Turismo de Guapé busca reforço junto a Secult para construção do Plano de Desenvolvimento Sustentável

A Prefeitura Municipal de Guapé, uma das 34 cidades banhadas pelo Mar de Minas (Furnas) com maior potencial turístico de Minas Gerais, vai implantar o seu Plano Municipal de Turismo e para isso a secretária da pasta, que é jornalista e presidente do Conselho Municipal de Turismo de Guapé, Nádia Dutra veio pessoalmente a Belo Horizonte trazer convite e pedir o apoio do secretário estadual de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira para a sua empreitada.

Secretária de Turismo Nádia Dutra tem encontro com Leônidas Oliveira na Secult

Foto: Pedro Gontijo – Imprensa / MG

No encontro, marcado para a manhã de terça-feira (02) na Cidade Administrativa, além de mimos a secretária que tem uma agência de receptivo e um hotel, trás reivindicações justas que são essenciais para o fomento e organização do turismo na cidade cujo território é banhado pelo Mar de Minas. Guapé é um dos maiores municípios de Minas Gerais em área territorial, são 935.598 km2. O lago inundou 206 km no seu entorno possibilitando paisagens exuberantes vistas de vários pontos em montanhas desenhadas pela mãe natureza.

Foto: Roberto Gontijo – Secretária de Turismo de Guapé Nádia Dutra

Além de recurso para implantação de uma Estação de Tratamento de Esgoto – ETE, essencial para manter a proteção do Lago, a secretária em nome do prefeito Nelson Alves Lara vai pedir a intervenção do secretário Leônidas junto ao DER para conclusão de trechos de rodovias que ligam Guapé à BR 265 e a MG 170, tornando o acesso um atrativo a mais para turistas que chegam a Guapé de carro por Pimenta.

Estradas com pavimentação descontinuada não é a melhor rota. O asfalto por Boa Esperança e Ilicínea gargante tranquilidade

Os riscos de visitantes caírem em estradas de terra são grandes, pois os mapas de navegação do Google Maps não citam que ainda há trechos sem pavimento asfáltico, embora sejam boas as estradas vicinais poe rotas mais curtas em verdadeiras, especialmente no trecho entre Pimenta e Guapé. A secretária vai propor também parceria para implementação da Web tv que ela entende ser uma boa forma de comunicar virtualmente as belezas da cidade fomentando o turismo e a cultura  da cidade pela rede mundial de computadores.

Guapé tem mais de 50 cachoeiras e 15 delas são seguras para turistas

Foto: Acervo Secretaria de Turismo de Guapé – Parque Ecológico do Paredão

Guapé tem uma população de 14,3 mil habitantes, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) atualizados em 2020. Sua rede hoteleira é de aproximadamente 100 unidades habitacionais – UH´s, e a cidade tornou-se município em 3 de fevereiro de 1924. Sua história se divide em duas partes: antes e depois das águas de Furnas, devido à inundação na década de 1960 para construção da usina hidrelétrica que foi concluída em março de 1965, e que ocupa nada menos do que 1.440 km², área cinco vezes maior que a Baia de Guanabara no Rio de Janeiro.

Foto: Acervo Bella Minas Pousada Guapé-MG

As águas do Lago de Furnas são fundamentais para o turismo de Guapé que cresce a passos largos em números expressivos e em qualidade, sobretudo por quem busca paz e contato direto com a natureza. Os turistas chegam de várias partes: São Paulo, Espírito Santo, Goiás, Rio de Janeiro, de cidades do interior de Minas Gerais e até de países Europeus e Norte Americanos.

Ao longo dos anos Guapé vem se desenvolvendo e tem atrativos para amantes de cachoeiras, esportes náuticos, e para os apreciadores do turismo rural de aventura, além do turismo de contemplação. Nádia acredita neste nicho e tem planos para fomentar a prática do turismo verde no entorno de Guapé.

