“Reflexão Sazonal”, poema do Dr. Renato Nogueira para deixar a sexta-feira mais leve

POR: Dr. Renato Nogueira – Médico especializado em Oncologia, Hematologia e Medicina Interna: no Brasil, Inglaterra e Estados Unidos.

Foto: Turismo Caiscais – Portugal

Dr. Renato Nogueira é de Bom Despacho – MG, vive atualmente em Caiscais – Portugal. Autor de vários trabalhos científicos, alguns premiados internacionalmente.

Além da paixão pelo Clube Atlético Mineiro, dedicou a vida à medicina, e foi um dos idealizadores do Centro Oncológico do Hospital Felício Rocho, onde atuou até recentemente em Belo Horizonte, um dos maiores de Minas Gerais.

Dr. Renato é amante da poesia e tem vários poemas premiados na Europa. Compõe em Inglês e Português. Com a autorização dele, segue uma de suas pérolas mais recentes: O poema “Reflexão Sazonal”.

Foi-me dito que estou no Inverno de meus dias. Minha primeira reação foi de ira! Afinal, tenho plena saúde, me exercito fisicamente todos os dias, leio bons livros, ouço belas e inspiradoras músicas, assisto ótimos filmes, concertos e peças teatrais, componho poemas…

 Como posso estar no Inverno, quando tudo o que faço, vivencio e produzo é próprio da Primavera que nos saúda com as mais belas flores e cuja luz mais cintilante nos revitaliza?

 Minha segunda reação foi de perplexidade e reflexão. Será verdade o que ele disse? Como migrar, sem escala, para o Inverno? Deveria eu considerar o que me diagnosticou o preditor infeliz?

 Como saltar da Primavera, fundamentalmente vívida e esplêndida, para o sombrio e aterrador Inverno, sem um mínimo que seja de estágio no magnífico Outono, quando colhemos os ricos frutos do que plantamos e múltiplas cores anunciam o que está prestes a fenecer, com ventos exuberantes, tempestades, noites gélidas, um universo tão subitamente transformado que revolve o estabelecido e ainda assim decora o viver? 

 Minha terceira reação foi de um inevitável semi e progressivo conformismo, inda que rigorosamente relutante!

 É fato que a vida nada mais é que uma tênue extensão entre a chegada e o retorno à eternidade. Aprendizado / Moldagem / Burilamento do espírito.

 Hoje, decorridos meses do que me assegurou aquele que avaliou  minha travessia terrena percebo que, ao partirmos, não somos meramente sepultados, mas primordial e meticulosamente semeados… Para a imortalidade!

José Aparecido Ribeiro é jornalista em Belo Horizonte

Contato: jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945 – www.zeaparecido.com.br

 

Este Blog aceita doações ou anúncios, ajude a mantê-lo!

15 thoughts on ““Reflexão Sazonal”, poema do Dr. Renato Nogueira para deixar a sexta-feira mais leve

  1. O QUE SÉRIA DA VIDA SEM AS DIFERENTES ESTAÇÕES, DEUS CAPRICHOU NOS DETALHES…. 🙌 👏👏👏👏👏

  2. Parabéns ao autor pela sensibilidade! Linda Reflexão! Obrigada José ,ganhei o dia!!! Vou compartilhar com amigos!!!!

  3. Tive um tio médico em Bom Despacho Dr. Ge casado com Dolorita, bom esse poema parece com o susto do personagem do livro O retrato de Dorian Gray, mas muitas pessoas chegam com muita saúde na terceira idade e mesmo assim espera a morte.
    Passar a vida à limpo ver os frutos e as derrotas são coisas inevitáveis na velhice.
    O mais importante de tudo é arrepender do errado e aguardar o inverno.
    Fazendo uma brincadeira com o poeta diria a ele que tudo é fruto da força da gravidade.
    Vamos caindo os cabelos, os olhos, a barriga, um pouco pra baixo dela e enfim essa força louca nos puxa para um buraco, é o fim terreno.
    Ora pra quem tem fé em Deus é a passagem para uma vida gloriosa.

    Parabéns

  4. Congratulações ao Dr. Renato Nogueira – um poema belíssimo na mais bem inspirada e acurada escrita.

  5. As fases da vida são inevitáveis, seu tempero está na forma de olhar e seguir.Uns com pessimismo outros acreditando sempre no melhor, mesmo qdo os ventos fortes se aproximam ,Esperando sempre uma primavera .

  6. Olá Zé !! Também sou um privilegiado por ser seu amigo, embora não nos conheçamos, assim me sinto. O conteúdo do seu trabalho, como Já falei, é sempre inquestionável e imperdível. Parabens !!

  7. Linda reflexão! Quem não se assusta com essa passagem de estação num primeiro momento?
    Mas a vida não deixa de ser bela e creio que em todas as fases, resta saber como vamos vive-la.
    A vida é um dom dado por Deus, somos a coroa da sua criação e isso nos diz sua Palavra.
    Além disso existe a bênção da longevidade. Admiro pessoas mais velhas, que tem muitas experiências alegres e outras tristes pra contar. São ricas histórias e muitas vezes estamos passando por algumas delas.
    O importante e viver a vida com ousadia, coragem, garra e muito amor, pois os anos passam de qualquer jeito,
    Como diz o Salmista: “O homem é como um sopro; os seus dias, como a sombra que passa”.

  8. Oi Jose Aparecido…vc sabe que é uma honra interagir com você.
    Excelente compartilhamento esses ” escritos” do Dr. RENATO NOGUEIRA. Aqui de nossa Recife seguem meus Parabéns a esse médico.
    Acho que. NASCI com o gene da Alegria..e nao sei o que é periodo de INVERNO. ..VIVO GERALMENTE O VERÃO E PRIMAVERA DA VIDA. Mesmo aos 75 ! so entristeço quando morre alguem amigo ou parente. Meu abraço Zé.

  9. Muitas vezes damos espaços para pessoas nos tirarem da primavera e nos levarem para o inverno sem direito a escala. Vamos viver a eterna primavera com amor, semeando o bem e quando o inverno chegar nosso celeiro estará com um estoque caprichado de gentileza e o Pai nos carregará no colo para o lado de lá.

  10. Bom dia José Aparecido! Faz tempo que não comento, ainda que eu leia todos os artigos; ainda que eu sinta que aqui é “um cantinho “especial onde há espaço para nos atualizarmos, para refletirmos, nos indignarmos, nos emocionarmos..
    Parabéns ao doutor e autor do poema! Obrigada a você pelo presente de hoje e de sempre!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.