Aeroporto de Macapá, uma caixa preta que ninguém explica…

Visito o Amapá há mais de seis anos. Desde que cheguei lá pela primeira vez, em 2006 a obra do Aeroporto Internacional esta parada. Ouvi dizer que foi por causa de falcatruas envolvendo a empresa que ganhou a licitação (superfaturamento) e políticos graúdos de Brasília, eleitos pelo Amapá. Não sei quem está errado e o que fizeram, como também não consigo compreender o que permite que uma obra possa ficar parada por seis anos sem que ninguém venha a publico dizer o que está acontecendo. Será que os responsáveis pelo desembaraço dessa safadeza moram em outro planeta? Ou será que estão sentados encima do processo, empurrando ele com a barriga, cientes de que o povo e a opinião pública tem memória curta?

 

É INADMISSÍVEL que um Aeroporto desta importância não seja concluído por que algum magistrado, parceiro de políticos desonestos, sentou encima do processo e não deixa ele andar. Como usuário e Cidadão, em dia com os meus impostos, gostaria de ouvir deste magistrado, se são verídicas as afirmações, e as razões para tanta morosidade. O Povo do Amapá é passivo, basta ver a situação da Capital que mais parece uma cidade bombardeada por canhões de guerra, tamanha a quantidade de buracos e esgoto a céu aberto, além do atraso em quase tudo que depende do poder publico. Mas nem todo mundo consegue ficar calado diante deste disparate.

 

O Brasil quer saber quem são os responsáveis pelo atraso de mais de meia década na retomada das obras de um importante Aeroporto que é estratégico para a Região Norte do País e por que ninguém vem a público dizer o que está acontecendo. Pago taxas de embarque, sou cidadão brasileiro e espero ter o direito de saber o que está se passando naquele aeroporto. Adianto que não gostaria de ouvir desculpas, essas estou cansado de escutar todas as vezes que encontro políticos naquele aeroporto e cobro deles alguma explicação. A resposta é sempre a mesma: “Algum graúdo do JUDICIÁRIO sentou encima e não deixa o processo andar”. É sempre a mesma ladainha e isso já virou desculpa corriqueira, de quem não quer resolver o problema.  Afinal, por que esse aeroporto está com sua obra paralisada até hoje?

 

José Aparecido Ribeiro

Bacharel em Turismo

Jornalista RT-17.076 – MG

Belo Horizonte – MG

31 9953 7945

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.