Foto: Suite std da Pousada Terramare – Guapé-MG

Ela lembra que “a cidade era ponto de partida de visitantes que buscavam os kenyons de Furnas, mas com a popularização do turismo rodoviário em Capitólio, Guapé tem recebido uma nova categoria de turistas, os mais exigentes que não abrem mão de conforto, preços atrativos e do turismo sustentável”, relata a secretária.

Ela disse ainda que é possível explorar o Lago de Furnas, ir até os canyons ou escolher uma das 15 cachoeiras escondidas pelas trilhas da cidade, sem tumulto, com passeios organizados em grupos menores. Próximo à cidade são mais de 50 cachoeiras, mas apenas 15 estão homologadas e possuem segurança para o turista.

Guapé é endereço de hotéis e pousadas aconchegantes

Foto: Restaurante do Hotel Terramare

Em Guapé fica o Terramare, um verdadeiro resort de água doce com píer e pista de pouso, além do condomínio Península, endereço de várias pousadas, todas com acomodações confortáveis, restaurantes honestos e a simpatia do jeito mineiro de receber, algumas atendendo aos hóspedes 5 estrelas que chegam em seus próprios aviões. Um dos destaques é a pousada Bella Minas na beira do lago com área de lazer, eventos e piscina convidativa, em local privilegiado de frente para o espelho d’água.

No mesmo espaço do Condomínio Terramare Península é oferecido aos amantes dos esportes náuticos toda a estrutura para navegação com estacionamento para lanchas e barcos, além de um centro gastronômico de altíssimo nível, aberto ao público que pode passar o dia no local, mesmo sem ser hóspede no Terramare.

Foto: Pier Terramare – Acervo Terramare Pousada

A cidade guarda o privilegio da vida pacata de interior com a exuberância do lago e prodigiosa natureza com paisagens paradisíacas ao seu redor. Turismo e sustentabilidade andam juntos em Guapé, de acordo com o prefeito Nelson Alves.

Com a reconstrução de Guapé após a inundação do lago, os urbanistas que planejaram a cidade não pouparam espaço na abertura de ruas de traçado ortogonal e largas. Vale a pena conferir em sua próxima viagem de carro pelo rico estado de Minas Gerais as belezas de Guapé e sua hospitalidade.

José Aparecido Ribeiro é jornalista e presidente da Abrajet-MG

Contato: jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945 – www.zeaparecido.com.br

Este Blog não recebe verbas publicas e por isso aceita anunciantes e doadores. Colabore com este jornalista se você acredita no seu trabalho.

3 thoughts on “Turismo de Guapé busca reforço junto a Secult para construção do Plano de Desenvolvimento Sustentável

  1. bom dia
    pode por favor me passar o fone de seu departamento de turismo ai da cidade de guape ? o fone 35 3856-1250 chama até cair e ninguem atende achei uma vergonha tem varios dias que venho tentando ,pois desejo saber qual hotel ou posada ai do município possua brinquedoteca e playground

  2. Uma boa administração do Sr. Leônidas com visão ampla de mercado, explorando todas áreas com potencial turístico.
    Também acordos com outras Secretarias no esforço de adequar os acessos com asfaltamento de rodovias.
    Divulgação das áreas mais visitadas, boas cidades próximas a Guapé como Passos e Varginha.
    O mar de Furnas ou o mar de Minas, tem um grande potencial e o retorno é inevitável.
    Assim como os árabes construíram suas grandes metrópoles turísticas temos que dar o pontapé inicial.
    Parabéns Sr. Leônidas.
    Parabéns José Aparecido com suas reportagens.

  3. Quando há interesse, encontra-se solução. Os planos são grandes e viáveis e, tenho certeza, por tudo que já li sobre o Secretário de Cultura e Turismo Sr. Leônidas Oliveira, haverá o maior empenho em realizar o melhor.
    Estou encantada com as fotos expostas sobre o mar de Minas e das pousadas. Natureza linda e acolhedora, que desperta em mim, e acho que em todos que as veem, o desejo de conhecer.
    Parabéns pela reportagem e sorte a secretária Nádia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.