O trânsito de BH espera pelo Kalil.

A escolha do local é aleatoria, a cidade inteira tem pontos iguais ou piores do que esse que será citado. Alguns debaixo do “bigode” da BHTrans, outros da sede da SUDECAP e do Prefeito.Todos esperando por ações que não vem. No quesito trânsito a cidade esta abandonada. Isso é fato.

Há alguns anos gastava-se 20 minutos do trevo do BH Shopping pela Av. Raja Gabaglia até o cruzamento com a Av. Barão Homem de Melo, no Buritis. Estamos falando de 600 metros. Hoje o tempo gasto em média é de 40 minutos ou mais.

Subir a Av. Raja Gabaglia ao invés da Nossa Senhora do Carmo em direção ao Buritis, antes gastava-se 30 minutos, agora tem passado de uma hora do Gutierrez ate a Av. Barão Homem de Melo. Lembro que a frota de veículos em circulação aproxima-se a passos largos, independente de crise, de 2 milhões de unidades.

Ladainhas a parte, de que obras apenas transferem engarrafamentos de um cruzamento para o outro, o fato é que ninguém escapa do gargalo que compõe o cruzamento das duas avenidas já citadas e a Rua Jose Rodrigues Pereira. Iguais a esse, existem mais de 150 pontos críticos que precisam de intervenções de engenharia, INEVITAVELMENTE.

Concluo sem medo de errar que os engenheiros da BHTans e da SUDECAP não andam pela cidade, ou por alguma razão estão de pirraça. O COP (Centro de Operações da Prefeitura) orgulho do ex-prefeito Marcio Lacerda, vitrine do atual presidente da BHTrans, local que ele usa para encantar os incautos, parece não existir, ou ser propaganda enganosa.

Concebido para administrar o trânsito em tempo real, não mostrou a que veio. E é fácil comprovar: não existe uma única via ou corredor de tráfego em BH onde os sinais funcionam em sincronia. Não há exceções, a onda vermelha está presente em todas as ruas e avenidas da cidade, a qualquer hora.

Esperar que o silêncio faça motorista de carro virar passageiro no BRT ou ciclistas, é desrespeito a inteligência alheia e atestado de incompetência. Prefeito Kalil, ordene que a turma da engenharia tire a bunda da cadeira e apresente soluções, ou peçam pra sair. É o mínimo que a população espera de V.Exa.

José Aparecido Ribeiro
Consultor em Assuntos Urbanos
ONG SOS MOBILIDADE URBANA – Autor do Blog.
99953-7945

22 thoughts on “O trânsito de BH espera pelo Kalil.

  1. Gente inocente. Quem são donos das empresas de ônibus são os políticos aqui de Minas (deputados, vice-governadores, secretários…). Como que farão algo que os prejudiquem ? Uma das maneiras de resolver: tirar das mãos de todos os empresários, reorganizar novamente de forma que atenda a população e depois passar pra iniciativa privada de novo.

  2. Antes de falar em assumir a gerência do anel rodoviário o prefeito deveria assumir a absoluta incompetência da bhtrans . O gestão do trânsito de Belo Horizonte está nas mãos de pessoas que comprovadamente não tem condições técnicas para tamanha responsabilidade. As sucessivas gestões do PT e assemelhados atrasaram nossa cidade em 30 anos . Essa turma viaja para a Europa com nosso dinheiro e volta acreditando que o que funciona lá , também funcionará aqui . Esquecem-se de considerar a geografia , as prioridades e , principalmente, a educação do povo . Belo Horizonte precisa de obras , muitas obras , e não de puxadinhos para mudar o problema de lugar . E muito menos dessa idiotice de ciclovias .E chega de tentar convencer a população a usar esse transporte público péssimo . Assuma sua responsabilidade sr. prefeito. Acabe com a bhtrans e coloque pessoas competentes , que possuam qualificação e compromisso com a cidade . Seja firme , esqueça essa ladainha de educar o povo . Coloque a guarda municipal nas ruas e tolerância zero com os infratores.

  3. Ze, boa tarde.

    Na sua opinião qual é o perfil ideal para comandar a BHTRANS e quem se encaixa neste perfil.

