Kalil quer devolver a caneta para a BHTrans.

O Prefeito de BH, Alexandre Kalil, aquele que prometeu abrir a “caixa preta” da BHTrans encomenda estudos para devolver a empresa que cuida do trânsito de BH o direito de usar a caneta como método educativo.

Como se não bastasse a quantidade de radares, detectores de avanço e todos os meios eletrônicos disponíveis para faturar nas costas do motorista belo-horizontino. Tudo legal, politicamente correto, mas imoral.

Antes da legitimidade o Prefeito deveria se preocupar em devolver ao gestor do trânsito a credibilidade que ela perdeu há muito. E isso além de necessário, deveria ser urgente, pois deslocar por BH além de estressante, está ficando Impraticável, assunto de saúde pública.

Vale lembrar que a população nao adere a nada que vem da BHTrans. Sabe-se que dela, além de BRT, ciclovias e medidas restritivas de afunilamento de vias, alargamento de passeios, mesmo os que não tem trânsito de pedestre, e instalação de sinais, sem sincronia, nada se vê de novo e ousado. É sempre mais, do mesmo.

Para devolver a credibilidade do gestor municipal do trânsito o prefeito precisa quebrar paradigmas, começando pelo Estatuto da BHTtans, transformando ela em uma CETT (Cia. de Engenharia de Transito e Transporte), com foco e engenharia, gestão e não em arrecadação ou mera cumpridora de tabela. Sem a caneta a BHTrans já fatura, imagine com?

Evidentemente que só isso não basta. Ele precisa além de mudar o nome e o norte do que viria a ser uma autarquia, fazer uma faxina tirando a turma do deixa disso e convocando gente nova, com gás, sem vícios, assim como ele fazia quando era presidente do Galo. No comando a 25 anos, o mesmo grupo segue mostrando a que veio, ou seja, nada. Resultados medíocres e nenhuma inovação.

Kalil precisa compreender que a cidade é dinâmica, tem suas peculiaridades de clima, topografia e que não pode ficar copiando modelos importados da Europa, que servem a outras culturas muito diferentes da nossa. A cidade clama por medidas capazes de dar fluidez ao tráfego e por transporte coletivo decente, que não seja só ônibus insalubres.

José Aparecido Ribeiro
Consultor em Assuntos Urbanos
Autor do Blog SOS MOBILIDADE URBANA
CRA MG 08.0094/D
31-99953-7945

13 thoughts on “Kalil quer devolver a caneta para a BHTrans.

  1. A unica coisa que politico serve é aumentar impostos, o resto não muda em nada a administração, sai um entra outro, e nada faz de melhor só merda, todos corruptos, BH TRANS e seu BRT de porcaria, pois é pau mandado das empresas, não BH Trans, DER é pior.

  2. Mais dinheiro para as empresas de sinais de trânsito e radares, a única função dá bhtrans é criar intervenções no trânsito totalmente desnecessárias para implantar mais sinais de trânsito, aumentando o faturamento das empresas fornecedoras que já há muito tempo bancam as eleições de prefeitos e vereadores pelo caixa dois, e ainda tem gente que defende essa palhacada do Kalil, ser gado é a vocação do brasileiro mesmo.

  3. So é multado, quem não respeitas as regras de transito,quem faz as autuações, não interessa, brasileiro não respeita ninguém, so existe a multa por culpa exclusiva dos infratores, vamos deixar de ser hipócritas.

    1. Eu já fui multado em um lugar em que eu não estava, estava trabalhando na minha empresa na hora que a multa foi aplicada!!! Recorri e não obtive sucesso. Quem me dera se só os infraores fossem multados, amigo!

  4. Concordo em parte com o texto, porém tem que ser exposto neste que os funcionários não tem culpa desses problemas, todos são concursados e não estão de favor na empresa e nem são cabides de emprego ou indicação política. O quadro de funcionários está baixíssimo pois não há concurso desde 2005. Sempre importante ressaltar o elevado nível do corpo funcional: os fiscais que trabalham nas ruas têm formação superior em mais de 80% do quadro e desses grande parte possui uma ou duas pós- graduações,ou seja, tem que valorizar muito esses competentes profissionais. Espera-se isso do prefeito Kalil. Pra finalizar, a autuação à motoristas infratores faz parte do processo, o que não é permitido é multar quem está certo! O resto é desculpa esfarrapada..

    1. Curso superior e pós traz conhecimento. Mas não credibilidade. Muito menos à empresa para a qual trabalham. Fato. Certo ou errados, infratores ou não, ninguém confia e nem acredita na BHTrans. Indústria da multa.

  5. Excelente texto! bhtrans nunca foi gestora de trânsito e nem tão pouco teve alguma credibilidade. Simplesmente mais um exemplo da inutilidade do poder público. Mas acho que os motorista de BH merecem. Difícil achar piores que estes!

  6. O problema das multas por canetada é que fica a sua palavra contra a do agente de trânsito e muitas vezes os recursos são negados e pelo que conheço , nunca ouvi dizer que alguém ganhou um recurso. Já fui multada em uma data que não estava em BH e mesmo misturando comprovante bancário e de cartão me informaram que não era prova pois poderia ter emprestado o carro . Detalhe na fatura havia comprovação de posto de gasolina. Conclusão deveria ter uma maneira mais justa para o condutor se defender e ser ouvido.

  7. Perfeito o comentário! Lembro-me que há um 08 anos atrás estava no meu carro com um paulista e um argentino, de Cordobá, que já tinham vindo a BH, e me disseram que não entendiam a engenharia de trânsito daqui, que não fazia sentido. De repente uma rua vira contramão, obrigando a dar voltas, etc.

  8. Está corretíssimo. Toda hora e todos os dias nos presenciamos condutores infratores. Os motoristas só se intimidam com o valor da multa, e nunca com a infração que cometem. Não respeitam o direitos dos outros condutores , querendo sempre levar vantagem no trânsito. E digo mais, coitado dos pedestres……

  9. Se você estiver errado pouco importa quem te multa. O problema maior é o destino deste dinheiro e sua aplicação em projetos ou seja la o que for que melhore a mobilidade urbana.

  10. A prefeitura está carente $$$? Vão arrecadar dinheiro dos desavisados!! Não basta o que pagamos de impostos!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.