Eduardo Costa mata a cobra e mostra o pau…

Eduardo Costa vai além com as suas palavras. No Artigo "Insegurança e Indiferença", HD de 16.11.2011, mais do que informar ele convida a sociedade para uma reflexão e cobra atitudes das autoridades que parecem dormir em um sono profundo, bem longe da realidade.
A segurança publica virou caso de polícia, já que de política ou falta dela, já é a muito tempo.
Não é novidade para ninguém que os responsáveis vivem longe da realidade, como bem soube colocar o nobre Radialista da Radio Itatiaia e Jornalista do HD e da TV Record.
Porém, na medida que o crime vai chegando perto dos cidadãos mais afortunados, o enfoque sai do campo da subjetividade, como gosta as autoridades, para o campo da epidemia… O que não faltam são fatos que confirmam a gravidade do assunto. Ainda hoje, conversando com um amigo que é gerente de um dos maiores hotéis do centro de BH, ele me contou que teve a garagem do seu estabelecimento arrombada pela terceira vez só este mês. Lembro que estamos no dia 16 e ainda faltam 14 dias para encerrar novembro e o hotel foi vítima de assaltos 3 vezes. Perguntei se ele havia chamado a policia e a resposta veio na ponta da língua: "Não adianta, eles não resolvem nada"…
Pasmem, mas ele tem as imagens do ladrão gravadas NITIDAMENTE nas câmeras de segurança do hotel, mas não acredita que a PM e nem a Polícia Civil de MG irão envidar esforços para resolver o problema. (2 instituições que precisam da credibilidade da população, mas que parecem perdidas).
Ao tomar conhecimento do arrombamento desta madrugada, que foi no seu próprio carro, ligou para a PM e recebeu como resposta que ele deveria ir pessoalmente até a 6a Cia na Rua Carijós. Acreditem, a PM não dignou-se a comparecer no local mesmo com os apelos da vítima.
Como se não bastasse, na Policia Civil, encontrou uma fila com mais de 30 pessoas esperando para registrar ocorrências. Nas paredes da delegacia, cartazes anunciando estado de greve.
Este breve relato mostra o que o Jornalista Eduardo Costa disse na chamada do seu artigo:
Insegurança e Indiferença retratam o estado de letargia das duas principais instituições policiais da nossa Cidade. Infelizmente, a julgar pelo que assistimos, estão abandonadas a própria sorte. O resto é desculpa esfarrapada de políticos e agentes públicos desmotivados que fazem o básico quando deveriam cumprir suas missões com altivez, a tempo e a hora.

José Aparecido Ribeiro
Consultor em Assuntos Urbanos
BH – MG
CRA MG 0094 94
31 9953 7945

Enviado pelo meu aparelho BlackBerry® da Vivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.