    Abraços,

    1. Prezado

      O perfil para comandar a BHTrans, na minha opinião, alguém que já morou ou conhece bem o Rio de Janeiro ou São Paulo, que seja a favor de obras e que compreenda que a cidade tem um passivo de 30 anos de infra estrutura.
      Alguém que enchergue daqui há 50 anos. Que não seja xiita e que não venha com o mesmo discurso inútil de que o povo precisa andar de bicicleta, BRT ou apé, como prega a atual gestão. Alguém que não seja medíocre, que conheça a cidade e que compreenda que ela precisa ter corredores que atravessam ela sem interrupção de tráfego. Alguém que compreenda que carro não vai sair de cena tão cedo e que não adianta discurso bonito, mas ação urgente.
      Se quiser saber mais, estou à disposição ao telefone. Planos não faltam. Precisamos é quebrar paradigmas e tirar esses fundamentalista xiitas do comando do trânsito. Com eles a coisa vai piorar. Odeiam carro, embora eles andem de carro.

      Um abraco
      José Aparecido
      31-99953-7945

  4. O grande problema não é o transito são os automoveis que estão invadindo a simplescidade, vejo um bando de imbecis no transito todo dia. Play boys, pratricinhas, madames indo as compras, favelados com som auto, etc .etc… Gente sem pedigree, que poderia esta usando onibus, metro ou carona. Existem serviços de entrega e varios meios de evitar usar o carro. Precisamos é de mais linhas de metrô e ônibus e menos carros sem necessidades na rua, ou voltar pro interior. O Brasil é uma fazenda de 500 anos.

  5. A única onda vermelha que existe na BHtrans é a ideologia de seus funcionários.Se se reduzissem aquela monstruosidade à metade,colocassem os tais “técnicos” para catar coquinhos, iria se conseguir uma economia bastante significativa,se usada a favor do trânsito da cidade.

  6. Quanta conversa fiada, trânsito é igual futebol todo mundo acha que sabe tudo. Falar e criticar quem esta trabalhando é facil. Para vocês todos digo – O que você faz para melhorar a cidade? A BHTRANS não faz milagre ainda!! Esse josé aparecido só quer uma vaga no Estado e promover com ideias descabidas.

  7. Um verdadeiro vestival de horrores. Além de tudo, grande parte dos motoristas da cidade não tem nenhum respeito ou senso de coletividade. É uma selva onde infelizmente ainda prevalece a ‘Lei do Gerson’, em que os espertalhões acham normal prejudicar inúmeros outros cidadãos para pararem seus carros em filas duplas ou fechando os cruzamentos. Ninguém respeita faixa de pedrestes e cortar pelo acostamento é algo corriqueiro. Não tenho nenhuma esperança de que vá melhorar e meu único desejo é que um dia eu possa dizer: tchau BH.

  8. Passo pela Vilarinho e a falta de sincronismo é mesmo um tapa na cara dos motoristas.
    Concordo com os comentários anteriores. O que falta é a equipe da BHTrans tirar a bunda da cadeira e fazer o que tem de ser feito: FISCALIZAR, ANDAR PELOS PRINCIPAIS CORREDORES DE TRAFEGO DA CIDADE E CONTRIBUIR PARA UM TRANSITO MELHOR.
    Não da para admitir que ruas secundárias tenham a preferência de transito do que as avenidas entupidas de carros. Tem que dar vazão nas avenidas.
    Vamos lá!! Coragem fiscais!! passem pela Vilarinho. Duvido que não parem em treis sinais, em treis esquinas em sequência. Sim a cada 100 metros você vai parar. Arranca o carro e para no sinal seguinte. Vamos lá!!! Coragem!!! Levantem a bunda!!! Isso já acontece a alguns ANOS!!! e imagino que já devem ter trocado sua cadeiras.
    Vou dar uma ajuda: Vilarinho com Av. Marechal Falconiere – Vilarinho com Av. Liege – Vilarinho com Rua Sandra Barros Amorim.
    Dá pra matar qualquer um de RAIVA!!!

  9. Muito bom comentário José Aparecido. Isso é apenas uma parte do caos que está no trânsito da cidade de Belo Horizonte. Conclusão: estamos há anos nas mãos de pessoas amadoras. Basta lembrar dos vários sinais que pararam de funcionar na cidade poucos dias atrás.

  10. Fico feliz em saber que não estou sozinho, e também por existir alguém com coragem para denunciar e tornar público a incompetência e descaso deste órgão.
    Durante anos venho notando o descaso da BHTrans.
    Para ter ideia do descaso, basta tentar descer a Bias Fortes e notará a total falta de sincronia dos sinais.
    No cruzamento da Nossa Senhora do Carmo x Contorno, em horários de pico, acontece um verdadeiro nó cego.
    E é fácil para qualquer pessoa mais inteligente e lógica notar que a culpa não é do fluxo de veículos, e sim da péssima administração deste serviço por estes órgãos.

