Nota de esclarecimento do Ministério da Defesa sobre despesas atribuídas a Bolsonaro criminosamente

Ministério da Defesa esclarece gastos com alimentação das Forças Armadas

Brasília (DF), 27/01/2021 – O Ministério da Defesa (MD) informa que as Forças Armadas devem, por lei, prover alimentação aos militares em atividade. Ao contrário dos civis, os militares não recebem qualquer auxílio alimentação.

O efetivo de militares da ativa é de 370 mil homens e mulheres, que diariamente realizam suas refeições, em 1.600 organizações militares espalhadas por todo o País.

O valor da etapa comum de alimentação, desde 2017, é de R$ 9,00 (nove reais) por dia, por militar. Com esses recursos são adquiridos os gêneros alimentícios necessários para as refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar). Esse valor não é reajustado há três anos.

As Forças Armadas têm a responsabilidade de promover a saúde da tropa por meio de uma alimentação nutricionalmente balanceada, em quantidade e qualidade adequadas, composta por diferentes itens.

O leite condensado é um dos itens que compõem a alimentação por seu potencial energético. Eventualmente, pode ser usado em substituição ao leite. Ressalta-se que a conservação do produto é superior à do leite fresco, que demanda armazenamento e transporte protegido de altas temperaturas. De acordo com o IBGE, o brasileiro consome em média 5,6 gramas de doce à base de leite por dia. Por se tratar de um contingente eminentemente jovem, o consumo, eventualmente, pode ser até um pouco superior.

No que se refere a gomas de mascar, o produto ajuda na higiene bucal das tropas, quando na impossibilidade de escovação apropriada, como também é utilizado para aliviar as variações de pressão durante a atividade aérea.

Salienta-se ainda que, em 2020, as Forças Armadas mantiveram plenamente suas atividades, uma vez que a defesa do País e a segurança das fronteiras marítima, terrestre e aérea, bem como o treinamento e o preparo, são essenciais e não foram interrompidas. As Operações Covid-19 e Verde Brasil 2 demandaram um enorme esforço das tropas diuturnamente. Só no combate à pandemia, mais de 34 mil militares atuaram diariamente em todo o território nacional.

Em suma, considerando o efetivo das Forças Armadas, é natural que os totais de gêneros, quando somados, apresentem valores compatíveis com sua missão e tarefas.

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071

Fosse a imprensa brasileira comprometida com a verdade, dirigida por gente bem intencionada, preocupadas com o futuro do país, todos os veículos que fizeram ilações e acusações infundadas contra o presidente Jair Bolsonaro, estariam se retratando.

O jornalismo está sujeito a códigos subliminares de ética e compromisso com a verdade. O que se vê no entanto é profissionais agindo como militantes partidários, engajados em sucessivos movimentos sórdidos que visam minar a governabilidade do país, atentando contra a democracia e sobretudo contra a honra de um presidente eleito por 58 milhoes de cidadãos.

Tudo isso acontecendo debaixo do bigode só Congresso Nacional, do STF e de entidades ativistas como OAB, ABI, FENAJ e outras representativas da categoria que pecam diuturnamente por omissão ou conivência. Atitude abominável e inaceitável.

José Aparecido Ribeiro é jornalista

Contato: jaribeirobh@gmail.com – WhatsApp: 31-99953-7945 – www.zeaparecido.com.br

Este blog não recebe verbas públicas e aceita doações ou anúncios.

13 thoughts on “Nota de esclarecimento do Ministério da Defesa sobre despesas atribuídas a Bolsonaro criminosamente

  1. É extremamente urgente a ação do Ministro da Justiça, em enquadrar os colunistas e repórteres que ofendem o Presidente da República, foi eleito, é o mandatário deste País, essas ofensas devem ser enquadradas na Lei de Segurança Nacional. Ainda temos muitos cidadãos sem cultura, que sofreram lavagem cerebral, portanto deve haver punição imediata pra quem desrespeita o Governo Federal.

  2. Não sou jurista, não entendo de leis, nem da minha própria constituição, mas o que estou presenciando é nojento e repugnante, a imprensa marrom divulgando calúnias e difamações contra a autoridade máxima da nação, escolhida democraticamente pelo seu povo, e a nossa corte de justiça de braços cruzados e de boca fechada. O que é isso? Não é a pandemia que os impede de agir e sim a conivência com as inverdades publicadas e divulgadas irresponsavelmente e descaradamente. Vamos a luta defender quem escolhemos para governar a nação e que está primorosamente cumprindo seu papel.

