Provincianismo nosso de cada dia. Anel Rodoviário de BH

Mais uma vez o Anel Rodoviário parou e BH não se movimentou nesta manha de terça feira dia 16/08. Um acidente com um ônibus as 3:30hs da madrugada teve repercussão por toda a Região Metropolitana e em especial nos grandes corredores da Capital até 11H. A PM, representada pelo seu Pelotão de Policia Rodoviária  (PMRv), veio a publico dizer que o fechamento do Anel Rodoviário é culpa do usuário imprudente e não da inoperância e desarticulação dos órgãos responsáveis.

 

Pasmem, mas segundo declarações do Comandante do policiamento do Anel, Tenente Pedro Henrique Alves Barreira, “fechar um corredor  importante como esse é normal”. Deixa-lo parado por 7 horas é aceitável e inevitável quando o acidente tem vitimas. Inacreditável! Lembro que em junho de 2012 foi criado um "Comitê de Crises" que atuaria em conjunto com todos os órgãos de defesa do estado e do município para evitar episódios como esse. Comitê que deveria ser comandado pela BH Trans, mas que existe só no papel. Afinal, a BH Trans está ocupada, instalando radares pelos 4 cantos da cidade. Reduzida a sua condição de arrecadadora.

 

Vale ressaltar ainda que a Via 040 não tem, por contrato, qualquer obrigação com a desobstrução do Anel Rodoviário em caso de acidentes. Sua atuação entre os bairros Califórnia e o Olhos D’Água é uma cortesia. Ou seja, se a Concessionária deixar de ser "boazinha", o caos será ainda maior. Seguimos esperando a reforma do Anel Rodoviário, sabe-se Deus até quando. Fica a pergunta para os candidatos a Prefeito: Até quando o cidadão de BH terá que conviver com isso?

 

José Aparecido Ribeiro

Membro da Comissão Técnica de Transporte da SME.

Diretor da ACMINAS 

CRA MG-08.00094/D

31-99953-7945

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.