Secretário de Turismo de Minas Gerais convoca o trade turístico para uma injeção de ânimo

Foto: Acervo Secult – Leônidas Oliveira Secretário de Cultura e Turismo

O Secretário Estadual de Turismo Leônidas Oliveira convoca o trade turístico para aplicação de uma vacina contra o desânimo no setor. De quebra vai oferecer também injeções com doses cavalares de otimismo. O evento está programado para a próxima quinta-feira 29 de outubro na Praça da Liberdade, a partir das 14h no Museu das Minas e do Metal, espaço que é patrocinado pela empresa Gerdau.

Leônidas vai anunciar a programação da sua pasta para os 300 anos de Minas que começa no dia 1 de dezembro com evento projetando a imagem de Minas Gerais no Cristo Redentor, na Cidade Maravilhosa. Ele têm boas noticias para o setor no que diz respeito a recursos destinados à criação de produtos turísticos e divulgação do destino.

Diálogo e intercambio entre Belo Horizonte e o Estado estão proibidos pelo Prefeito

O secretário se mostrou preocupado com a situação de Belo Horizonte, e sobretudo em relação ao distanciamento da Belotur com a Secult. O dialogo entre o município e o estado, pasmem, está proibido pelo prefeito Alexandre Kalil. Leônidas disse ter recebido ordem do governador para continuar trabalhando em benefício da capital independente do humor do prefeito. A hotelaria sofre com a baixa ocupação e o número de desempregados no setor bate recorde.

Recursos para divulgação e desenvolvimento do produto turístico é de R$120 milhões

De imediato a Secretaria de Cultura e Turismo – Secult conta com uma verba de R$4,3 milhões e uma promessa de compensação da Vale para amenizar os efeitos das duas tragédias, (Mariana e Brumadinho) no setor de turismo de Minas Gerais. O secretário disse ainda que o turismo nunca recebeu tantos recursos para serem aplicados em tão curto intervalo de tempo: “São R$120 milhões que serão injetados durante os próximos dois anos para reativar o setor, incluindo o que já temos consolidado como cidades históricas, Mar de Minas (Furnas) e Circuito Liberdade em Belo Horizonte”, relata o secretário que esteve até pouco tempo comandando a Embratur.

Em nota a Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais informou que vai apresentar a nova proposta do Circuito Liberdade e sua interface com o Turismo. Para isso fez uma programação especial que inclui palestras e visitas:

  • 14h – Abertura: apresentação do Decreto Circuito Liberdade com Secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira e Secretário-Adjunto Bernardo Silviano Brandão
  • 14h30 – Palestra “Interfaces Turismo e Cultura no Circuito Liberdade – Dr. Mauro Werckema 15h30 – Apresentação “Perspectivas do Turismo” na nova proposta do Circuito Liberdade e Calendário de Propostas
  • 16h30 – Encerramento com visita ao Palácio da Liberdade

Devido aos protocolos de segurança a assessoria da secretaria pede que os interessados se inscrevam antecipadamente. O evento também será transmitido nas redes da Secult MG. Acompanhe: https://bit.ly/2F8AMxV

As confirmações devem ser feitas pelo email agenda@secult.mg.gov.br, até hoje 27/10. Aos interessados em visitar o Palácio da Liberdade é necessário informar o RG.

José Aparecido Ribeiro é jornalista em Belo Horizonte e presidente da Abrajet-MG

Contato: jaribeironh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945

3 thoughts on “Secretário de Turismo de Minas Gerais convoca o trade turístico para uma injeção de ânimo

  1. Tomara que ocorra mudanças nessa eleição, pq os gestores públicos tb devem atuar apoiando e trabalhando junto à iniciativa privada. . Caso contrário difícil ocorrer melhoras com tanta gente ineficiente.

  2. Qualquer pessoa que está viajando seja por turismo, trabalho e ou visita a parentes necessita de apoio para cobrir os vazios em ociosidade por não conhecer nada da cidade.
    Em hotéis pessoas sem nenhum preparo turístico, são apenas entregadores de chaves. Sou provínciano e até desqualificado para opinar sobre consolidação de serviços e iata no turismo.
    Os hotéis deveriam oferecer serviços gerais de pequenos passeios de tour pela cidade em horários diferentes.
    Durante o dia visita a museus, parques, zoológicos, etc… e à noite bares e boites.
    Dentro desse prisma penso que acionaria o poder financeiro de um todo.
    Muita gente de nível e competência pra pensar e muita gente de pouca cultura pra executar.
    Isso é Brasil.

  3. É isso aí, nada como ideias que levantem o ânimo dos mineiros.
    Gostei de ver a vontade em dar a volta por cima . Parabéns aos que tem coragem de lutar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.