  3. Nós estamos cansados dessa imprensa odiosa, rasa e sem verdades. Imprensa marron! sai de dentro do lixo!

  4. Chicletes e leite condensado, incomodam muita gente, a lagosta e os vinhos nao. Cansada deste jornalismo raso, medíocre, consegui hoje cancelar minha assinatura do grande jornal dos mineiros. Motivo do cancelamento? O conteúdo jornalístico. Os jornalistas que estão
    colaborando com perseguição ao presidente dia e noite e que abandonaram as informações de cunho verdadeiro. Jornalistas que estao colaboram para que nosso querido estado continue emperrado, sem obras, sem crescimento, ajudando políticos inescrupulosos a se reelegerem. Façam bom proveito e continuem alimentando esta parcialidade, fazendo o desserviço da desinformação. Não quero trocar pela mídia digital, quero trocar de jornalistas da imprensa marrom, quero me informar pela imparcialidade e pela verdade. Mas hoje voces corroboram para que a mídia digital cresça para desmentir cada linha escrita por vocês. Com muita tristeza que falo sobre a irresponsabilidade de vocês.

  5. A coisa mais facil é em detrimento da verdade, caluniar, ofender, tudo em função da vantagem em cima dos problemas diarios da nação brasileira. Quem nao respeita a lei, a constituição os entes federados e o povo quê mántem a sua patria atraves do seu trabalho, na sua casa deve sim responder pelas calúnias.

  6. Isso, sabemos, a imprensa marrom (há muito vermelha) não irá divulgar em quaisquer dos seus veículos de comunicação, mantendo, a qualquer preço, o nosso povo sempre mal informado, ludibriado, ignorante e enceguecido. Esses péssimos profissionais deveriam ter vergonha de si mesmos quando se olham pela manhã no espelho ou à noite, quando vão dormir e pensam nas calúnias que proferiram, nas mentiras que plantaram, nas difamações que podem destruir, para sempre, a reputação de uma pessoa. Mas lembro que sentir vergonha é próprio das mulheres e homens de bem, das pessoas honradas e daqueles que não usam a sua palavra como mercadoria de troca. Enfim, só me resta sentir pena desses pseudo profissionais, que breve serão substituídos e, finalmente, esquecidos.

  7. Jornalista José, você mostrou a notícia injuriosa e a notícia verdadeira, sem perder tempo com os que queriam calar sua liberdade de expressão. Povo brasileiro acorde! Eles tentarão de tudo para detonar com o presidente, e é simples o por quê, o Brasil depois de décadas tem um governo sério e sem corrupção Acorda povo, se informe antes de jogar pedras. É fácil ser pedra, o difícil é ser vidraça.

  8. Temos que dar um jeito de sumir com as pessoas que só pensam e se proprias e levar nosso Brasil para ordem e progresso todos juntos, através da valorização da Educação num só ideal! Somos um povo na sua maioria, honesto e trabalhador e precisamos de mais Respeito e Consideração!
    Di Rezende.

  9. Esses jornalistas teriam que ter compromisso com a verdade eles não postam que acabou a corrupção com Bolsonaro no poder se encostam no STF e se unem pra derrubar um presidente que só está fazendo o seu dever se juntam com plenário corrosivo como os deputados e senadores para derrubar quem quer trabalhar senadores e deputados e STF corruptos eles tem é que criar vergonha na cara não são todos os jornalistas que postam besteira só alguns que não tem credibilidade e querem fazer o nome atras de dois poderes podres que existem no Brasil tamo junto Bolsonaro

    1. A população de bem está cansada e já não aguenta mais ver o nosso presidente ser tão injustiçado, fico imaginando como estaríamos caso o presidente fosse o poste do Lula .Aqueles que sobrevivessem ao covid, certamente não passariam a crise economica que se abateria ao Brasil . A população de bem tem que se tornar cada vez mais unida ao nosso presidente apoiando-o e vigiando , reforçando sua resiliência como fez agora ,no caso dessa calúnia do leite condensado. Parabéns ,principalmente aos jornalistas comprometidos com o verdadeiro dever cívico do bem informar, parabéns José Aparecido , tratou imediatamente de mostrar em suas colunas essa injúria ao presidente da República

  10. Sinceramente eu adoro ver quando eles passam essas vergonhas e é bom demais ver que eles estão vigiando o nosso presidente.

    Agora a gente sente sim e muita raiva dos que sem consultar vem nos criticando e sem argumentos, verdadeiros jumentos, alienados e maldosos.

    Haverá um dia que o NOSSO BRASIL se livrará dessas maldades.

  11. Como sempre reportagens reveladoras de situações abomináveis contra uma nação querendo ser melhor e sem corrupção Bolsonaro já está acostumado a ser injustiçado mas isso não quer dizer que ele mereça tantas falcatruas e mentiras dessa imprensa marrom marrom nota mil como sempre suas reportagens

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.