  11. Meu caro Jose Aparecido Ribeiro, infelizmente estamos a mercê dessa turma incompetente da BHTRANS, pois intervenções simples já ajudaria e muito, onde já se viu avenidas de grande fluxo de carros como RAJA, BARÃO, MÁRIO WERNECK, SILVA LOBO, ETC ainda terem estacionamento, coisa ridícula, bando de amadores, sem falar de sincronização de semáforo, etc.

  12. Meus caros, é impossível ter um trânsito decente em Belo Horizonte. Arriscaria dizer, que na maioria das capitais brasileiras, o trânsito já entrou em colapso.

    Cidades como BH, SP, RJ, Vitória… cresceram de forma desordenada. A estrutura das vias não acompanhou o crescimento vertical. Há muita gente morando nessas cidades, mais do que elas comportam; consequentemente, falta espaço para veículos pequenos, veículos grandes e até bicicletas.

    Aliado a isto, o transporte público é uma vergonha. Visitem um país desenvolvido e entenderão melhor do que se trata. Mais especificamente em BH, tudo é muito mal feito; seja por interesse das empresas de ônibus, seja por falta de dinheiro para investir, ou até mesmo por pura má vontade e erros de planejamento. Eu não imagino Belo Horizonte com um trânsito decente tão cedo… muita coisa, mas muita mesmo, teria que acontecer. Então, reclamar é dar murro em ponta de faca, porque o que fará melhorar essa situação pra valer, é uma mudança drástica na política desde os níveis federais até os municipais. Eu, particularmente, abri mão de um salário maior para poder ter qualidade de vida. Atualmente, não enfrento o trânsito em horário de pico, não dirijo no anel rodoviário e nem passo raiva no centro de BH. Quando vou ao centro, uso o metrô, entre as 10h e 15h (no máximo). É o preço que se paga para não passar raiva… mas tá valendo muito a pena.

  13. na campanha ele prometeu que os politicos que ficam sentando o dia inteiro no zapzap iam trabalhar, infelizmente ainda nao fez isto com a bhtrans, tava ruim, com o kaliu piorou

  14. Meu caro José Aparecido, infelizmente a população mineira é extramente acomodada. Ninguém reclama de nada. Enquanto Belo Horizonte está há anos sem receber nenhuma verba para o metrô, as outras capitais do país receberam enormes recursos do governo capital. Antes da eleição, Lula e Dilma prometeram milhões para os mineiros desavisados, depois da vitória adeus promessa.

  15. BHtrans se transformou num reduto de petistas. Lá, os projetos de são de TENTATIVA/E/ERRO!!!
    Kalil não consegue nem trocar as lâmpadas e quer administrar o anel!!!! Se esqueceu que grande parte dele já é privatizado.

  16. José Aparecido. Você esta incomodando muita gente. Essa turma que tenta te desqualificar é todo mundo da BHTTRANS. Eles não conseguem apresentar resultados, você vai na ferida e eles ficam loucos. O Khalil caiu no conto do vigário. Como voce disse, seduzido pelo misancene desse pessoal que está aí há 2 décadas. Esses caras são preguiçosos e ainda não entenderam que a cidade precisa de obras. Para ontem. Parabéns pelo seu trabalho. Esse que falou ai deve ser da turma do Carlão.

  17. Tem um certo exagero nos seus números. Eu saio de ônibus do centro todo dia em direção ao Buritis, no horário de pica da manhã e demoro 40 minutos na viagem inteira. Em alguns dias eu pego outro ônibus da Savassi ao Buritis que passa pelo BH Shopping. Nunca levei mais de 15 minutos pra esse percurso.
    A cidade precisa de intervenções? Muitas! Mas não há de onde tirar verba…

  18. Que mimimi tremendo. Acha que é facil transformar uma via de tres faixas em seis. faça a sugestão de onde tirar verba pra fazer essas obras.

  19. Realmente a falta de sincronização dos sinais dificultam muito. Na Av. Amazonas e Augusto de Lima vc para em todas as esquinas pois abre um sinal e fecha outro. Precisamos pensar tb em faixas exclusivas p os ônibus, pois o gargalo continua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.