobre a eficiência deste governo. Trabalham sem alardes e fazem as coisas acontecerem. Isso sim é exemplo para o Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.